Seattle Center: O complexo futurista de Seattle construído para Expo 62

Space Needle em Seattle

O Seattle Center, um enorme complexo de entretenimento celebra este ano seus 50 anos de existência. Construído especialmente para ser a sede da Expo 62, também conhecida como Century 21 Exposition (Exposição do século XXI), serviu não apenas para mostrar como seria a vida no século XXI, mas literalmente colocou Seattle no mapa.

Seattle Center

Além disso, propiciou a construção de uma série “landmaks futurísticos” que até hoje são verdadeiros símbolos da cidade e incluem, o icônico Space Needle, o inovador Monorail de Seattle, o instigante Pacific Center entre outros.

Entrada para o Space Needle em Seattle

Para entender um pouco o porque esta feira é reconhecida como um dos ponta-pés iniciais do início do século 21, vale fazer uma contextualização histórica superficial só para relembrar alguns fatos que influenciaram de forma direta e indireta o evento e seus posteriores desdobramentos.

Key Arena

Durante final da década de 50 e início da década de 60, EUA e a ex-URSS protagonizaram alguns dos momentos de maior tensão de todo o período da guerra fria. Em 4 de outubro de 1957, por exemplo, a ex-URSS lançava o Sputnik ao espaço, dando aos soviéticos uma vantagem sem precedentes em relação aos americanos na “corrida espacial”. Com o orgulho “ferido”, os EUA “foram forçados a dar o troco”e reafirmar sua supremacia logo passou a ser prioridade nacional. Com isso, mais do que nunca, o tema ciência e tecnologia passou a ser o assunto do momento.

Space Needle em Seattle

Com o assunto em voga, a comissão criada para a organização da Expo 62 logo pegou o espírito da coisa. E em  março de 1958, tratou de reunir alguns dos melhores e mais respeitados cientistas do país em Washington, DC. Nesta reunião todos concordaram que a Exposição Universal de Seattle deveria mostrar ao mundo ciência e tecnologia (made in USA) de uma maneira nunca vista antes.  E mais do que isso,deveria ser apresentada de uma forma arrojada e interessante tanto para especialistas quanto para visitantes leigos.

Fonte no Seattle Center

Para fazer jus ao apelido de “A exposição do século XXI”, os organizadores do evento logo vislumbraram que teriam maior êxito se popularizassem o conhecimento e as inovações. O que rapidamente logo se transformou em ótimas oportunidades de negócios para algumas das grandes empresas americanas da época,.

Pacific Center

Além de ganhar visibilidade internacional com toda a publicidade do evento, poderiam até mesmo vir a fazer algum dinheiro, apresentando ao mundo alguns de seus novos produtos / invenções que poderiam potencialmente mudar o futuro.

no Seattle Center

Um destes produtos apresentados durante a Expo 62, e que de fato mudou para sempre o futuro temos nada mais nada menos, que o micro ondas de uso doméstico. Em contrapartida, os organizadores do evento pediam a estas empresas ajuda para a financiar o audacioso projeto.

Fachada do Pacific Center

E foi assim que com o patrocínio de algumas dessas empresas, aliadas ao aporte considerável de verbas federais, se deu inicio ao planejamento e construção das obras da feira que mostraria ao mundo, em especial aos soviéticos, as vantagens de se viver na América e  como seria a vida no futuro.

Dinossauros no Seattle Center

Por sinal, quase que concomitantemente, esta guerra publicitária inspiraria um dos meus desenhos favoritos de infância, os Jetsons, o qual foi veiculado na TV americana pela primeira vez entre 1962 e 1963.

Borboletas no Seattle Center

Enfim, depois de toda a fase de planejamento, a feira seria um sucesso absoluto. Nos aproximadamente 6 meses que esteve aberta ao público, a Expo 62 foi visitada por aproximadamente 10 milhões de pessoas. Foi aberta ao público pelo então Presidente John F. Kennedy que deveria ter comparecido também na cerimónia de encerramento em 21 de Outubro ce 1962, mas cancelou o comparecimento ao evento devido a uma “forte gripe”; Depois viria à tona que ele na verdade preferiu ficar em Washington DC para lidar pessoalmente com a crise dos mísseis em Cuba que acabara de eclodir naquele mês.

Pacific Center, construído para a Expo 62 no Seattle Center

A exposição universal de 1962 de Seattle, deixou como legado para cidade o Seattle Center, um parque de aproximadamente 300.000 metros quadrados que concentra diversos museus, uma arena desportiva e vários centros culturais. E comemorando seu cinquentenário ganhou agora em 2012 o belíssimo Chihuly Garden and Glass.

Chihuly Garden and Glass em Seatlle

Em nossa visita à cidade tivemos o prazer de aproveitar um pouco de quase todas das atrações  do local. Tanto que 3 das 6 atrações inclusas no Seattle City Pass estão localizadas alí no Seattle Center. São elas a subida ao topo da Space Needle, o Pacific Science Center e o EMP Museum.

Instrumentos no EMP Museum

Destas três atrações do Seattle City Pass, acabamos quase não tendo tempo de visitar a última delas. Com pouco mais de 15 minutos, o museu dedicado som e aos efeitos visuais me pareceu ser muito legal, mas como fecha cedo, não deu para conhecer muita coisa.

EMP Museum em Seattle

A principal atração do Seattle Center é sem dúvida a subida ao topo da Space Needle. Bem ela vai ser fruto para um próximo post, recheado com várias fotos.

Seattle vista do alto da Space Needle

O Pacific Science Center, por sua vez, é uma espécie de museu científico que pode ser um programa interessante para crianças mais crescidinhas que visitam a cidade. Eu particularmente achei muito interessante a parte dedicada aos insetos. Na minha opinião um dos melhores borboletários, que já visitei nos EUA. Já a parte dedicada à ciência já está precisando de um upgrade.

Borboletário no Seattle Center

Uma das vantagens de termos o Seattle City Pass é que além de economizar muito mais do que comprar cada ingresso separadamente, é que ao visitar as 3 atrações do Seattle Center cobertas pelo city Pass, você recebe um atendimento diferenciado em relação ao público comum.

Bilheteiria de uma das atrações do Seattle Center

Algumas das regalias extras incluem: “furar” a fila para subir ao deck de observação  da Space Needle; readmissão por uma segunda vez no local num período de 24 horas (o que garante você visitar o local de dia e noite) e no caso do Pacific Center assistir a um filme no IMAX 3D do local.

Na entrada para o IMAX no Seattle Center

No IMAX, acabamos assistindo ao primeio filme disponível. Um excelente documentário narrado por Meryl Strip que fala sobre o Ártico e os impactos do aquecimento global na região. Foram cerca de 50 minutos de filme, que foram uma ótima pedida para descansar os pés depois de passar o dia inteiro palmilhando pela cidade.

Filme no Imax de Seattle

Pensando cá com meus botões, se até hoje a arquitetuta e extrutura do local é ultra moderna, imagine isso a 50 anos atrás. No ano que a Expo 62 aconteceu Bill Gates, nativo da cidade, tinha pouco mais de 7 anos. Certamente tudo aquilo que ele viu desde a mais tenra idade deve ter inspirado e influenciado de maneira decisiva na busca de uma carreira totalmente voltada a ciência e tecnologia, a informática.

Pacific Science Center em Seattle

Enfim, você querendo ou não, quando for conhecer Seattle, muito provavelmente vai acabar passando pelo Seattle Center…

Chihuly Garden, a mais nova atração no Seatte Center

Principais atrações do Seattle Center:

Space Needle

Monorail ligando o parque a cidade

International Fountain

Paciific Science Center

Key Arena

McCaw Hall

SIFF Cinema

Seattle Repertory Teather

Experience Music Project

Intiman Playhouse

Chihuly Garden and Glass

 

 

Endereço:

321 Mercer Street,

Seattle, WA

 

Informações Úteis:

Veja o mapa do Seattle Center

Posts Relacionados:

 Museu de aviação da Boeing em Seattle

 Chihuly Garden and Glass: A mais nova atração de Seattle

 O que ver e fazer em Cingapura

Índice com todos os Posts do MauOscar

Clique na Logo =>

Siga o MauOscar.com também no:

  

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Categorias América do Norte, Estados Unidos, Seattle, Washington

Autor:MauOscar BlogdeViagens

Blog de Viagens de dois expatriados brasileiros que adoram viajar, fotografar e compartilhar experiências pelo mundo Já moramos no Brasil, Alemanha, Cingapura, Estados Unidos e agora estamos morando em Auckland na Nova Zelândia

5 Comentários em “Seattle Center: O complexo futurista de Seattle construído para Expo 62”

  1. 12/07/2012 às 11:38 #

    Excelente post, adorei a informação histórica contextual sobre o período em que o “parque” foi criado. Com certeza é super moderno e com tanta coisa boa junta por lá, é algo para deixar marcado como “imperdível” em Seattle! ;-)

    • MauOscar
      12/07/2012 às 14:11 #

      Simone

      Com certeza vale a pena.. E agora com o Chihuly Glass Garden Museum então está ainda melhor.. Uma pena que não tivemos muito tempo para explorar todas as atrações que o local oferece..
      Obrigado pela visita

      Bjs

  2. 20/07/2012 às 16:21 #

    Oi Oscar,
    Chegamos ontem, e só agora tive tempo de dar uma olhada nas noticias e post que ficaram para trás durante a viagem. Não sou de ficar muito conectada em viagem não. Sabe que vi na resvista de bordo da AA que tem uma exposição do Chihuly no jardim botânico de Dallas? Lembrei do seu outro post sobre ele na hora. Abraços

    • MauOscar
      22/07/2012 às 10:13 #

      Flora

      Quando viajo também desligo do mundo. O Chihuly já teve uma porção de exposições em Jardins botânicos por aí. Por sinal meu sonho seria ver uma mostra dele no Longwood Gardens. Espero que vocês tenham curtido bastante a viagem.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Space Needle: Uma visão 360º de Seattle | MauOscar Blog de Viagens - 02/08/2012

    [...] visita ao topo da Space Needle. Símbolo inconfundível da cidade, a Space Needle de Seattle foi construída especialmente para a a exposição universal de 1962. E hoje, mais de 50 anos depois, continua sendo a atração mais visitada da cidade. Base da Space [...]

De vida a este blog, deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 7.515 outros seguidores