Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

Jardim Botânico de Nova York: Uma das mais completas coleções botânicas das Américas

8

Nova York, uma metrópole de cotidiano frenético, tem o incrível poder de sempre surpreender. A surpresa desta vez ficou por conta deste post do Blog Abrindo o Bico, o qual fala sobre a exposição que procura “recriar” os famosos  jardins de Monet no New York Botanical Garden.

Entrada do Jardim Botanico de Nova York

Apaixonado por plantas e natureza, logo fui atrás de mais detalhes. Lendo o post, me dei conta que nunca tinha me perguntado sobre a existência de um jardim botânico na Big Apple. Sei lá porque, na minha cabeça, o Central Park já ocupava a função de grande área verde voltada ao lazer. Foi aí que pesquisando um pouco mais, descobri que na verdade Nova York não tem um e sim dois Jardins Botânicos, um localizado no Bronx e outro menor no Brooklyn.

Serviço de Concierge no Jardim Botanico de Nova York

E é justamente no maior deles que a tal exposição sobre os Jardins de Monet acontece.

Monet no Jardim Botanico de Nova York

Criado em 1891 no Bronx, o New York Botanic Garden foi inspirado no majestoso Royal Botanic Garden de Kew nos arredores de Londres. Tombado como Patrimônio Histórico Nacional em 1967, o Jardim Botânico de Nova York está localizado dentro do Bronx Park em uma área adjascente ao Bronx Zoo.

Coleção de plantas no Jardim Botanico de Nova York

Com cerca de 50 diferentes jardins e uma extensa coleção de plantas representativas dos mais diferentes biomas terrestres, o Jardim Botânico de NY é a sede de uma das maiores e mais completas bibliotecas botânicas das Américas.

Jardim no interior do Conservatório do Jardim Botanico de Nova York

 Referência mundial na conservação, pesquisa e sistemática de plantas, o New York Botanical Garden dispõe de alguns dos mais avançados laboratórios de pesquisas botânicas do mundo entre eles, o de filogenética aplicada a sistemática vegetal.

Hortencias no Jardim Botanico de Nova York

E graças a seu acervo e pioneirismo na pesquisa, é considerado um dos 15 jardins botânicos mais importante do mundo, o NYBG ocupa uma área equivalente a pouco mais de 100 hectares, o equivalente a aproximadamente 2.5 vezes o tamanho do Vaticano. No qual o visitante pode facilmente passar horas sem perceber o tempo passar. Atraindo cerca de 750.000 visitantes anualmente, o jardim botânico de Nova York é relativamente pouco conhecido pelos turistas que visitam a cidade.

Acer Collection no Jardim Botanico de Nova York

Depois de uma viagem de quase 30 minutos de carro, sem pegar trânsito de Midtown Manhattan, finalmente chegamos ao local. Para estacionar o carro é cobrado uma taxa de estacionamento de 15 USD. Para quem vai com transporte público a viagem até lá pode ser de até quase 1 hora em cada sentido.

Jardins aquaticos do Jardim Botanico de Nova York

A visita começa no Leon Levy Visitor Center, alí você compra o ingresso e encontra uma cafeteria e uma lojinha bem bacana, onde você pode encontrar livros botânicos, plantas souvenirs e afins.

Loja no Leon Levy visitor center do Jardim Botanico de Nova York

Com o ingresso na mão, dali em diante são mais de 45 km de trilhas e caminhos que  aguardam o visitante literalmente mergulha na beleza e variedade sem fim das plantas espalhadas por todo o jardim.

Floresta no Jardim Botânico de Nova York

Assim como acontece no Kew Gardens, minha recomendação é começar com um passeio de bondinho narrado para se familiarizar com o local e ter uma idéia daquilo que mais quer ver. E assim definir as prioridades de visitação. A boa notícia é que ele é gratuito.

Passeio de Bondinho pelo Jardim Botanico de NY

A visita ao Jardim Botanico de Nova York pode ser compartimentalizada em diferentes ambientes. Obviamente, as atrações a serem visitadas vão depender também da estação do ano que se visita o jardim. Mas na primavera/verão, quando nós visitamos ela pode ser basicamente dividida assim:

Heremocallis no Jardim Botanico de Nova York

No jardim das ervas e plantas perenes encontramos uma grande variedade de plantas anuais, e perenes entre elas plantas com fragrâncias agradáveis e texturas diferentes agrupadas em espaços que possuem características em comum. Fatores como cor, porte, período de floração, preferência por solo e apelo visual. Um ótimo espaço para tirar idéias que podem ser facilmente adaptadas em casa.

Jardim das Plantas Perenes no Jardim Botanico de Nova York

Uma área quase no coração do Jardim botânico de Nova York, onde além de um Azalea Garden aos moldes daquele que encontramos no Winterthur em Delaware.

Azalea Gardens no Jardim Botanico de Nova York sem flores

No Everett Children’s Adventure Garden (Jardim das Aventuras Infantis Everett) a criançada aprende sobre as plantas num ambiente feito especialmente para elas explorarem as maravilhas da ciência e da natureza ,o qual encontra-se ao lado de uma área alagadiça onde animais silvestres costumam ser abundantes, o Wild Wetland Trail.

Esquilo no Everett Children’s Gardens

Dentro do Enid A. Haupt Conservatory você pode praticamente “percorrer” o mundo em uma hora, conhecendo plantas das mais diferentes regiões do planeta espalhadas dentro das diferentes casas de vegetação representando as mais diferentes zonas climáticas existentes no nosso planeta, incluindo ambientes de florestas tropicais de montanha e planície, desertos das Américas e da África, plantas carnívoras e plantas aquáticas em piscinas temperadas e tropicais.

Enid A. Haupt, a principal estufa do Jardim Botanico de Nova York

Falando nisso, só a arquitetura do conservatório já praticamente vale a visita, o Enid A. Haupt Conservatory é a maior estufa da era vitoriana já construída nos Estados Unidos. É um marco arquitetônico da cidade de Nova York. Sua cúpula eleva-se em cerca de 90 metros é considerado um feito de engenharia para a época. Revestida por 17.000 painéis de vidro, abriga mais de 5.000 espécies de plantas.

Estufas do Jardim Botanico de Nova York

Esta parte ocupa mais da metade de toda a área do Jardim Botânico e é interessante para termos uma idéia de como era Nova York antes da chegada de Henry Hudson em 1609.

Bronx River no Jardim Botanico de Nova York

À medida que você caminha pelas trilhas da Thain Family Forest, você adentra o maior remanescente florestal de mata nativa da cidade de Nova York .. Algumas das milhares de árvores que podemos ver por alí tem vários séculos de idade.  E foi justamente a beleza ímpar desta floresta, uma das razões pelas quais os fundadores do NYBG selecionaram este local para abrigar o Jardim Botânico em 1895. (Local deve ser lindo no Outono).

Libélula no Jardim Botânico de Nova York

Florestas desta idade e neste estágio suscecional são raras e importantes para a pesquisa.  Este fragmento faz parte dos vergonhosos menos de um por cento da floresta remanescente em caráter sucecional primário em todo o nordeste dos Estados Unidos. Sua idade, e sua localização praticamente urbana, fizeram desta floresta um verdadeiro laboratório vivo. Pesquisadores de todo o mundo vêm para NY estudar como os ecossistemas florestais se adaptam às mudanças ao seu redor.

Um dos caminhos que levam ao interior da floresta do Jardim Botanico de Nova York

Por alí passa também o Bronx River, único rio de água doce de Nova York. O qual lembra um pouco a paisagem do Brandywine Valley com direito até mesmo a  um moinho de pedra, construída antes da Guerra Civil. Na outra margem do rio, no caminho que o bondinho faz encontramos uma coleção de Carvalhos e Magnólias.

Casa de pedra no Jardim Botanico de Nova York

No Peggy Rockefeller Rose Garden, existem mais de 4.000 roseiras em 680 variedades. O pico de floração acontece de meados de maio a outubro. Adjascentes ao Peggy Rockefeller Rose Gardens, encontramos a Cherry Collection, que certamente dever ser show no início da primavera e o Mapple Collection que deve ser sensacional no outono.

Jardim das Rosáceas no Jardim Botanico de Nova York visto do Tram

Nas imediações também encontramos a Benenenson Ornamental Conifers Collection, uma das maiores do gênero nos EUA, assim como um complexo de estufas (Nolen Greenhouses) e o Mc Quillan Horticulture Operations Center.

Benenenson Ornamental Conifers Collection no Jardim Botanico de Nova York

Nesta parte do Jardim Botanico encontramos um suntuoso edifício que abriga o Steere Herbarium e a Mertz Library, assim como o Pfizer Plant Research Laboratory em um edifício em anexo.

Sede principal do Jardim Botanico de Nova York

Com mais de 7 milhões de espécimes, o Herbário William and Lynda Steere está entre os quatro maiores herbários do mundo e possui coleções importantes de todos os grupos de plantas e fungos. Destes, cerca de 5 milhões de exemplares são plantas vasculares, 1 milhão são briófitas (musgos e hepáticas), 1 milhão são fungos (incluindo líquens) e 300 mil são algas. Embora todas as áreas do mundo estejam representadas, a ênfase das aquisições tem priorizado a flora e micota do Novo Mundo. Cerca de 3 milhões de exemplares são da América do Norte; 3 milhões do Caribe e América Central e do Sul e os outros mais de 1 milhão restantes são da África, Ásia, Europa e região do Pacífico. Muitas das exsicatas existentes no acervo do herbário tem mais de 300 anos de idade.

International Plant Science Center no Jardim Botanico de Nova York

Foi dentro deste edifício que estavam dispostas uma série de fotografias dos Jardins de Giverny de Monet, assim como duas de suas obras e a sua paleta de pintura

Mostra do Monet no Jardim Botanico de Nova York

Endereço:

New York Botanical Garden

2900 Southern Blvd

Informações Úteis:

Para horário de funcionamento clique aqui

Para ingressos e valores clique aqui

Para chegar ao Jardim botânico clique aqui

Veja também:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=YU-KkR7RHC8]

Mudança das estações no NYBG

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=XxTOSDzN2Mg]

New York Botanic Gardens

Post da visita da Tanya Pereyra do Dulce Bee Life ao Jardim Botânico de NY

Mais fotos deste passeio em nossa página no facebook

Posts Relacionados:

Post sobre Jardins de Monet Exposição dos Jardins de Monet no Jardim Botânico de Nova York

  Lilytopia: Um mar de lírios floridos no Longwood Gardens

 Winterthur Gardens: Um mar de azaléas floridas em Delaware

 Jardim Botanico de Cingapura

 FotoBlog da visita ao Kew Gardens nos arredores de Londres

 

Índice com todos os Posts do MauOscar

<= Clique na Logo

Siga o MauOscar.com também no:


8 Comments
  1. Simone says

    Adorei o lugar e as fotos! pena que não deu tempo de ir! 🙁 Mas tá na lista, me agrada bem mais lugares assim do que a muvuca geral e excessivamente urbana de NYC.

    1. MauOscar says

      Simone

      O Jardim é muito bonito.. só achei extremamente fora de mão.. Mas pode ser um programa interessante para escapar do ritmos frenético da Big Apple. Obrigado pela visita

      Bjs

  2. […] reduzida dos famosos Jardins de Giverny, imortalizados nas obras impressionistas de Claude Monet, no Jardim Botânico de Nova York, logo passou a ser uma prioridade numa ida a Nova York depois que ví este post aqui. Entrada do […]

  3. Angie says

    Também nunca havia ouvido falar de um (e muito menos dois) jardins botânticos em NY 🙂
    45 quilômetros de trilhas? Haja fôlego, hehehe 😀 Maravilhoso, adorei!
    Beijocas, Angie

    1. MauOscar says

      Angie

      Eu também fiquei surpreso, como falei, na minha cabeça uma cidade que tem o central park em teoria não precisava de um Jardim Botânico.. Qto aos 45 km de trilhas eu acho que eles contam todos os caminhos pavimentados pelos jardins.. Mas esta foi a informação que consegui levantar na Internet

      Obrigado pela visita

      Bjs

  4. Teté Lacerda says

    eu adoro o Botanical Garden de DC, mas tenho que dizer, o de NY é realmente muito mais grandioso e um must do na cidade. Agora tem que ir com tempo, nada de fazer programas corridos, como tem gente que faz. tem que ir com mente e alma, pra ver os detalhes…

    1. MauOscar says

      Adriana

      Concordo com você.. Não adianta ir até o Jardim Botânico de NY se você não tem como deixar o dia inteiro para explora-lo.. O de DC é bom neste sentido.. Bem compacto, pode ser visitado facilmente em meio dia…

      Bjs

  5. […]  Jardim Botânico de NY  […]

Leave A Reply

Your email address will not be published.