Expatriado: Algumas lições e reflexões sobre os 5 anos de nossa vida no exterior

Hoje comemoramos uma data muito especial para nós aqui do MauOscar Blog, há exatos 5 anos embarcávamos na maior aventura de nossas vidas. Há exatos 1.825 dias, foi saindo do aeroporto Afonso Pena de Curitiba que deixamos de ser residentes fiscais do Brasil para sermos reconhecidos, oficialmente, como os mais novos expatriados brasileiros a explorar o mundo.

onde-moramos-2

Cinco anos mais velhos, mas acima de tudo mais experientes, unidos e gratos pela fantástica oportunidade de conhecer novos lugares, pessoas e culturas invariavelmente diferentes e fascinantes. Podemos nos considerar pessoas totalmente diferentes daquelas que embarcaram naquele fatídico domingo de Abril num vôo com rumo ao desconhecido.

Às vezes, parece que foi ontem. Não! parece que faz mais tempo. Não sei! Bem na verdade, costumo dizer que nossa noção de tempo já não é mais a mesma. Por estamos tendo o privilégio de dar uma “volta ao mundo” sem pressa e sem previsão de término, acumulamos tantas experiências diversas que quando olho para trás, às vezes, nem acredito que elas foram realmente verdade.

Só o fato de termos pouquíssimo ou nenhum controle para onde mudamos, já faz nossa experiência de viver no exterior ser uma aventura e tanto. Em todas as 3 vezes que descobrimos nosso novo destino, o intervalo entre a confirmação do destino e a mudança em sí aconteceu num período de menos de 3 meses.

O que nos levou a buscar um estilo de vida nada tradicional foi uma combinação de vários fatores. Obviamente neste processo existem muitas coisas boas e muitas coisas ruins também. Afinal de contas nem tudo são rosas. No entanto, de uma forma geral, o balanço tem sido incrivelmente positivo e poderiamos facilmente enumerar uma enorme lista enorme sobre as vantagens e desvantagens de se tornar um expatriado.

Sim, com certeza a busca por mais segurança, crescimento pessoal e profissional, melhor qualidade de vida, foram fatores preponderantes nesta escolha. Mas acima de tudo, estava nosso espirito aventureiro e a vontade de conhecer o mundo e explorar novas experiências e culturas. Coisas que graças a Deus, foram e tem sido uma constante nestes 5 anos de vida como expatriado.

Ao mesmo tempo, a distância da família e dos amigos fazem as coisas complicarem algumas vezes. Principalmente, em algumas ocasiões, quando eles mais prescisam da gente e a gente deles, estar longe e não pode dar/receber um abraço ou nosso ombro para confortá-los ou sermos confortados faz a gente ter vontade de jogar tudo para o alto e voltar para casa.

Paradoxalmente também é verdade que com a Internet, Skype, Facebook, Twitter,  Instagram e afins, muitas vezes estamos mais presentes na vida de algumas dessas pessoas do que se estivéssemos morando na mesma cidade. Vai entender… O fato é que a tecnologia encurtou e muito as distâncias.

Enfim, esta data e este post é uma excelente oportunidade para fazermos um balanço e uma retrospectiva destes 5 anos morando em 3 diferentes países e em 3 continentes distintos: E por isso resolvi escrevê-lo.

Como saiu a notícia…

Nosso processo de expatriação não aconteceu da noite para o dia. Como muitas coisas na vida, envolveu muito planejamento, estudo e principalmente paciência. Até descobrirmos nosso primeiro destino, passaram-se cerca de 6 angustiantes meses que envolveram uma porção de provas eliminatórias e entrevistas no Brasil e no exterior. Cujo resultado poderia mudar para sempre nossas vidas.

E foi durante o feriado de carnaval de 2008 que tivemos a derrandeira notícia de que nosso assignment havia sido finalmente confirmado. Naquela época o Mau não tinha o Blackberry para acessar os e-mails do trabalho. E lembro, como se fosse hoje, de levar ele até o trabalho, literalmente do outro lado da cidade, para verificar os e-mails pois ele estava com pressentimento que teríamos boas notícias. E não é que ele estava certo?!

Bastou apenas um e-mail, e de repente, como num passe de mágica, Cingapura passou a fazer parte de nossas vidas. Uma palavra que então significava algo diferente, distante e exótico passou a fazer parte de nosso dia a dia. Quando o Mau falou: Advinha só!! Estamos mudando para Cingapura!! A única coisa que me vinha a cabeça em relação a Cingapura é que aquele pequeno país encrustrado entre a Malásia e a Indonésia era “um dos principais tigres asiáticos”.

Cingapura e agora?

Foi só depois de algumas horas depois de receber a notícia que a ficha começou a cair – Cingapura?? Como assim? Pensávamos que nosso primeiro destino como expatriado seria para um destino, digamos, menos exótico.  Bem hoje em dia podemos confirmar facilmente que Cingapura é a “Ásia para iniciantes”, mas certamente não tínhamos, naquela época, as credenciais para dizer o mesmo.

Ao mesmo tempo, morar na Ásia abriu nossas cabeças para um leque tão grande de costumes, gostos, cores, culturas, gastronomia que hoje damos graças a Deus por termos tido este “choque cultural” tão cedo.

Tudo era novo, desconhecido, a ser explorado e não conhecíamos nada e muito menos nínguem que já tivesse sequer visitado o país. Tudo o que pesquisávamos sobre o país era muito diferente para quem só havia visitado ou morado temporariamente nas Américas e alguns países europeus e Dubai (que digamos não vale!). Pelo menos o idioma não era algo totalmente exótico.

Enquanto eu aguardava minha formatura (que aconteceu 3 dias antes de embarcarmos par Cingapura) e ao mesmo tempo pensava em alternativas para caso algo desse errado no meio do caminho e o que fazer quando chegássemos lá. O Mau também começava a se preparar para uma mudança, digamos radical, de carreira e de vida.

Em relação ao trabalho, dizem que quem consegue trabalhar com ingleses consegue se relacionar bem com todo mundo.  Antes de sair do Brasil, ele certamente não tinha a menor idéia de como seria trabalhar com cingapurianos. E filipinos, malaios, indianos etc. Tudo era tão novo, fascinante para mim quanto para ele que medo não era algo exatamente presente em nosso pensamento. E aquele invariável frio na barriga só aumentava a cada dia antes de nosso embarque.

Pelo fato de que somos um casal do mesmo sexo também foi, e sempre é, outro desafio. Como o meu visto de parceiro foi negado logo de cara em Cingapura, tivemos que buscar outras soluções. E eu, com um diploma na mão, sem falar uma palavra em inglês, passei então a ser, o mais novo estudante de Cingapura.

Felizmente não saí de Cingapura falando Singlish, mas meu conhecimento da língua alemã (Morei na Alemanha por quase 2 anos antes de conhecer o Maurício) facilitou e muito o aprendizado da língua inglesa. A ponto de hoje, quando tenho que falar alemão por algum motivo, me bater um pouco para achar as palavras e cuidar para não misturar os dois idiomas.

Mas enfim, em Cingapura fizemos alguns de nossos melhores amigos no exterior. Nesta temporada de 18 meses na Ásia também tivemos a oportunidade de visitar vários países exóticos que fivcaram gravados para sempre em nossa memória.

Dela where?

Se sobre Cingapura não conhecíamos praticamente nada antes de mudarmos para lá, quando recebemos a notícia que mudaríamos para o estado de Delaware nos EUA eu falei para o Maurício:  Dela where? Tirando o infame trocadilho. O fato é que até olhar no mapa e pesquisar na internet eu não tinha idéia de onde ficava Delaware, muito menos de sua importância histórica para os EUA.

Assim como aconteceu em Cingapura o meu visto como parceiro do mesmo sexo para os EUA também foi um problema. Digamos que o processo foi um pouco mais tranquilo que o processo para o visto em Cingapura. Nos EUA, eles me deram o direito de entrar e permanecer nos EUA pelo período de tempo que o Maurício estivesse trabalhando lá. Mas por não reconhecerem a união de pessoas do mesmo sexo em esfera federal, o único tipo de visto que eles puderam me oferecer foi o visto B2 de turismo. Com este visto não poderia estudar nem trabalhar por lá.

A primeira impressão ao chegar nos EUA não foi a das melhores. Mas felizmente, ao contrário do ditado popular, mudei de opinião depois de viver quase 3 anos lá. Porém lembro até hoje da cara do oficial de imigração que me fez esperar quase meia hora antes de liberar minha entrada no aeroporto JFK em NY e ainda soltar a pérola: “I don’t know what’s going on with this country” numa clara referência a nossa união.

Bem minha relação com a imigração americana nunca foi das mais fáceis. Perdi as contas de quantas vezes fui para a salinha da imigração para explicar minha situação e para eles conferirem a papelada. Numa dessas visitas quase cheguei a ser deportado no retorno de uma de nossas viagens. Felizmente o episódio terminou bem, com o retorno ao aeroporto no dia seguinte e um pedido informal de desculpas pelo chefe da imigração do aeroporto. Mas é duro ter que ensinar e provar para as pessoas coisas que elas teriam por “obrigação” saber.

Quem me conhecia antes de mudar para os EUA, talvez tenha escutado, se depender de mim eu jamais irei gastar meu rico dinheirinho para visitar esse país. E mais uma vez, por ironia do destino. O fato é que hoje os EUA é provavelmente um dos meus países favoritos no mundo. Sim existe muita gente esquisita lá, tem umas contradições e hipocrisias difíceis de engolir. Ao mesmo tempo, os EUA é um país lindíssimo, com muita gente hospitaleira e bacana. Isso sem falar nas opções fantásticas de compras (ninguém é de ferro) e entretenimento.  E tenho que dizer que devo muito de minha mudança de atitude em relação aos EUA às experiências que tive em Delaware e ao Maurício. Eles conseguiram mudar completamente minha visão em relação a este, hoje, incrível país.

Nós gostamos tanto de nossa vida em Delaware que acabamos ficando lá pelo dobro do tempo inicialmente programado. Obviamente poderíamos ter ficado mais um bom tempo lá. Faltaram tantas coisas legais para conhecer (Alaska, Parques Nacionais do Utah, Big Island no Hawaii, Chicago, Oregon, Texas, Novo México só para citar alguns). Mas quem sabe um dia a gente não volta?! Bem a passeio, isso com certeza vai acontecer. 😀

Nova Zelândia

Depois de 3 anos vivendo nos EUA, achamos que havia chegado a hora de levantarmos acampamento. Acho que o nosso processo de reexpatriação dos EUA para a Nova Zelândia foi um dos mais cheios de suspense dentre todos que até então enfrentamos. Antes de recebermos a confirmação oficial que estaríamos mudando para Auckland, quase mudamos para Sydney, Londres, Luxemburgo, Dubai e Hong Kong. Mas por força do destino não era para ser nenhum destes destinos. Pelo menos por enquanto.

Quando a oportunidade de trabalho surgiu para a Nova Zelândia, sabendo que eu iria criar um monte de expectativas, o Maurício não comentou nada comigo que estava fazendo entrevista para vir para cá trabalhar. Num determinado dia, durante uma de nossas caminhadas pelo Longwood Gardens começamos a brincar com uma lista de lugares que gostaria de morar e visitar um dia, a Nova Zelândia sempre encabeçava segundo lugar no meu Top 5.

E foi assim que, meio que na surdina, ele na primeira segunda feira de Agosto do ano passado, me deu a notícia que estaríamos mudando muito em breve para a Nova Zelândia. Em exatos 35 dias, que passaram como um foguete, fizemos nosso visto, vendemos a Santinha (nosso carro nos EUA), despachamos nossa mudança, nos despedimos dos amigos e alguns  de nossos lugares favoritos nos EUA para recomeçar tudo de novo do outro lado do mundo.

Se eu já era apaixonado pela Nova Zelândia pelas fotos e relatos de pessoas que tiveram o prazer de viver aqui, meu caso de amor por esse país começou de verdade na aplicação do nosso visto. Enviamos os documentos por correio para a embaixada da Nova Zelândia em Washington (isso mesmo, não precisamos ir lá pessoalmente) numa quinta-feira e na terça-feira a tarde da semana seguinte, o furgão da UPS trazia nossos passaportes com os respectivos vistos. Tudo isso em menos de 4 dias úteis. Na hora que vi o envelope da embaixada, cheguei a pensar que eles estavam devolvendo a application por um motivo, ou solicitando alguma outra coisa de tão rápido que foi.

Bem além de rápido e eficiente, pela primeira vez nestes 5 anos morando no exterior, o meu visto é “melhor” que o do Maurício. Enquanto ele só pode trabalhar num lugar, eu posso trabalhar onde em no que eu quiser. Uma pena que essa oportunidade tenha chego tão tarde. 5 anos depois de formado, sem experiência é complicado conseguir algo na minha área. Mas enfim, só pelo fato de entrar e sair do país sem problemas já é um motivo de grande comemoração para nós.

Desde que chegamos na Nova Zelândia tivemos a oportunidade de conhecer quase todo o país. A cada canto que exploramos, nos surpreendemos ainda mais com as belezas naturais e a diversidade de paisagens desse belíssimo país. Arriscaria a dizer que dificilmente iremos conhecer/morar num país mais bonito e paisagisticamente mais diverso que a Nova Zelândia. Certamente não, num pedaço de terra tão pequeno. Basta conferir alguns dos nossos posts publicados até agora sobre a nova Zelândia.

Se só isso não bastasse, o povo aqui é muito simpático, divertido e relax. O Kiwi style of life é um barato. O povo adora atividades ao ar livre (Na verdade dá até um ruim ver o pessoal correndo andando de bicicleta faça sol, faça chuva), as pessoas andam descalças na rua (principalmente as crianças) e o pessoal não liga muito nos teres e haveres.

Bem e se só isso não bastasse, o país tem queijos e vinhos (e outros produtos) fenomenais. E se não tivéssemos que mudar de país pelos próximos 8 anos, certamente iriamos aplicar para cidadania. Em outras palavras, é Impossível não se apaixonar pela Nova Zelândia.

A boa notícia é que ficaríamos aqui por apenas 8 meses e agora ficaremos pelo menos 2 anos. 😀

Durante esses anos

É praticamente impossível descrever tudo o que vivenciamos nestes últimos 5 anos. Para isso temos o blog.  Esta foi a maneira que encontramos de dividir com todos vocês algumas dessas experiências acumuladas ao longo de nossa jornada pelo mundo.

No blog procuramos compartilhar alguns de nossos momentos mais especiais de uma forma que todos possam obter informações não tão facilmente disponíveis em guias, sites e afins; tudo para tornar o seu planejamento mais fácil, e a sua viagem ainda mais única e inesquecível. De uma certa forma, quase tão única como a nossa experiência.

Manter o blog dá um trabalhão danado. Nestes quase 5 anos escrevendo neste espaço aprendi muita coisa, evolui, me alegrei e me decepcionei com uma porção de coisas da blogosfera de viagens. Ao mesmo tempo, graças ao MauOscar fizemos outros amigos incríveis que fazem toda a diferença em nossas vidas de nômades pelo mundo.

E como muitos de vocês sabem,  nosso processo de expatriação também significou de certa forma uma mudança profunda de carreira para mim. Eu jamais pensei que me transformaria num blogueiro de viagem. Até porque português nunca foi uma das minhas matérias favoritas na escola. Porém apesar de alguns erros gramaticais, nosso blog tem crescido sem a malandragem que anda rolando a torto e a direita por aí, sem retorno financeiro, mas principalmente comprometido com conteúdo, belas imagens e na interação com vocês por aqui, nas mídias sociais e na vida real.

Vou parar por aqui, senão este post vira um livro! Como para nós, esta data é uma ocasião muito especial, neste post compartilhamos em fotos alguns de nossos momentos especiais e alguns fatos marcantes neste 5 anos pelo mundo.

  • Além de Cingapura, moramos 3 anos em Delaware nos Estados Unidos, e atualmente estamos em Auckland, Nova Zelândia;
  • Nestes 1825 dias pelo mundo, visitamos no total mais de 15 países e 27 dos 50 estados americanos, todos compartilhados em mais de 525 posts neste blog;
  • Tivemos realmente a oportunidade de apreciar as 4 estações do ano. As maiores nevascas dos EUA em mais de 60 anos, a explosão de vida da primavera, as cores mais belas do outono na Nova Inglaterra, experimentamos em primeira mão o clima de monções e o verão com temperaturas mais agradáveis do mundo como o verão da Nova Zelândia.
  • Tivemos algumas experiências com tornados, terremotos e frio e calor intenso – difícil de esquecer e ocasionalmente compartilhadas no blog.
  • Nossos amigos do Brasil continuam sendo amigos próximos; nossos novos amigos tem nacionalidades diversas e são, da mesma forma, super amigos. O que seria de nós sem todos eles?;
  • Nossos leitores aumentaram consideravelmente nestes 5 anos. E continuam crescendo. Que bom!
  • Dumplings, Shao Mai, Green Curry, Tom Yum, Pad thai, Chicken Tikka Masala, Murg Mumtaz (butter chicken), Biryani, Satay Chicken, Beef Rendang, Fish and Chips hoje são pratos tão essenciais quanto um bom churrasco ou uma bela lasanha;
  • Saímos do Brasil com apenas 2 metros cúbicos de roupas e utensílios e agora sofremos para colocar tudo em um contêiner de 20 pés, sendo tudo muito essencial;
  • Sim, no final das contas estamos mais velhos e até mais gordinhos (luta constante!). E sentimos aquela saudade imensa de nossos familiares, nossos amigos de diversos lugares e de muitas coisas tão únicas de nosso país; mas ao mesmo tempo não estaríamos vivendo tudo isso se não tivéssemos tido a cara e a coragem de se jogar nesse mundão.

 

Rotina é  a palavra menos utilizada no nosso vocabulário.

Bem, ficamos por aqui, mas voltamos em breve com mais novidades. Afinal de contas, estamos apenas começando. Compartilhe também conosco as suas experiências. Nada mais frustrante para um blogueiro de viagem que não receber um comentário no post 😀

Posts Relacionados:


MauOscar Header BlogMauOscar Blog: 1000 dias de existência

 

Acesse aleatoriamente um Post anteriormente publicado no Blog 

 

 

Índice com todos os Posts do MauOscar

Clique na Logo =>

Siga o MauOscar.com também no:

Instagram  Google +

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

80 Responses to “Expatriado: Algumas lições e reflexões sobre os 5 anos de nossa vida no exterior”

  1. Paola Luna
    22/04/2013 at 10:56 pm #

    ameeeei esse post! Que saudade de voces! xx

    ________________________________

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      22/04/2013 at 11:01 pm #

      Paola

      Pois é.. Muita saudade e lembranças para escrever esse post… Bem pode ir se preparando que em breve a gente se vê 😀

      Bjs

  2. 22/04/2013 at 11:13 pm #

    Que legal o post!!! Eu sempre penso isso: que o mundo é grande demais pra gente passar o tempo inteiro num lugar só, infelizmente nunca pude colocar em prática o que vcs conseguiram, pois temos vínculos por aqui. Mas por enquanto a gente vai quebrando o galho com as viagens. Parabéns e que vocês continuem essa jornada maravilhosa pelo mundo! Abs.

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      23/04/2013 at 5:03 am #

      Fabio

      É verdade.. E pior, quanto mais a gente conhece do mundo, maior ele parece ficar.. Acho também que é por isso que nossa noção de tempo e espaço tenha mudado tanto nestes 5 anos.. Viver fora do Brasil, mudando de destino constantemente tem seus percalços pelo caminho.. Mas acho que a oportunidade que estamos tendo é fantástica e tão construtiva que os pormenores acabam as vezes passando quase que desapercebidos.. Especialmente para quem vi tudo isso pelo lado de fora..
      Obrigado pela visita e pelo comentário..

      Abs

  3. 22/04/2013 at 11:38 pm #

    Muito legal este post. Quanta experiencia juntada nestes 5 anos. Gostei mesmo, parabéns! Abs pra voces.

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      23/04/2013 at 5:05 am #

      Flora

      É verdade, acabei não colocando isso no texto, mas acho que nestes últimos 5 anos aprendi mais coisas que nos outros mais de 20 antes dele… Obrigado pela visita e pelo carinho

      Bjs

  4. 22/04/2013 at 11:43 pm #

    Eeeeee!! Fazia tempo que eu não conseguia sentar e ler um post inteirinho assim sem interrupções – e ainda comentar! Viva a hora da soneca do baby! heheh
    Que legal ler essa retrospectiva! Parece que vocês começaram a vida de expatriados no centro do mundo e agora estão no canto mais isolado… e que bom ter vocês desse lado de cá, me sinto um pouquinho menos isolada assim. 🙂
    Beijos beijos e que venham muitos novos posts, aventuras e descobertas por aí. xx

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      23/04/2013 at 5:13 am #

      Cris

      Que legal receber um comentário seu neste post.. Muitas das coisas que coloquei neste post certamente são experiências que você o o Felipe e agora o Theo também sentem na pele.. Hoje era para eu estar ai em Wellington. Mas acabei ficando em Auckland por conta do TRENZ13.. O Mau foi a trabalho mas jea volta amanhã cedinho.. Mas uma hora dessas a gente aparece por ai.. Quando vierem para Auckland não deixem de dar um alô!! E precisando podem ficar aqui em casa, agora temos lugar para acomodar bem as visitas 😀
      Bjs

  5. 23/04/2013 at 1:16 am #

    Acompanho pelo Twitter o blog de vcs e sou muito fã não só das belíssimas fotografias ,mas principalmente da simplicidade que é o amor entre vcs. Admiro não só o lado viajante mas a forma como vcs encaram as mudanças de uma forma tão corajosa e sempre com otimismo. Acho maravilhoso o trabalho que faz aqui e torço muito pra que cada vez mais façam mais e mais sucesso e em quem sabe um dia conhece-los pessoalmente. Ahh , das comidas aí de cima eu só conheço o fish and chips, as outras fiquei morrendo de curiosidade de saber como são. Vale um post não? ,) bjs

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      23/04/2013 at 5:22 am #

      Ana Paula

      Obrigado pelas palavras carinhosas..Legal saber que o trabalhão que o blog dá é reconhecido por outras pessoas 😀
      certamente ainda vamos nos cruzar por esse mundão. Você até que me deu uma ótima idéia de post.. Não devo conseguir colocar ele no ar muito em breve… Mas vou me atentar de tirar fotos dos pratos para oportunamente escrever um pouco sobre nossa evolução culinária neste últimos 5 anos 😀

      Bjs

  6. lidimaria
    23/04/2013 at 4:23 am #

    Que mara esse post, que inspiração! Inspiração maior ainda porque estou começando quase que no mesmo caminho que vocês! Conheci o amor da minha vida e vou me mudar pra Singapura em menos de 2 meses. Alguma dúvida que o MauOscar blog irá me ajudar? Beijos

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      23/04/2013 at 5:26 am #

      Lidimaria

      Que legal.. Morar em Cingapura foi sem dúvida uma experiência transformadora.. Tenho certeza que você vai passar bons e maus momentos.. Mas no final a experiência de vida é fantástica. Precisando de alguma coisa é só aparecer aqui na caixa de comentários que eu ajudo no que for possível.. No Blog tenho vários post sobre Cingapura.. Com certeza você tem bastante material para se divertir antes da mudança em sí 😀

      Bjs

  7. Maria Aparecida Nascimento
    23/04/2013 at 6:17 am #

    Muito bonito este relato Oscar e Maurício. A tia sempre torcendo por vocês. Beijos.

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      24/04/2013 at 1:08 am #

      Obrigado Tia Cida 😀

      Bjs

  8. carlos nascimento
    23/04/2013 at 7:13 am #

    o livro está sendo escrito. é so juntar os posts e publicar. muito historia para contar. bj.Tio Du

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      24/04/2013 at 4:18 pm #

      Tio Du

      Bem se transformasse o blog em livro acho que neste momento já teria quase uma enciclopédia 😀
      Mas quem sabe um dia algumas das nossas experiencias não acabam virando mesmo um livro..

      Bjs

  9. 23/04/2013 at 8:01 am #

    Que lindo post… adoro esses posts e vira e mexe tenho contade de transformar o mikix novamente em blog de expatriados ao invés de viagem (que como você disse, as vezes desanima rs rs rs).
    Parabens por esses 5 anos de vida além umbigo! E espero, de todo coração um dia revê-lo e finalmente conhecer o Mauricio…
    E viva nossos perrengues da vida expatriada e que venham muitos outros 😉
    bjão

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      27/04/2013 at 2:49 am #

      Mirella

      Obrigado Mi 😀

      Com certeza vamos nos encontrar em algum lugar desse mundão 😀 Por muito pouco não nos encontramos aqui down under.. Mas oportunidades certamente não irão faltar 😀
      Apesar dos perrengues a experiência de viver no exterior tem sido fantástica e se depender de mim virão muitos outros ainda 😀
      Eu sou super a favor de você reativar o Entrevistando Expatriados.. Eu deveria ter respondido o questionário dos EUA.. Quem sabe ainda possa responder e daqui algum tempo escrever sobre a experiência vivendo aqui na NZ 😀

      Bjs

  10. 23/04/2013 at 8:32 am #

    Foram grandiosos 5 anos, foi muito legal conhece-los pessoalmente e super bacana acompanhar os relatos e dicas aqui do Blog MauOscar, você tem conseguido passar a essência e as delicias de suas experiências.
    A vida de expatriado não é somente glamour, mas pelo jeito os aspectos difíceis e a distância vocês estão levando num boa.

    Uma abração a dupla e aguardamos em breve revê-los aqui em Floripa para conhecer nossa cria.
    Gostei daquela foto no Reading Terminal, baita momento !!! 😉

    @GusBelli

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      27/04/2013 at 3:47 am #

      Gustavo

      Obrigado.. Foi um prazer recebe-los em Delaware… Estamos devendo a visita, mas quando formos ao Brasil se Deus quiser vamos retribuir 😀
      Abraço

  11. 23/04/2013 at 8:46 am #

    Nossa, o post mais lindo que já li! Que relato emocionante e verdadeiro! É de admirar a coragem que vocês têm diante da vida, isso sim é viver. E nada acontece por acaso e vocês são a prova viva disso. E que a vida sempre apresente a vocês o melhor de tudo!
    Beijos!

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      27/04/2013 at 3:49 am #

      Izabella

      Obrigado
      Fico feliz em saber em saber que este foi um dos post mais bonitos que você já leu 😀
      Bjs

  12. Marcia Jacobina
    23/04/2013 at 9:01 am #

    Parabéns!! Voces sabem fazer da vida um aprendizado leve, divertido e feliz! Estou tendo a certeza, COM VOCES, que isso é possivel!
    Obrigada por nos presentar com esse blog maravilhoso!
    E que venham mais 5, mais 10, mais 20 + 30 …+ 50…
    Beijos!

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      27/04/2013 at 3:51 am #

      Marcia

      Muito obrigado :D.. Pelo menos mais uns 15-20 anos se tudo correr como o planejado certamente estaremos rodando por ai e se deus quiser compartilhando algumas dessas experiências com vocês aqui no Blog :d

      Bjs

  13. 23/04/2013 at 9:30 am #

    Wowwwww isso e o que eu chamo de aventura… Felecidade aos dois. Beijos

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      27/04/2013 at 3:52 am #

      Sônia

      Muito Obrigado 😀
      Bjs

  14. 23/04/2013 at 10:08 am #

    Fiquei muito emocionado ao ler esse post. É incrível ler sobre a história de vida desses dois guerreiros! Estão de parabéns pelo blog, pelo trabalho que vem realizado aqui pela internet (apesar das dificuldades que nós também conhecemos bem), pelos posts bem escritos (acha que é qualquer site que tem cacife para prender a atenção de um leitor por um texto desse tamanho???), pelas imagens e fotografias fantásticas, pelas informações bem colhidas… Mas acima de tudo isso, é a coragem de encarar os perrengues de viver no exterior o que mais me faz admirar vocês. E quando eu leio a respeito dos “nãos” que vocês levaram para poderem viver a vida particular de vocês em paz, meu sangue aqui ferve. Não sei se vocês se dão conta do quanto são corajosos e do quanto vocês servem de exemplo para uma geração! Se fosse só a barreira de serem tratados como estrangeiros, vocês ainda têm o heroísmo de enfrentar oficiais que tem a cara de pau de dizer palavras idiotas como “I don’t know what’s going on with this country”. E cada vez que passo por aqui, fico com mais vontade de conhecê-los pessoalmente para parabenizá-los pela audácia de insistirem em manter seu casamento num mundo onde o amor é tratado com tanto desrepeito. E que vocês continuem sendo felizes apesar de todas a imbecilidade humana!

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 4:17 am #

      Gleiber

      Muito obrigado Gleiber.. Certamente não faltarão oportunidades para a gente se conhecer..

      Abraço

  15. João Branco
    23/04/2013 at 10:40 am #

    Adorei o post! Viajei com vocês! Faz um ano que acompanho suas publicações e sempre gosto muito! Parabéns!

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 4:18 am #

      João

      Legal 😀 Obrigado pelo comentário e por viajar conosco por aquí

      Abraço

  16. Luciana Betenson
    23/04/2013 at 12:53 pm #

    Muito bacana o post, curti muito lê-lo! Uma experiência que nunca tive e talvez nunca tenha. Foi legal entrar um pouco na pele de vocês! E fiquei com mais vontade ainda de ir pra Nova Zelândia 🙂 Abraços.

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 4:20 am #

      Luciana

      A Nova Zelândia é muito legal.. Quando chegar a hora de partir certamente vamos sentir muito.. Um aspecto colateral que acabei não citando no texto é que quanto mais a gente viaja, mais saudade sente dos lugares que gostou..
      Esperamos você por aqui

      Bjs

  17. 23/04/2013 at 3:05 pm #

    Bem bacana esse apanhado de 5 anos. Conheci este blog navegando pela viajosfera e estou sempre recebendo as newsletters com as dicas, muito boas.
    Sem contar que ser expat deve ter um gostinho bem especial, às vezes me pego imaginando vivendo como expat em vários rincões desse mundão. Quem sabe um dia?

    Que vocês continuem indo por mais muitos anos..! rs

    Abraços

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 4:24 am #

      Rafael

      Muito obrigado.. Super recomendo passar pelo menos uma temporada no exterior..

      Abraço

  18. Sergio Matos
    23/04/2013 at 4:09 pm #

    Oscar e Mauricio,
    Boa tarde, boa noite, bom dia, sei la’……
    Essas experiencias bem que poderiam render um livro. Muito legal.
    Obrigado pelas dicas sobre a Tailandia. Viajaremos dia 15 de maio.
    Parabens e bola pra frente.
    Sergio Brasilia-DF

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 4:25 am #

      Sergio

      Que légal.. A Tailândia é muito legal e espero voltar novamente um dia..

      Abraço

  19. 23/04/2013 at 6:37 pm #

    Gostei muito do post, li inteiro e achei muito bonito. Muito emocionante…mostra os dois lados da moeda quando o assunto é viver fora do país. A mistura de suas viagens com a vida profissional e pessoal de vocês dá um caráter bem verdadeiro ao blog.
    Parabéns de verdade pelo texto!

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 4:26 am #

      Erika

      Muito obrigado 😀 legal saber que você curtiu 😀

  20. 23/04/2013 at 7:28 pm #

    Oscar e Maurício,
    Que post lindo. Essas memórias vão durar a vida inteira. Imagina qd vcs estiverem velhinhos relendo o blog e lembrando de todos os lugares e das pessoas que passaram pela vida de vocês graças ao blog.
    Eu fui uma das pessoas conheci vocês ao vivo através no Mauoscar e do VnV.
    Muitas felicidades para o casal e muitas viagens pela frente.

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 10:59 pm #

      Tania

      Quando eu comecei o Blog, registrar nossas experiências foi uma das principais motivações em escrever.. Com o tempo o blog evoluiu um pouco e tentei ser um pouco mais impessoal.. Mas certamente quando ficarmos velhinhos, vamos viajar de novo através dos posts daqui do Blog e principalmente através das milhares de fotos que venho tirando todos os anos 😀
      Adoramos conhecer vocês durante nossa passagem pelos EUA.. E que venham outros muitos encontros pelo mundo..
      PS: Seu baby é uma fofura 😀

      Bjs

  21. lucianamisura
    23/04/2013 at 8:56 pm #

    Nós que demos sorte da vida te levar a ser um blogueiro de viagem, porque o seu blog é um dos melhores que tem na blogosfera viajante 🙂 Fiquei contente de ter te conhecido, mesmo rapidinho, na Convenção VnV em NY! Não saiu a viagem de vocês pro Texas, o que foi uma pena, mas tenho certeza que ainda nos encontraremos pelo mundo! Tudo de bom pra vocês dois, continuem curtindo o mundo e compartilhando com a gente 🙂

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 11:02 pm #

      Lu

      Também gostei de ter conhecido você pessoalmente durante a VnV NY.. Foi rapidinho, mas quando a pessoa deixa de ser apenas um avatar da Internet a amizada sobe para outro patamar.. Obrigado pelo comentário e pelas palavras.. Bjs e até nosso proximo encontro pelo mundo

  22. 23/04/2013 at 10:15 pm #

    Que lindo, Oscar!
    Fiquei emocionada e passou um filme na minha cabeça!
    Nestes 16 meses de vida nômade (o tempo voa!), eu aprendi que de uma forma ou de outra, a mudança é sempre boa. Brinco que cresci mais neste período do que nos meus outros 25 anos!! 😉
    Parabéns pela coragem e que vocês possam desfrutar de inúmeros momentos incríveis e felizes. Em qualquer lugar do mundo!

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 11:05 pm #

      Lucilla

      Eu também acho que as mudanças sempre são positivas.. Claro que existem alguns percalços pelo caminho, mas se a gente não estivesse curtindo a experiência já tinha abandonado o barco faz tempo 😀
      O tempo voa mesmo.. Quando você perceber será você comemorando 5 anos de vida expatriada.. Eu não tenho mais dúvidas que nestes 5 anos vivenciei mais coisas que nos outros 25 da minha vida e que venham mais pelo menos outros 50 😀

      Bjs

  23. 23/04/2013 at 11:11 pm #

    Parabéns pelos 5 anos de jornada. Eu também saí do Brasil em 2008. Mais precisamente no dia 10 de Maio. Cheguei na Alemanha cheia de idéias e de muita, mas muita ingenuidade. Sair de “casa” é difícil, mas a gente encontra muita coisa boa pelo caminho.
    =)
    Toda a felicidade a vocês

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 11:07 pm #

      Joana

      Nossa quase mudamos juntos do Brasil 😀 Eu morei na Alemanha por quase 2 anos antes de conhecer o Mauricio e cair definitivamente no mundo.. Mudar para o exterior tem seu lado negativo em muitos aspectos.. Mas no geral não posso me queixar.. A experiência de vida que estamos acumulando como expatriados, poucos tem ou terão a chance de ter um dia.. Por isso apesar das dificuldades agradeço a Deus todo o dia por ter nos dado essa oportunidade incrível de conhecer o mundo..
      Bjs

  24. 24/04/2013 at 7:38 am #

    Me emocionei muito com o a histôria desses cinco anos de expat de vocês, e me identifiquei em vários aspectos (a espera desoladora, a ansiedade por saber o que vai acontecer). Apesar das dificuldades, da distância que dificulta pedir um colo ou dar um abraço, a internet felizmente compensa alguns aspectos. Aprendemos tanto nesse tempo fora que balanço acaba sendo positivo.
    Feliz em saber que vocês vão continuar nos deleitando com detalhes maravilhosos da Nova Zelândia por mais tempo!

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 11:10 pm #

      Natalia

      Acho que só quem vive esses dramas em seu dia a dia entende mesmo o que eu falo.. Mas enfim como você disse o balanço é extremamente positivo.. Afinal de contas se não fosse bom a gente já tinha abandonado o barco faz tempo

      Bjs

      Bem se depender de mim o blog ainda terá muitos anos de vida pela frente

  25. 24/04/2013 at 9:36 am #

    Que história linda!
    Lindo o respeito e a alegria de vcs em partilhar a vida entre vcs e conosco, os leitores. Que venham muitos mais anos juntos e muitos mais países pra gente continuar viajando com vcs! Um beijo enorme e carinhoso nos 2!

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 11:12 pm #

      Carina

      Super obrigado por suas palavras.. É um prazer compartilhar com vocês um pouquinho deste laboratório diário de descobertas e desafios que a vida expatriada nos coloca em nosso cotidiano..Bjs

  26. 24/04/2013 at 10:31 am #

    Gente!! isso sim é exemplo de vida e companheirismo! gostei da idéia do livro, pq não!? rs!! mas essa linguagem clara e direta é o que faz do blog o que ele é… nós leitores percebemos que não é falso, mas sim a sua real opinião!!!! sou nova por aqui mas já viciei!! beijos,Mirella

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 11:13 pm #

      Mirella

      Obrigado por seu comentário e seja muito bem vinda aqui no nosso blog 😀
      Bjs

  27. 26/04/2013 at 12:07 pm #

    Que show esse post!!! Eu sempre venho aqui e muitas vezes não deixo meu recadinho, mas adoro as aventuras de vocês.
    Parabéns pela iniciativa, força e coragem para desbravar esse mundão de Deus.

    PS.: Amei as fotos!!!

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 11:17 pm #

      Vivi

      Muito obrigado.. Sempre que aparecer por aqui deixe um oi.. como que falei.. Nada faz um blogueiro de viagem mais feliz que receber comentários e saber que não está escrevendo para o vazio 😀

      Bjs

  28. 26/04/2013 at 12:16 pm #

    Que post show!!! Achei muito legal vocês contarem essa trajetória de vcs nesses 5 anos.
    Parabéns pela coragem, força de vontade e perseverança.
    Que venham muitos anos de aventuras e muitas viagens para vcs!!!

    PS.: Amei as fotos do post!!!

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 11:16 pm #

      Obrigado 😀

  29. 27/04/2013 at 3:41 pm #

    Adorei o post e conhecer melhor a história de vcs e como é/foi morar em cada um destes lugares tão diferentes entre si! Que a sorte e a felicidade continue sempre junto de vocês aí em NZ ou em qq outro lugar do globo! 😉

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 11:18 pm #

      Obrigado Simone 😀

  30. 27/04/2013 at 3:43 pm #

    ah! depois queria te mandar umas perguntas mais “profundas” sobre como é morar aí! Vc responde? Pensando em algumas coisas para o futuro….

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 11:19 pm #

      Simone

      Eu respondo sim… Estou meio enrolado nas próximas semanas mas a gente dá um jeito

      Bjs

  31. Isabele
    28/04/2013 at 8:42 pm #

    Obrigada por dividirem suas experiências conosco. Fico sempre maravilhada e encantada com tudo que vocês vivenciam. Bjs

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 11:26 pm #

      Isabele

      Agradeço você por seguir nosso blog e de certa forma compartilhar essas experiências conosco..

      Bjs

  32. kenneth
    28/04/2013 at 8:50 pm #

    Olá. Parabéns pelo blog. As postagens são verdadeiros guias de viagem, e me foram de muita utilidade em viagens aos Estados Unidos, inclusive para a próxima em outubro, para o Grand Canyon e Yellowstone Park. Sejam felizes e aproveitem a vida a dois.
    Kenneth Fleming

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/04/2013 at 11:27 pm #

      Kenneth

      Muito obrigado

      Abraço e aproveite bastante a viagem

  33. Mário Viana
    01/05/2013 at 10:06 pm #

    Mais um texto incrível é acompanhado de fotos maravilhosas! Parabéns mesmo! É obrigado! Continuem mergulhando fundo nas possibilidades que surgem por esse mundão. Afinal, um dia talvez vocês se estabilizem em algum canto e então vocês se juntarão à multidão que só tem pouco mais 30 dias no ano para tentar viver a experiência que vocês estão tendo todo santo dia. Grande abraço e boa sorte!

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      02/05/2013 at 7:16 am #

      Mário

      Obrigado pela visita.. Espero que este dia de se estabilizar num canto demore ainda um pouco para chegar.

      Abraço

  34. Malu Esper
    01/05/2013 at 10:47 pm #

    Incrível esse resumo dos 5anos. Adoro todos os seus posts e as fotos. Continue firme e forte como blogueiro de viagens pois seus relatos me fazem viajar também.

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      02/05/2013 at 7:17 am #

      Malu

      Obrigado pela visita.. Também espero continuar firme e forte por algum tempo.. Embora algumas coisas na blogosfera de viagens tem me aborrecido bastante.. Mas espero que como quase tudo na vida, seja apenas uma fase de transição

      Bjs

  35. Suzana
    08/05/2013 at 9:29 am #

    Comecei a ler o blog de vocês há pouco tempo e tenho corrido para tentar dar conta de tudo, pois ele é simplesmente viciante, mas confesso que este foi um dos que mais me emocionou. Até lagrimei. Dificuldades todos nós enfrentamos na vida, de uma maneira ou de outra, mas superar isso é melhor ainda! Parabéns por toda a coragem, todas as informações, todo o esforço e pelo sucesso, mais que merecido. Sigo na torcida!!!

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      08/05/2013 at 11:00 pm #

      Suzana

      Primeiramente seja bem vinda ao nosso blog 😀 Fico muito contente em receber comentários por aqui 😀
      Obrigado pelas palavras de apoio e carinho..

      Bjs

  36. 12/05/2013 at 4:55 am #

    Só hoje consegui sentar e ler este post seu, que estava bookmarcado já há semanas. Mas que legal de ler!!! Que venham muito mais anos nessa não-rotina, nessa vida cheia de aventuras e experiências legais, com muito queijo e muito vinho!!! Aloha!

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      26/05/2013 at 10:12 pm #

      Lucia

      Legal ver você por aqui também.. Se Deus quiser vamos ter muitos anos de aventuras pela frente, e de muitos encontros por esse mundão..
      Aloha

  37. 27/09/2013 at 8:32 pm #

    Esse foi o primeiro post que leio deste blog e simplesmente adorei! Nota-se que existe muito amor entre vcs! Desejo muita felicidade!! Bjs

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      28/09/2013 at 3:20 am #

      Kenia

      Seja bem vinda ao blog e volte sempre 😀
      Bjs

  38. cristina
    07/10/2014 at 9:53 pm #

    Oi Maurício e Oscar! Conheci o blog de vocês agora e aos poucos estou me inteirando de tudo. Encontrei vocês justamente por estar pesquisando sobre a NZ. Em maio/2015 to desembarcando por aí para um intercâmbio. Quem sabe nos encontramos, serão 3 meses em Auckland e 3 em Wellington. Não vejo a hora, enquanto isso vou me deliciando com as dicas de vocês. Parabéns pelos 5 anos de aventura!

  39. Claudia
    18/01/2015 at 3:34 pm #

    Fantástica a história.. e fantástica a transformação que viveram! Abs

    • 19/01/2015 at 8:45 am #

      😀
      Verdade tanta coisa mudou desde que deixamos o Brasil….

      Obrigado pela visita

      Abraço

  40. Bruno
    29/03/2015 at 3:21 pm #

    Oscar e Maurício,
    Passei esta manhã de domingo, inteira, mas li todo o seu blog. Foi fantástico.
    Num mundo, ainda, de preconceitos, você falou de uma forma tão legal, sobre o casal que voces formam, que nunca imaginei que fosse encontrar em um blog. Parabéns pelos 5 anos de boa convivência. É como vocês tivessem nascido um para o outro.
    Ao ler os relatos sobre os locais em que viveram, senti vontade de conhecê-los e visitá-los.
    A primeira vez que vi o blog de vcs foi em 2013, quando fui a Filadélfia e li um relato seu sobre o mercado e seus sanduiches, além da sua viagem de carro de lá para NY.
    Agora estou indo para São Francisco, onde ficarei 2 meses fazendo um curso de inglês e novamente deparei com o passeio de vcs a Salsalito, o que me sugere a faze-lo.
    Pena que estão tão longe, mas quando estiverem morando nos EUA novamente, ou quando vierem ao Brasil, gostaria muito de conhecê-los. Vocês nos passam muita sede de vida e de engrandecimento. Grande abraço a vocês e que essa união dure por prazo indeterminado. Caso tenham mais coisas interessantes de São Francisco me digam, por favor.
    Grande abraço e muitas felicidades.
    Bruno.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Cinco anos de Blog | MauOscar Blog de Viagens - 22/07/2013

    […]  Expatriado: algumas lições e reflexões sobre os 5 anos de nossa vida no exterior […]

  2. Vida expatriada: Imagens de 1 ano de Nova Zelândia | MauOscar Blog de Viagens - 29/09/2013

    […]  Expatriado: algumas lições e reflexões sobre os 5 anos de nossa vida no exterior […]

Leave a Reply