Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

Dia da Caça: Controle populacional de cervos nos EUA

3

No início desta semana chegou pelo correio uma carta aqui em casa comunicando que a divisão de pesca e vida selvagem daqui de Delaware estará conduzindo uma caça controlada de cervos no parque que fica aos fundos de nossa casa nesta quarta e quinta-feira.

Mãe e filhote de cervo olhando em direção de quem vos escreve

Como isso é uma coisa totalmente incomum para nós no Brasil, onde porte de arma e toda e qualquer caça de animal silvestre é considerada crime, achei que seria interessante traduzir alguns trechos desta carta e publicá-la aqui no blog para quem possa interessar e ver como o assunto é tratado e porque é uma necessidade aqui nos EUA (em Delaware pelo menos).

Dois cervos machos nos fundos de casa

Esta carta é para notificá-lo como proprietário/residente do imóvel ao lado do Middle Run Valley Park, que estaremos realizando uma caça controlada de cervos nesta quarta e quinta-feira 14 e 15 dezembro de 2011.

Neste dias é possível que você veja caçadores devidamente sinalizados no parque e provavelmente ouça alguns tiros. Para que você não fique alarmado, estamos fornecendo este aviso para você saiba que os oficiais do DNREC (Divisão de Pesca e Vida Selvagem de Delaware), assim como o departamento de polícia do condado de New Castle estão cientes da caçada e que não há motivo para pânico.

O departamento de serviços especiais do condado de New Castle em conjunto com o programa de certificação de mestres caçadores de Delaware e com a assistência e consultoria da DNREC estará realizando a caçada nesta semana para reduzir/controlar os conflitos gerados pelo desenvolvimento e consequente perda de habitat natural da vida selvagem no norte do condado de New Castle.

Nos últimos anos, o número de cervos e os conflitos gerados pelo aumento de sua população tem aumentado consideravelmente, e com ele se faz necessário o controle populacional nesta região. Em dezembro de 2005, o DNREC realizou uma levantamento aéreo por infravermelho para determinar a população de veados em todo o estado. A zona de gestão de cervos 1, que consiste na porção norte do condado de New Castle na área acima do Chesapeake-Delaware Canal, teve a maior densidade de cervos do estado.

Com aproximadamente 376 cervos por quilometro quadrado, problemas associados com uma superpopulação de veados em paisagens urbanas incluem:

Aumento no número de colisões com veículos;

Danos a árvores ornamentais, arbustos, flores e jardins;

Danos à regeneração natural da floresta e do sub-bosque;

Aumento da incidência de doenças como a doença de Lyme;

Período de fértil de acasalamento mais longos que o natural, o que leva a formação de uma superpopulação insalubre de cervos que devido à escassez de alimentos no inverno tende a apresentar problemas nuticionais e acabam saindo de seu habitat natural em busca de comida.

Degradação ambiental: Áreas com altas densidades populacionais de veados podem sofrer degradação ambiental devido ao excesso de navegação/pisoteamento, que pode ter impactos negativos sobre outros mamíferos, aves, répteis, anfíbios e outras comunidades que exigem a existência de um sub-bosque para a sobrevivência.

Custo associado na manutenção de técnicas não letais, tais como repelentes químicos, espantalhos, dispositivos para fazer barulho e cercas para evitar danos às árvores, arbustos e jardins. Com variados graus de sucesso, estas técnicas podem reduzir os danos causados por cervos no curto prazo, mas eles são caros e não fazem nada para resolver o problema de uma população superabundante de cervos.

Entre outros problemas.

Atualmente, nenhum método imuno-anticoncepcional aceitável que reduza ou prevena  a prenhês em cervos está disponível. Além disso, os medicamentos atuais que estão sendo testados são apenas autorizados para fins de pesquisa. O DNREC apoia a caça como melhor e mais efetiva técnica de controle da população de cervos em Delaware. E a caça do veado fêmea durante estes dois dias vai ajudar a reduzir a população e, assim, aliviar um pouco os conflitos humanos / cervos.

Para assegurar que a caçada seja realizada com segurança ao público em geral, o parque será fechado nestes 2 dias e os caçadores selecionados são todos Certified Master Hunters. Indivíduos que frequentaram e concluíram com êxito o Delaware Master Hunter Conservation Module of Instruction. Este curso abrange uma ampla gama de assuntos, tais como as atitudes do público sobre a caça, manejo e conservação da vida selvagem, história da caça em Delaware, perseguição justa da caça, gestão de qualidade de escolha aos indivíduos a serem abatidos, temas polêmicos atuais à caça e relações com o proprietário de terras privadas entre outros tópicos.

O candidato também é obrigado a assistir aulas de educação e e passa por uma verificação detalhada de antecedentes criminais efetuados em parceria com a polícia do condado de New Castle.

Numa caçada de controle populacional, o foco são majoritariamente as fêmeas. Cada caçador é autorizado a abater até 2 cervos sem chifres por temporada. Alguns deles serão selecionados aleatoriamente para a oportunidade de caçar um veado macho com chifres.

Atenciosamente

Divisão de Pesca e Vida Selvagem de Delaware

Enfim, apesar de dar uma pena o fato é que os cervos são quase que uma praga por aqui.. Aqui em casa mesmo já chegamos a ver um grupo de 6 animais pastando em nosso gramado. A hortinha que tinha preparado com tanto cuidado e trabalho assim que mudamos para esta casa foi totalmente destruida por eles e pelas marmotas durante o verão e início do outono.

Filhote comendo pessegos no quintal de casa

Trafegando pelas estradas e ruas daqui de Delaware é muito comum ver animais vítimas de atropelamento. São raposas, gambás, marmotas, esquilos e cervos que acabam perdendo suas vidas tentando atravessar de um fragmento florestal ao outro. Este últimos são os que oferecem maior risco aos motoristas e é durante a temporada de Outono/Inverno que a maior parte destes incidentes acontecem. O que coincide justamente com a época em que a comida começa a ficar mais escassa e quando acontece a temporada de acasalamento destes animais. Não é nem um pouco difícil ver eles atravessando ou na beira das estradas em regiões de campo e floresta daqui de onde moramos.

Cervo macho

Quando estudei na Alemanha, fiz duas disciplinas associadas à caça e ao manejo de fauna. Lá os cervos são também um dos grandes problemas na floresta negra. Lá, muito mais pelo fato de os animais devorarem a regeneração natural da floresta (mais tenra e macia) do que pelo conflito com áreas urbanizadas.

Filhote (provavelmente da foto acima 6 meses depois)

De toda forma, quem vê os bichinhos pastando pacificamente acha um absurdo caça-los , até quando suas flores, jardim não são devorados por eles ou num caso ainda pior seu carro destruído por um encontro inesperado com um deles no meio da estrada.

Família reunida

Além do mais quem nunca assistiu ao filme do Bambi do Walt Disney e ficou com o coração partido quando a mãe dele é morta pelos caçadores. A verdade é que 3 semanas atrás um cervo foi atropelado aqui na entrada do nosso condomínio. Provavelmente um dos que vinham pastar aqui no quintal de casa. Desde então vejo apenas 4 dos 5 animais que sempre apareciam por aqui.. Agora é esperar para ver quantos irão sobrar e aparecer depois do dia 15.

Familia reunida 3 fêmeas 2 filhotes

Posts Relacionados:

 Mudança + Visita = Pouco tempo para Blogar

 Independência dos EUA contada em Valley Forge

 Valley Forge e o Início do Outono no Hemisfério Norte

 

Índice com todos os Posts do MauOscar

<= Clique na Logo

Siga o MauOscar.com também no:

3 Comments
  1. Lena says

    Que interessante! Sempre comento com seu “vizinho” que acho incrível existir essa quantidade de animal por aí. Como é que ninguém caça, tão pertinho do homem e tal. Ele me diz que é controlado e eu penso, “mas aqui, nem onde vive pouca gente conseguem controlar, imagine se fosse assim, no quintal de casa?!”.
    Dá o maior dó mesmo! BAMBI foi um trauma na minha infância! Primeira vez que fui ao cinema; levada por minha irmā! Chorei que nem louca! Acho que nunca tinha chorado por ficçāo antes 😉
    Adorei conhecer mais este aspecto da cultura local 🙂
    Bjs!

    1. MauOscar says

      Lena

      Tenho que dizer que também acho incrivel a quantidade de bichos que encontramos por aqui.. Em Curitiba morava do lado de um bosque enorme e o maximo que eu vi foi um esquilo que apareceu 1 unica vez.. Foi até motivo de festa.. Os passaros até eram abundantes lá, mas aqui temos desde beija flor até os gansos canadenses.. E todos os animais que menciono no Post…
      Fico feliz em saber que você gostou do post..Apesar de ser meio off topic acho legal essas curiosidades..

      Bjs

  2. Neusa N leao says

    Moro e trabalho na Califórnia. Minha patroa se sentiu incomodada por três cervos que comida as plantas do Jardim. Então ela escreveu um mail para o departamento de proteção aos animais Silvestre. A resposta foi esta! Por favor faça um muro em sua propriedade, para evitar danos no seu jardim. Contamos com sua compreensão.

Leave A Reply

Your email address will not be published.