Censo 2013 Nova Zelândia

Hoje, 05 de março de 2013 é a data oficial do Censo aqui na Nova Zelândia. Originalmente programado para ter acontecido 08 de Março de 2011, o censo teve que ser  cancelado depois do terremoto de 6.3 graus na escala Richter que atingiu a cidade de Christchurch, a segunda maior do país matando 185 pessoas e desabrigando outras milhares em 22 de Fevereiro de 2011.

censo-nova-zelc3a2ndia-1

Ao contrário do que acontece no Brasil e nos EUA o Censo na Nova Zelândia acontece de 5 em 5 anos ao invés de 10 em 10. Afinal de contas, recensear cerca de menos de 5 milhões de pessoas é relativamente uma tarefa bem mais fácil que a tarefa do IBGE e do Census Bureau dos EUA.

Em 2010 tivemos a chance de participar do Censo nos EUA como conto neste post aqui, naquela oportunidade além do formulário básico, acabamos também recebendo o formulário para a pesquisa detalhada.  Como sempre curti essas coisas relacionadas a estatística, achei que seria legal falar um pouco sobre o censo daqui também.

Na semana passada o recenseador contratado pelo departamento de estatística da Nova Zelândia bateu na porta aqui em casa, explicando que o país estava se preparando para o censo. (Coisa que até então não estava sabendo até receber a visita do recenseador e assistir ao noticiário daquela noite).

Ele deixou os 3 formulários ( 1 sobre a casa/moradia + 1 para cada morador) e deu as instruções de preenchimento dos mesmos e perguntou que horas e como seria a melhor forma de entrar em contato caso tivessem que esclarecer qualquer coisa.

Como este ano, pela primeira vez, o Censo também pode ser respondido via internet, ele aproveitou para perguntar se teria interesse em participar desta maneira e responder aos questionários on-line. Obviamente aceitei e ele então deixou também o envelope com as instruções do Login e a senha para acessar ao sistema e fazer tudo pela Internet.

Quando fui responder aos questionários pela internet, além das perguntas básicas de qualquer censo, algumas coisas me chamaram bastante atenção, entre elas a parte do questionário destinada aos Maoris descedentes, o que na minha opinião reflete a preocupação do governo (pressão nele) em conhecer/reconhecer a real situação dos primeiros habitantes do país e desta forma adotar políticas para conservar suas tradições, sua identidade cultural e também garantir a representatividade política dos mesmos. Tanto que o Censo aqui pode ser respondido em Inglês ou em Maori .

Como hoje a Nova Zelândia é um país de imigrantes, uma boa parte do formulário é destinada em identificar de onde estes novos imigrantes tem vindo, sua religião e afins. Nós nem aparecemos na lista de países e entramos na categoria de outros.. Mas a presença de países como India, China além de países de fortes laços culturais com a Nova Zelândia (Australia e Inglaterra) são um exemplo nítido que a Nova Zelândia está literalmente sendo invadida por chineses e indianos.

Outra seção interessante é a de que trata do estado civil das pessoas e grau de parentesco das mesmas vivendo sob o mesmo teto. Outro ponto abordado no questionário pergunta sobre os hábitos relacionados ao fumo que entre parênteses não se deve considerar outra coisa a não ser cigarro de tabaco.

Porém a seção mais extensa e com maior número de pergunta de todas é aquela que aborda renda e emprego. Mas a pergunta mais curiosa na minha opinião é a que pergunta qual a forma de transporte que você utilizou para ir trabalhar no dia de hoje (05/03/13).

Apesar deste ser o primeiro Censo também realizado via internet, estima-se que cerca de 55% das pessoas participantes do censo 2013 respondam seu questionário desta maneira. E não importa se você está na Scott Base, a base cientifica da Nova Zelândia na Antarctica ou em Cape Reinga, você deve participar. E segundo a lei do censo e estatística de 1975 se você não responder ao censo você pode ser multado em até 500 NZD.

O Censo vale até mesmo para aqueles não moram por aqui. Hoje se por acaso você estiver visitando ou  passando pelas águas jurisdicionais da Nova Zelândia, mesmo que a bordo de um cruzeiro, você deve ser contato. Claro que isso será feito diretamente pelo hotéis/operadoras de cruzeiro.

Fornecendo informações importantes para a alocação de recursos e investimentos públicos, o resultado do censo deste ano deverá fornecer dados interessantes sobre os impactos dos terremotos de Christchurch de 2010 e 2011. Estima-se que mais de 65.000 pessoas deixaram a cidade desde então. E existem boatos que o numero de asiáticos possa encostar ou até mesmo ultrapassar o número de Maoris pela primeira vez na história do país.

Veja também:

Propagandas veiculadas pelo Statistics NZ nas últimas semanas

Posts Relacionados:

 Próximo Destino: Aotearoa

Censo 2010 Censo 2010 nos EUA

Adaptando-se a Vida nos EUA

+ Posts sobre a Nova Zelândia

Índice com todos os Posts do MauOscar

Clique na Logo =>

Siga o MauOscar.com também no:

Instagram  – Google +

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Trackbacks/Pingbacks

  1. Retrospectiva 2013 | MauOscar Blog de Viagens - 30/12/2013

    […] início do mês de março aconteceu o recenseamento aqui na Nova Zelândia. Foi interessante responder ao questionário do censo daqui diretamente pela Internet. Super […]

  2. Turismo Rural na Nova Zelândia: Puhoi ValleyViajoteca - 29/03/2016

    […] título de comparação, enquanto a população projetada pelo censo 2013 ficou abaixo dos 4.5 milhões de habitantes, o rebanho de vacas leiteiras (segundo o censo […]

Leave a Reply