Florada das Cerejeiras em Philadelphia

Cherry Blossom Philadelphia-Vista para o Philadelphia Art Museum

Algumas das primeiras espécies de plantas a anunciar o final do inverno e o início da primavera são os Narcisos, Magnólias, Forsythias e uma ampla variedade de plantas da família das rosáceas. As Rosáceas são uma família Botânica na qual, encontramos uma série de plantas de interesse comercial e paisagístico dentre as quais podemos mencionar as macieras, pereiras, nectarinas, rosas, camélias, morangos e cerejeiras, apenas para citar algumas.

Variedade com flor dupla e rosa no Cherry Blossom de Philadelphia

Falando em cerejeiras, talvez não exista outra planta com uma floração tão conspícua, efêmera e celebrada como a floração das cerejeiras. Principalmente na cultura japonesa, onde o festival da florada das cerejeiras, ou Sakura Matsuri, tem um profundo significado e são um tema tradicional recorrente na arte, literatura e costumes daquele país.

Copa de Cerejeira florida no Philadelphia Cherry Blossom

 Suas flores efêmeras, que duram poucos dias antes de suas pétalas caírem no chão, são consideradas a flor símbolo do Japão. E por muitas vezes mudas de cerejeiras são oferecidas a outras nações como um símbolo de amizade. Nos EUA diversas cidades como San Francisco, Washington DC, Macon na Georgia e até mesmo Wilmington aqui em Delaware receberam em algum momento de sua história mudas vindas diretamente do Japão, um gesto de amizade entre os dois países, e que com o tempo acabaram se transformando em festivais que fazem parte do roteiro turístico e cultural das mesmas.

Cherry Blossom Rosa em Philadelphia

Entre eles, encontramos o festival nacional das cerejeiras de Washington DC.  Sem dúvida o mais famoso e concorrido deles. Nos dois últimos anos 2010 e 2011 tive a chance de visitar a capital americana para apreciar um pouco deste espetáculo. Em 2012, estava super animado para voltar a cidade justamente no ano que se comemora 100 anos do plantio da primeira cerejeira na cidade. Até porque todas as outras vezes havia ido sozinho a cidade para fotografar e curtir as árvores.

Flores Brancas de Cerejeira em Philadelphia

Porém nossos planos de irmos juntos à DC para a florada das cerejeiras em 2012 foram por água abaixo por conta da alteração da fenologia das plantas neste ano. Como o inverno 2011/2012 foi bastante ameno aqui no nordeste dos EUA, a primavera (digo pico de floração) resolveu dar as caras cerca de 10 dias antes do esperado. Como chegamos do Hawaii justamente no dia seguinte ao pico da floração das cerejeiras de Washington (2012=21de Março), acabamos desistindo da idéia. Até pensamos em ir no final de semana, mas a previsão do tempo previa grande possibilidade de chuva.

Uma das 7 variedades de Cerejeiras encontradas em Philadelphia

No entanto, como o pico da floração das cerejeiras em Philadelphia geralmente acontece 1-2 dias depois que em Washington DC, não tive dúvidas, no dia seguinte de nosso retorno do Hawaii, larguei tudo o que tinha que fazer, peguei o carro e fui conhecer o Cherry Blossom de Philadelphia. E tenho que dizer, não esperava grande coisa e voltei extremamente surpreso.

Cerejeira com as Boathouses do Schuyllkill River ao fundo em Philadelphia

Digamos que é injusto comparar a Florada das Cerejeiras de Washington DC com Philadelphia, apesar de que em Philadelphia existirem quase tantas cerejeiras como na capital americana, só o fato de você ter os monumentos da capital como o Jefferson Memorial, Obelisco de Washington, Martin Luther King Monument entre outros emoldurados pelas cerejeiras em flores as margens do Tidal Basin já é um grande diferencial.

Cherry Blossom Philadelphia com vista para o Philadelphia Art Museum

Porém, justamente por ser tão especial e popular com os turistas o Tidal Basin em Washington fica abarrotado de gente nesta época do ano. E para fotográfos como eu, que gostam de fotos sem pessoas aparecendo na foto, o festival das cerejeiras de DC exige certo jogo de cintura/malabarismo e muita paciência para evitar fotos com pessoas aparecendo.

Philadelphia na Primavera

E foi justamente a quase total ausência de pessoas que fez a ida à Philadelphia para ver a florada das cerejeiras valer ainda mais à pena. E tenho que dizer o Cherry Blossom de Philadelphia não deixa muito a desejar ao de DC. As primeiras 1600 cerejeiras plantadas na cidade foram doadas pelo governo japonês em 1926 em homenagem aos 150 anos da independência dos EUA e foram plantadas em diversos pontos da cidade e principalmente no no Horticultural Center no Fairmount Park.

Cherry Blossom nas margens do Schuylkill River em Philadelphia

Com o passar do tempo muitas destas árvores acabaram morrendo, algumas sendo replantadas, outras não. Foi aí que em 1998 a Sociedade Nipo-Americana da grande Philadelphia iniciou uma campanha/festival que celebra a floração das cerejeiras e a cultura japonesa.

Escultura de Abraham Lincoln emoldurado pelo Cherry Blossom em Philadelphia

Desde então, todos os anos a sociedade em parceria com outros parceiros planta 1000 novas mudas de cerejeiras pelo Fairmount Park e são justamente estas mudas plantadas “recentemente” que fazem o espetáculo de Philadelphia valer à pena e com o passar dos anos vai ficar ainda mais bonito.

Remo no Schuylkill River na época do Cherry Blossom de Philadelphia

Apesar de serem árvores novas, como muitas delas são possivelmente clones de uma mesma matriz elas florescem exatamente no mesmo período e tem um formato de copa muito semelhante com a vizinha e é justamente esta homogeneidade e vigor que fazem o diferencial.

Arvores de Cerejeira clonadas em flor

Obviamente também encontramos cerejeiras antigas da década de 20/30 espalhadas por alguns lugares da cidade, mas a florada fica ainda mais especial quando temos uma grande concentração de plantas num mesmo lugar.  Porém as cerejeiras antigas são especiais pelo fato de sua tortuosidade quase poética que reflete o espirito de renovação que a primavera traz a estas plantas e que os japoneses tanto celebram.

Casal de Idosos curtindo o Cherry Blossom em Philadelphia

Em Philadelphia o Cherry Blossom pode ser contemplado no Fairmount Park, que vem a ser por sinal o maior parque urbano dos EUA, e apresenta basicamente em seis diferentes áreas com grande concentração de cerejeiras:

Mapa Cerejeiras no Fairmont Park em Philadelphia

Ao Longo da Kelly Drive, ao norte das simpáticas Boat Houses as margens do Schuylkill River. Com grande concentração após o cruzamento com a Girard Avenue.

Atrás do Philadelphia Art Museum, entre o Philadelphia Waterworks Museum e as Boat Houses as margens do Schuylkill River

No Memorial Hall, na Lansdown Drive atrás do Please Touch Museum.

Na Margem Oeste do Schuylkill River, na Martin Luther King Jr. Drive entre o sul da Montgomery Drive e ao norte da Falls Bridge.

No Belmont Plateau, ao longo da Belmont Mansion Drive com vista para a cidade.

No Horticultural Center, onde além de de encontrarmos a Japanese House, encontramos os melhores exemplares originais das árvores plantadas em 1926.

Casa Japonesa no Cherry Blossom Philadelphia

Endereço:

Philadelphia Cherry Blossom Festival

.

Veja mais fotos:

Curta nossa página no Facebook e veja mais fotos da florada das cerejeiras de Philadelphia 

.

Posts Relacionados:

 Philadelphia Flower Show – Islands of Aloha

 Wilmington Cherry Blossom – A cidade em que moramos tem cerejeiras

 Cerejeiras de Washington DC – O espetáculo da Cherry Blossom 2010

 Cherry Blossom em Washington DC (FotoBlog) 2011

Índice com todos os Posts do MauOscar

<= Clique na Logo

Siga o MauOscar.com também no:

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Categorias América do Norte, Estações do Ano, Estados Unidos, Pennsylvania, Philadelphia, Primavera, Variedades

Author:MauOscar BlogdeViagens

Blog de Viagens de dois expatriados brasileiros que adoram viajar, fotografar e compartilhar experiências pelo mundo Já moramos no Brasil, Alemanha, Cingapura, Estados Unidos e agora estamos morando em Auckland na Nova Zelândia

25 Comentários em “Florada das Cerejeiras em Philadelphia”

  1. Que lindo, hein? É só uma pena que esse espetáculo tenha datas tão precisas para acontecer, né? Mas caprichos da mãe natureza são assim, né? Elas me lembraram nossos brasileiríssimos ipês, não sei por quê… Abraços e parabéns pelo post.

    • MauOscar
      25/03/2012 at 18:42 #

      Gleiber

      Pois é e mesmo com um período tão curto é justamente esta efemeridade que deixa o fenômeno tão especial.. E mesmo assim muda de um ano para o outro de acordo com as variáveis ambientais.. Os ipês sao lindos também, mas as cerejeiras sao digamos ainda mais especiais pois depois de quase 4 meses de uma vegetação totalmente sem vida ela é uma das primeiras plantas a dar sinal de vida.. E bota vida nisso!!

      Abraço, Obrigado pela visita e tenha uma ótima semana

      Oscar

  2. 25/03/2012 at 17:38 #

    Que lindo!!!! Não sabia que na Philadelphia era tão legal assim!!! Bom saber…

    • MauOscar
      25/03/2012 at 18:43 #

      Cláudia

      Nem eu esperava tanto.. Fiquei mesmo super surpreso.. Mas tenho que admitir que a de DC ainda é a melhor :D

      Bjs

  3. carlos eduardo
    25/03/2012 at 17:46 #

    Oscar. na globo news apresentaram uma reportagem sobre estas cerejeiras

    • MauOscar
      25/03/2012 at 18:44 #

      Tio Du

      Isso talvez explique o porque o meu post sobre as cerejeiras de Washington esteja bombando no Blog :D

      Bjs

  4. 25/03/2012 at 18:56 #

    Voce me deixou com saudades do Japão. Exatamente nesta época, ha 3 anos atras eu estava lá. Foi uma das experiencias mais incríveis ver o culto dos japoneses a esta planta. Mas pelo que vi pelos seus posts, vale dar um pulinho ai nesta época.

    • MauOscar
      03/04/2012 at 08:43 #

      Flora

      Bem quem visitou o Japão durante o início da primavera dificilmente irá se surpreender tanto assim, mas tem sempre tantas coisas legais para conhecer por aqui que não custa nada mesmo dar uma passadinha por aqui nesta época..

  5. lenamax
    25/03/2012 at 22:55 #

    Oscar, nem sei o que dizer deste post! Está tão lindo!!! As fotos ficaram maravilhosas! Não sabia que elas eram todas rosáceas. Que coisa linda! Imagine como vai ficar daqui a uns anos, se eles têm plantado mil mudas todos os anos. Vai ser um escândalo!
    Valeu muito a ida a Filadélfia. Agora temos um roteirinho de cerejeiras para fazer ;-)
    Beijos!

    • MauOscar
      03/04/2012 at 08:46 #

      Lena

      Pois é da mesmo para fazer um roteirinho.. Começando por Washington DC, passando por Philadelphia, Longwood Gardens, Winterthur e quem sabe até dando uma passadinha sem compromisso por Wilmington..

      Bjs

  6. lenamax
    25/03/2012 at 22:58 #

    (meu comentário não entrou :-( ) Vou escrever de novo, mas a emoção estava no anterior!)

    Oscar, nem sei o que dizer deste post! Ficou maravilhoso! Não sabia que elas eram todas rosáceas. QUe coisa mais linda!
    Valeu muito a ida a Filadélfia! Agora temos um roteirinho de crejeiras para fazer ;-)
    Beijos,

  7. Lillian Brandão
    26/03/2012 at 08:39 #

    Post lindo! Fotos maravilhosas! Parabéns!
    Não sabia que tinham cerejeiras em tantos lugares nos EUA. Tenho muita vontade de ver essas flores. Se nas fotos já estão lindas imagina pessoalmente!!!
    Bjos.

    • MauOscar
      03/04/2012 at 08:46 #

      Lilian

      Pessoalmente é ainda mais bonito!!! :D

  8. Marli Silva Coelho
    26/03/2012 at 16:18 #

    Mais uma vez agradeço por compartilhares conosco toda esta maravilha da natureza.Coisa mais linda de se ver,e é muito bom ler teus relatos explicativos.Beijos.

    • MauOscar
      03/04/2012 at 08:47 #

      Marli

      Obrigado pela visita e pelo comentário
      bjs

  9. Celia
    19/04/2012 at 14:34 #

    Olá, amei o post. Pena que em julho não vai ter mais florada. Queria te perguntar em qual região/rua ou mesmo hotel voce indica para me hospedar em Filadelfia. Ficaremos 2 dias (18 a 20/7) com 3 filhos de 4, 6 e 18 anos depois vamos para NY.Vale a pena ficar de carro lá?Obrigada e beijo.

    • MauOscar
      25/04/2012 at 09:04 #

      Célia

      Carro em cidade grande costuma ser um problema.. É caro estacionar, tem transito..
      Enfim a não ser que você pretenda visitar algum lugar mais distante como o Longwood Gardens, ou outras atrações fora do centro de Philadelphia acho bobagem ficar com carro.. Além disso se vc vai para NY o mais recomendado é ir de trem ou até mesmo de onibus, sem stress para entrar em Manhattan, e depois achar a locadora para devolver o carro..
      Quanto a hospedagem em Philadelphia recomendo ficar ou no centro sem carro perto do Historic District/Penns Landing, ou Região do Convention Center perto do Reading Terminal Market ou nos arredores da Rittenhouse Square..
      Agora se for ficar de carro o ideal talvez seja fugir um pouco do centro.. E quem sabe até mesmo ficar um Bed and Breakfast para uma experiência mais americana, até porque em 1 dia voce consegue ver quase tudo no centro de Philadelphia.. Eu particularmente recomendo este aqui, uma graça http://www.fairvilleinn.com/mainhouse.htm . O legal é que este fica no meio do caminho entre o Longwood Gardens e o Winterthur Estate.. Se ainda não conhece esses lugares de uma olhada nos respectivos posts aqui no Blog

      Bjs

      Precisando alguma coisa entre em contato.. Desculpe a demora em te responder.. Nestas 2 ultimas semanas estava no Brasil e nao tive tempo para postar e responder as perguntas aqui no Blog

      Abraço

      Oscar

  10. 21/05/2012 at 14:03 #

    Nunca vi a Cherry Blossom na Philadelphia, mas em DC eu fui religiosamente nos 6 anos que morei lá passar horas debaixo delas sentindo o perfume. Uma vez o inverno demorou demais, as flores saíram na hora errada e foi fraquinho, fraquinho. Foi meio frustrante, esperei o ano todo e não deu pra ver. Por serem as primeiras, eram praticamente as únicas que eu podia ver sem morrer de alergia do pólen

    • MauOscar
      21/05/2012 at 21:18 #

      Lizzie

      A florada em DC é mesmo fantástica.. Estive lá em 2010 e 2011.. Infelizmente em 2012 acabou não dando para ir… foi ai que decidi checar a florada das cerejeiras em Philly e acabei me surpreendendo bastante.. Quem sofre com alergia ao pólen deve passar maus bocados por aqui nesta estação..

      Obrigado pela visita

      Bjs

  11. 06/04/2013 at 09:05 #

    Adorei! Se eu tiver algum dia livre nas próximas semanas, vou tentar ver. =)
    Obrigada pela dica

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      07/04/2013 at 00:54 #

      Joana

      Vale a pena.. Elas não são tão fáceis de achar quanto as de DC.. Mas ficam lindas tanto quanto :D
      Bjs

  12. 20/04/2014 at 22:53 #

    Amei o blog e as fotos!!!
    Estou montando um roteiro incluindo NY e imediações. Vou passar uns 5 a 6 dias em NY e pretendo completar a viagem conhecendo algumas cidades próximas.
    Pra começar meu inglês é do tipo não passo fome e o espanhol um pouquinho melhor(portunhol) kkkk. Eu viajei de carro pelos EUA em três situações: a primeira e segunda foram a vários anos e rodamos pela Flórida, as Carolinas, Tennessee e Geórgia; a segunda foi em novembro de 2013 quando fui com duas amigas e fizemos Las Vegas – Los Angeles passando pelo Canyon West e Reserva Roover.
    Nessa viagem tive percalços pra abastecer o veículo em certos locais, mas de maneira geral amo a liberdade que o carro proporciona. Mas, como meu inglês é essa bomba preciso estudar bem o destino pra evitar perrengues!!
    Dúvidas:(levando-se em conta que estarei nos EUA em setembro por volta do dia 4, podendo ficar ate uns 16 dias/ Também retorno em maio de 2015 e ficarei em média uns 20 dias)

    1) O que conhecer nas duas viagens?

    Vale a pena Washington DC, Philadélfia, Baltimore agora (cortando outros destinos) ou é melhor deixar pra conhecer na primavera com mais calma?

    Seria mais interessante nessa primeira viagem ir na direção de Providence, Newport, Boston, Cape Cod, passar pelas montanhas brancas de Vermont (famoso Fall Colors de lá), seguir pra Montreal, Toronto, Niagara Falls, voltando pra NY? Nesse caso deixariamos pra na próxima viagem conhecer Washington DC, Baltimore, Philadélfia, Wilmington, Lancaster, Hersheys, pegando (tentando) o pico das floradas?.

    Ou, em setembro tb vale a pena ir a Washington e Philadelfia? Nesse caso seria uma passagem mais rápida (2 dias em cada, no máximo), pois pretendo ficar 4 dias em NY, fazer Connectcut (1 DIAS), Rhode island ( 2 dias), Massashussets (2 dias), New Hampshire ( 1 dia), Maine (1 dia), Vermont (White montain- 1 dia) Montreal ( 1 dia), Toronto (1 dias), Niagara Falls 1 dia e voltar a Nova York?

    Meu roteiro seguiria sempre o conceito redondo, indo por uma caminho e voltando por outro. Agradeço se vc puder me ajudar! ;)

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      23/04/2014 at 02:49 #

      Eu iria para o norte em Setembro e para Philadelphia, Delaware, DC em Maio. Em setembro não vai estar tão bonito quanto estaria se você fosse 1 mês mais tarde quando o outono está no pico, mas vai estar começando .. A mesma coisa vale para Maio, nessa época você já vai ter perdido a floração das cerejeiras e das tulipas, no entanto as azáleas do Winterthur vão estar lindas http://mauoscar.com/2012/05/02/winterthur-gardens/

Trackbacks/Pingbacks

  1. Narcisos, Jacintos, Cerejeiras e Tulipas… Um pouco do início da primavera no Longwood Gardens | MauOscar Blog de Viagens - 03/05/2012

    [...]  O espetáculo da floração das cerejeiras em Filadélfia [...]

  2. Auckland Cherry Blossom: Florada das Cerejeiras em Auckland | MauOscar Blog de Viagens - 08/10/2013

    […]  Florada das Cerejeiras em Philadelphia […]

De vida a este blog, deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 7.600 outros seguidores