Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

Nashville – Dicas de o que ver, fazer e comer na capital americana da música country

17

Nashville, a capital e segunda maior cidade do estado americano do Tennessee, conta com uma população de pouco mais de 600.000 habitantes. Esta cidade de médio porte, fundada em 1779 com o nome de Fort Nashborough, desempenhou papel importante na história dos EUA. No entanto quando se fala em Nashville hoje em dia, logo se associa o nome da cidade ao fato dela ser conhecida como a  capital americana da música country.

Nashville The “Music City”

Estivemos em Nashville no final do mês de Julho, justamente para conhecer / aproveitar esse lado musical e histórico da cidade. Saímos de Philadelphia no sábado (23/07) bem cedo, no primeiro vôo direto da USAirways Express para a cidade.  Até lá foram cerca de 2 horas de vôo. Por sinal tenho que dizer: a USAirways surpreendeu no vôo de ida. Pontual e com uma tripulação super simpática e atenciosa…. Já a volta foi o oposto, o vôo atrasou + de 5 horas, a tripulação era mau humorada e mesmo com todo o atraso nem mesmo um simples pedido de desculpas pelo atraso foram capazes de pedir.

Chegando à Nashville

Enfim, chegarmos ao ótimo aeroporto de Nashville (um dos melhores dos EUA na minha opinião) e seguimos em direção à National Car onde alugamos o nosso carro. Esta foi a primeira vez utilizamos o sistema de leilão para reservar o carro durante nossa viagem, e o resultado foi ótimo. Apesar de o nosso carro ser uma “banheira gigante”. Fomos comtemplados com um Buick Lucerne novinho com pouco mais de 7000Km de uso e completíssimo. Tanto que demorei um tempinho para reconhecer todos os botões disponíveis. 😛

Buick Lucerne nosso carro em Nashville

Mesmo sendo cedo para fazer o check-in, resolvemos ir até o Loews Vanderbilt Hotel tentar deixar nossas coisas e deu certo. O segredo para um early Check-in é sempre ser simpático nestas horas :D. Depois de devidamente instalados seguimos com o carro até o que é conhecido como o Entertainment District, onde estão localizadas algumas das melhores atrações turísticas da cidade. Apesar de certa dificuldade para estacionar, até que conseguirmos um bom lugar para deixar o carro.

Nashville visitor Center e ao fundo o Ryman Auditorium

Nossa primeira atividade em Nashville, foi visitar o Country Hall of Fame and Museum. Neste post conto mais sobre a visita a este museu totalmente dedicado a Música Country, suas origens, variantes e personagens que marcaram época. Na minha opinião, se você estiver indo à Nashville atrás do verdadeiro espirito country americano do interior do país, este é sem dúvida o local para começar sua jornada através do #Countryfeelings.

Entrada do Museu da Música Country em Nashville 

Em cerca de 2 horas e meia / 3 horas terminamos de visitar todo o museu e como já estava próximo da hora do almoço e havíamos tomado café muito cedo, seguimos em direção à Broadway, uma das principais ruas do Entertainment District.  Pelo caminho ainda vimos a calçada da fama em frente ao museu. Seguindo a recomendação da Concierge do Hotel encontrariamos alguns dos melhores BBq’s da cidade.

Jack’s Bar-B-Que, um dos mais famosos da cidade

Nesta primeira vez resolvemos provar o famoso Jack’s Bar-B-Que. Um ambiente super simples, com uma decoração bastante original. Pela fila que saia para fora do restautante deu para perceber que o local era de fato bastante famoso entre os locais e os turistas que visitam a cidade.

Na fila do Jack’s Bar-B-Que

A comida era boa, principalmente as costelinhas de porco e o porco desfiado, mas não era nada de excepcional. Sinceramente falando minhas expectativas para o primeiro BBQ no Tennessee eram um pouco maiores.

Bar-B-Que do Jacks, como podem ver nada light

Pulled Pork do Jack’s Bar-B-Que

No periodo da tarde aproveitamos para explorar um pouco a cidade, principalmente a região do Entertainment District. Nesta região, principalmente na Broadway e na 2nd Avenue não importa o dia da semana ou hora do dia sempre vai existir um barzinho aberto tocando música country ao vivo. O negócio e entrar, pedir uma cerveja e curtir o ambiente. Um dos locais que paramos foi o Wildhorse Saloon. Local famoso na cidade pelo Line Dancing, divertidíssimo.

Cavalo na Entrada do Wildhorse, uma das casas de show mais populares de Nashville

Outra coisa que é um barato nesta região entrar nas lojas da região, principalmente aquelas especializadas em Botas e Chapéus de Cowboys ou Cowgirls. Infelizmente fotos no interior destas lojas é teoricamente proibido. Mas pelo blog a gente faz algumas concessões né?!

Loja especializada em Chapéus de Cowboy

Ainda no meio do período da tarde ainda aproveitamos para conhecer o lendário Ryman Auditorium, considerado o Carneggie Hall do Sul, este auditório que no passado era uma igreja é o templo sagrado, no sentido literal da palavra, da música country dos EUA. Neste Post conto maiores detalhes sobre a visita ao Ryman Auditorium.

Interior do Ryman Auditorium

Dali seguimos em direção ao nosso hotel. Como ele estava localizado quase ao lado do Centennial Park, fomos lá conhecer o Parthenon de Nashville, uma réplica em tamanho real do Parthernon de Atenas. Antes de Nashville ganhar o apelido de Cidade da Música na década de 50-60, ela era mais conhecida como a Atenas do Sul. Neste Post conto maiores detalhes sobre a visita ao Parthernon de Nashville.

Parthernon Nashville, Réplica em tamanho real do Parthernon em Athenas 

Seguimos então para o lendário Grand Ole Opry, o Show/Programa de Rádio que fez a música country ficar famosa nos EUA. Infelizmente, no final de semana que visitamos a cidade nenhum artista “famoso”estava se apresentando. Mas para quem como nós curte mas é quase leigo no assunto a experiência valeu bastante. Neste Post conto maiores detalhes a respeito da visita ao Grand Ole Opry em Opryland.

Grand Ole Opry Show

No dia seguinte acordamos cedinho para um bate e volta ao maior complexo de cavernas do mundo. Localizado à cerca de 150 Km ao norte de Nashville, já no estado americano do Kentucky, a visita foi realmente muito interessante. Fizemos o Grand Avenue Tour de cerca de 4 horas e meia de duração, andamos cerca de 6.0 – 6.5km debaixo da terra e não vimos sequer 1% da caverna. Neste Post conto maiores detalhes a respeito deste passeio ao Mammoth Cave National Park.

Entrada do Mammoth Cave National Park

No caminho de volta ainda fizemos um Pit-Stop rápido em Bowling Green em Kentucky, onde a GM produz o Corvette nos EUA. Como infelizmente não encontramos um KFC (Kentucky Fried Chicken) no Kentucky, acabamos indo ao Mc Donalds mesmo quase ao lado do Museu Nacional do Corvette, o qual não chegamos a visitar.

Corvette National Museum em Bowling Green, Kentucky

Chegamos de volta a Nashville no finalzinho da tarde, fomos ao hotel tomar banho, recuperar as energias para curtir um pouco da noite do Entertainment District de Nashville.

Letreiros na Broadway em Nashville

Não preciso nem falar que foi super divertido. Acabamos jantando no Rippy’s Bar-B-Que ao som de música ao vivo. Não fizemos reserva e mesmo assim ficamos numa mesa de frente aos artistas. Apesar de não serem famosos, pai e filho faziam uma dupla muito boa com um repertório bastante variado.

Dupla no Rippy’s Bar-B-Que

A comida era ótima, entre os Bar-B-Que’s que experimentamos em Nashville, eu escolheria o Bar-B-Que do Rippy’s como o melhor de Nashville. Aproveitei também para experimentar a Pale Ale da Yazoo, uma cervejaria local de Nashville.

Jantar no Rippy’s

Depois de devidamente jantados, continuamos a explorar a região do Entertainment District. Foi aí que realmente podemos perceber que estávamos na Music City. Se não bastasse artistas tocando nos bares e restaurantes, vários artistas tocando pelas calçadas de toda aquela região.

Um dos Letreiros ao longo da Broadway 

Com o calor que fazia, acabamos descobrindo por acaso, o Mike’s Ice Cream uma sorveteria super gostosa e tradicional na Broadway. Quando for à Nashville não deixe de experimentar os sorvetes artesanais deles.. São deliciosos, nosso favorito foi o de coconut.

Mike’s Ice Cream

Em nosso último dia em Nashville fomos tomar café da manhã no local mais tradicional da região. O Loveless Cafe está situado num antigo Motel de beira de estrada na Highway 100. E a mais de 50 anos é parada obrigatória de artistas, políticos e famosos que visitam a cidade e procuram um tradicional café da manhã americano.

Loveless Cafe na Highway 100

Loveless Cafe em Nashville, Tennessee

O local é especialmente famoso pelos seus Biscuits, por suas geléias e compotas deliciosas e pelo seu presunto defumado. Espere um café da manhã bastante pesado bem tradicional sulista. Se você tiver colesterol alto este definitivamente não é o seu lugar, pois quase tudo ali é frito, leva ovo, presunto e bacon. Mas tenho que dizer que é uma delícia. E espere ter que aguardar para conseguir sentar, o local é ultra mega frequentado.

Café da Manhã no Loveless Cafe

Café da Manhã no Loveless Cafe… Nada Light, mas muito saboroso

Enquanto você espera, aproveite para conhecer a lojinha, a qual tem um ar de interior super charmoso. Ainda comentei com o Mau, que aquele lugar me lembrava muito o local que compravamos lingüiça quando íamos de Joinville à Blumenal via Pomerode. Infelizmente, o local em SC até onde eu saiba não existe mais.

Interior do Loveless Cafe

Autografos e fotografias de famosos no Interior do Loveless Cafe 

Ali aproveitamos também para comprar o Goo Goo Clusters, um doce que viamos em todos os lugares e que é marca registrada de Nashville, se você gosta do Charge da Nestlé, vai adorar o Clusters.

Conservas no Loveless Café

Ham (Presuntos) do Loveless Cafe

Depois do café da manhã super reforçado, seguimos para a penúltima atração que visitariamos em Nashville. O Belle Meade Plantation, uma tradicional fazenda do século XIX, especializada na criação de cavalos. Sempre tive curiosidade em saber como era uma plantation nos Sul dos EUA e como viviam os escravos no Sul dos EUA. O tour pela mansão foi uma verdadeira viagem ao periodo Antibellum e uma aula de história sobre a guerra de Secessão. Neste Post conto detalhes sobre a visita à Belle Meade Plantation e como ela foi fundamental para a criação de cavalos puro sangue nos EUA.

 Estábulo de Belle Meade Plantation, Tennessee

Nosso vôo de retorno à Philadelphia foi quase uma epopéia, ele estava marcado para o início da tarde. Chegamos ao aeroporto pela hora do almoço. Devolvemos a nossa “banheira” e seguimos para os procedimentos de segurança. Descobrimos que nosso vôo estava atrasado em 2 horas, as quais acabaram se transformando em 5 horas e meia de chá de aeroporto. Mesmo com este contratempo a viagem à Nashville no Tennessee foi memorável. Certamente voltaríamos novamente, especialmente se estivéssemos morando aqui ano que vem duranteo periodo do CMA (Country Music Awards).

Charrete nas ruas de Nashville

17 Comments
  1. leticia says

    Olá MauOscar, estou programando um curso de ingles nos EUA, no entanto, não sei qual será a cidade. Eu sempre tive vontade de conehcer Nashville, mas será que seria uma boa para estudar por 8 semanas?Voce que vive ai, poderia me ajudar? Não conheço os EUA..por isso tantas duvidas! Adorei o seu blog, chegue a ele atraves do viajenaviagem!! Agradeço se puder me ajudar!

    1. MauOscar says

      Letícia

      Nashville é uma cidade bastante interessante, no entanto se eu viesse aos EUA para estudar inglês, eu acho que optaria por cidades como Boston, San Francisco, Chicago e até Nova York. Até porque essas cidades são digamos mais bem preparadas para esse tipo de curso.. Quem pode te ajudar melhor com perguntas nesse sentido é o rodei.com.br.. Ele acabou de fazer um curso de algumas semana em NY..

  2. […] Comentários MauOscar em Nashville – Dicas de o q…MauOscar em Quem SomosMauOscar em Guia para o Grand Canyon Natio…MauOscar em […]

  3. gabriela says

    adorei seu blog! acabei achando ele porque estava procurando informações sobre o grand ole opry! Estou me mudando para o arizona em julho e o primeiro lugar que quero ir é nashville, sou apaixonada por musica country! cresci ouvindo 🙂 muuito obrigada pelas informações! Você postou exatamente as coisas que eu estava querendo saber!haha Excelente blog!:)

    1. MauOscar says

      Gabriela

      Obrigado pela visita.. Se puder visitar Nashville na época do CMA eu acho que deve ser o máximo..

      Abraço

  4. Tania Saad says

    De passagem, fiquei um dia em Nashville, e amei a cidade. Pena que foi pouquíssimo tempo. Depois de ler as dicas de vocês penso em voltar para aproveitar o que a cidade tem de melhor.

    1. Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens says

      Tania

      Nós também adoramos Nashville. Apesar de não ser tão popular com os brasileiros como outras cidades dos EUA, quem a visita adora. Recomendo ficar pelo menos 2-3 dias para curtir as principais atrações do lugar

  5. Melina Horta says

    Adorei a matéria e fiquei muito ansiosa pra conhecer Nashville.
    Gostaria de saber qual é a melhor época do ano para visitar?
    Obrigada!

    1. Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens says

      Nashville é legal o ano todo.. Eu evitaria ir em Junho e Julho quando o calor fica insuportável no casa dos 40 C.. Os meses do Outono geralmente são uma excelente época para se viajar pelos EUA.. na primavera tende a chover mais..

  6. tania mardegam says

    muito legal seu blog! Estaremos em Nashville em maio por 2 ou 3 dias, poderia por gentileza me indicar um motel tipo esses de estrada, queremos vivenciar essa experiência. Desde ja agradeço.

    1. Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens says

      Tania.. Fica meio difícil indicar um lugar sem ter pernoitado nele.. Lembro que na rua do Loveless Café tinham alguns, mas infelizmente não sei te dizer os nomes..

  7. Miro says

    Excelentes dicas para quem tem poucos dias para conhecer a cidade.

    1. Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens says

      😀

  8. Stephanie Godoy says

    Ola, eu estou morando nos USA e eu e uma amiga estamos pensando em ir para Nashville e ficar de uma quinta a domingo lá, vc poderia me mandar um email dizendo mais ou menos quanto vc gastou na viagem, e como vc alugou o seu carro?
    Obrigada deis de já! Sei que estou pedindo muito, mas eh q eu gostei bastante das coisas que você colocou aqui! Entao estamos pensando em seguir quase q o mesmo roteiro que o seu! Tudo bem fazermos isso?
    =)

    1. Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens says

      Stephanie

      O quanto você vai gastar vai depender de onde você vai ficar hospedada, as atrações que pretende visitar e onde vai comer.. Nós ficamos no Loews Vanderbilt e alugamos nosso carro com a Alamo através do Costco travel e visitamos as atrações mencionadas nos posts na categoria Nashville.
      Abs

  9. Ricardo says

    Oscar! Muito bom suas informações. Estou planejando visitar Nashville em dezembro. Como é o clima nessa época? Obrigado!,

  10. Carlos Alexandre says

    Olá mauoscar estou escrevendo um livro é um romance musical sobre uma banda de country , gostaria muito de falar com VC me responda no meu email OK. Obrigado

Leave A Reply

Your email address will not be published.