Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

Terremoto, Furacão e Tornado: Tudo numa semana agitada na costa leste dos EUA

30

Nestes quase dois anos que moramos no estado de Delaware nos EUA nenhuma outra semana foi tão agitada, no sentido literal da palavra, como esta última. Na terça feira 23 de agosto às 13h 51min no horário local estava em casa em frente ao computador editando um post aqui do blog quando percebo a janela de casa fazendo barulho e se mexendo.

Num primeiro instante, pensei que pudesse ser o vento. Em questão de segundos o barulho aumenta, olho para fora e constato que quase não havia vento. As folhas dos dois chorões (Salix sp) da frente de casa quase não se mexiam. Por outro lado, não só a janela se mexia, assim como toda a casa também. Instantaneamente me vêm a cabeça que aquilo poderia ser um terremoto ou até algo pior, afinal de contas em duas semanas, os atentados de 11 de Setembro “comemoram” 10 anos.

Larguei tudo da forma que estava e fui para o lado de fora de casa, a única coisa que ainda peguei foi o celular e a carteira. Assim como eu quase todos os vizinhos fizeram a mesma coisa, logo constatamos que aquilo de fato poderia ser de fato um terremoto. Porém nenhum deles havia experimentado aquela sensação até então por aqui.

Em menos de 2 minutos o Mau me liga do trabalho perguntando se eu também havia sentido o chão tremer. Naquele momento ele e todos os colegas de trabalho estavam evacuando o prédio. Conversamos um pouco e desligamos pois o sinal estava péssimo e ele tinha que seguir os procedimentos de segurança.

Lembrei que desde o Tsunami no Japão em março deste ano, tenho no Iphone um aplicativo chamado Epicentral que mostra toda atividade sísmica registrada pelo USGS ao redor do mundo. E lá estava a confirmação que um tremor de terra de 5.9 graus na escala Richter com Epicentro na porção central do estado da Virginia havia sacudido boa parte da costa leste dos EUA.

Terremoto na Viriignia no Epicentral

Quando tentei ligar novamente para o Mau os celulares já não funcionavam mais. Felizmente as mensagens de texto e internet continuavam funcionando sem maiores problemas. Porém o serviço de telefonia móvel só acabou voltando a sua normalidade quase 3 horas depois do sismo.

Moral da história, este tremor sentido por aqui foi o mais forte sentido em Delaware desde 1886, isso mesmo 125 anos, quando um tremor de 6.6-7.3 graus na escala Richter sacudiu Charlestown na Carolina do Sul e foi sentido por aqui.

Pesquisando um pouco sobre o assunto descobri que, no Estado de Delaware, este tipo de evento é considerado raro ou rarríssimo, tanto que o último tremor de terra “sentido” por aqui foi em Dezembro de 1968 por ocorrência de um tremor na porção Sul do estado de New Jersey.

Segundo o USGS apenas um tremor de terra com epicentro em Delaware foi registrado até hoje. E aconteceu a muito tempo atrás, em 9 de Outubro de 1871 em Wilmington causando danos à várias propriedades da cidade.

No terremoto de 2011 nenhum grande dano significativo foi encontrado aqui em Delaware, no entanto em Washington DC, o Obelisco e a Catedral Nacional sofreram com o abalo que rachou o topo do primeiro e derrubou pelo menos 3 pináculos da torre principal da segunda. Desde o terremoto do dia 23 pelo menos outros 5 tremores subsequentes (aftershocks) foram registrados, mas nenhum deles chegamos a sentir por aqui.

Sexta-Feira véspera do furacão já amanheceu assim

Quando tudo parecia que estava bem, a previsão de um furacão vindo do caribe (que já vinha sendo acompanhado desde a semana anterior) acabou se confirmando. Chamado de Furacão Irene, sua trajetória ao longo da costa leste dos EUA nas categorias 1 e 2 na escala Saffir-Simpson causariam problemas para mais de 66 milhões de pessoas, entre elas nós.

Furacão Irene passando pela Costa Leste dos EUA no App da WheTher Channel

Num país que teve o furacão Katrina em 2005 que arrasou a cidade de New Orleans, o primeiro furacão de grande intensidade a atingir em cheio a costa leste dos EUA (região mais populosa do país) pós Katrina certamente tinha tudo para entrar na história.

 

 9 alertas entre Tornado, enchente e Furacão durante a passagem do Furacão Irene

E assim o fez, pela primeira vez na história dos EUA, todo o sistema de transporte público de cidades como Nova York e Philadelphia foram totalmente suspensos. Tanto a Marinha quanto a Força Aérea Americana deslocaram seus aviões e navios da rota do furacão. Assim como pela primeira vez na história estado de emergência e evacuações obrigatórias na Carolina do Norte, Virginia, Maryland, Delaware, New Jersey e Nova York foram conduzidas antes mesmo de o evento acontecer a fim de se evitar uma catástrofe.

Olho do Furacão Irene passando entre Virginia Beach e Ocean City

Pelo menos 9000 vôos foram cancelados e mais de 3.5 milhões de residências sem energia elétrica durante o final de semana. Antes da chegada do furacão a mídia e o serviço meteorológico dos EUA lançaram uma série de alertas para as pessoas estarem preparadas para o furacão. Entre as ações solicitadas estar preparado para passar de 3-5 dias sem energia elétrica, água e telefone.

Estoque de água mineral quase no fim no Walgreens

Mas o mais impressionante, na minha opinião, foi ver na véspera da chegada do furacão os supermercados lotados, com prateleiras vazias e os postos com filas enormes para conseguir abastecer. Para nós conseguirmos abastecer nosso carro passamos por 3 postos que estavam sem combustível e no que encontramos só havia gasolina especial.. O mais curioso nesta história é que o galão de gasolina comum que até quinta feira estava na faixa 3.49 na sexta estava na casa dos 3.65.

Fila nos Postos de Combustível na véspera do furacão Irene

Os estoques de água mineral, pães, cereal, lanternas, pilhas e afins acabaram em quase todos os supermercados e farmácias. Um cenário quase de fim de mundo ou de guerra. Nossa sorte foi que já tinhamos nossas provisões antes disso tudo acontecer. Só a parte do combustível que de fato chegou a assustar.

Estoque de lanternas Zerado no CostCo

Em Delaware a região mais afetada foi a costa Sul do Estado que viu os ventos chegarem a mais de 100-120 Km/h durante a madrugada. Se isso não bastasse, vários alertas de tornados foram emitidos ao longo da noite no estado. Sendo que pelo menos dois poderiam atingir a região em que nós moramos. Felizmente ele não chegou a tocar no solo (Tochdown). O pior de tudo era que tudo isso estava acontecendo no meio da noite.

Estoque quase zerado de pilhas no Costco na Sexta-Feira à tarde

Ontem fiquei até quase as 02:30 da manhã acompanhando o noticiário da TV. Todos os canais de TV (FOX, CNBC, ABC, CNN, MSBN etc..) suspenderam sua programação para cobrir em tempo real o furacão em sua passagem pela região. Assustador mesmo é quando você está assistindo o avanço da tempestade, torcendo para a luz não cair e a programação ser interrompida 3 x devido o alerta de tornado. Sim tornados podem se formar em pontos isolados em meio a um furacão (Eu não sabia).

Prateleiras Vazias no Supermercado às vésperas do Furacão

O Curioso neste Furacão, não sei se os outros são assim também, mas durante toda a tempestade em momento algum vemos ou escutamos um raio ou trovão. Apenas muito vento e muita chuva por horas a fim (pelo menos 12 horas de vento e muita chuva ininterrupta)

Fila nos Caixas no CostCo

Felizmente nada mais sério aconteceu por aqui, no entanto em Lewes no Sul do estado um destes tornados causou danos a mais de 40 casas, sendo que pelo menos 1 foi totalmente  “varrida”do mapa.

Área sujeita a ocorrência de tornados durante o Furacão Irene

O maior problema do furacão Irene não foi somente a intensidade dos ventos, mas principalmente a quantidade de chuva e elevação das marés que vieram com ela. Ontem no início da noite mais de 120mm de chuva já haviam caido em nossa região.

Noite durante a passagem do furacão Irene

Muitos dos rios e córregos da região transbordaram, tanto que o Brandywine River, o rio o qual morávamos ao lado até Maio deste ano, atingiu o pico de vazão máximo de sua história com uma vazão até 5.25m acima do seu leito normal, seu recorde era de 1909 com 5.10m acima do leito normal (ainda bem que não moramos mais lá).

Brandywine River depois de uma tempestade, esta vez o nível deve estar 1.5m mais alto

Estas imundações se devem principalmente ao fato de o mês de Agosto ser o mês mais chuvoso dos últimos pelo menos 50 anos em Delaware, o que significa que o solo já estava super saturado antes mesmo de o furacão Irene chegar.. Com toda esta descarga de água, apenas uma pequena fração desta chuva toda pode ser absorvida e o restante acabou seguindo para os rios e riachos, causando imundação em vários pontos alagamento. Hoje cedo quando acordamos atrás aqui de casa tinhamos um verdadeiro lago. Mas 2 horas depois toda água já havia desaparecido.

Imundação Resultante da Precipitação durante o Furacão Irene

Enfim nestes quase 2 anos em Delaware, presenciamos alguns dos maiores eventos naturais do século do estado. Começando pela segunda e terceira maiores nevascas da história, segundo maior terremoto já registrado por aqui no início da semana e agora um dos maiores furacões a atingir a costa do estado.

Nossa Casa após o Irene

Lembrando que no dia 09 deste mês tivemos um Tornado F-1 que tocou o solo por cerca de 2 km praticamente no meio do caminho entre a nossa casa atual e a casa antiga. Graças a Deus em nenhum destes eventos tivemos qualquer tipo de dando material ou situação real de perigo… Mas tenho que dizer a natureza dos EUA não é brincadeira não.

Dano no beiral da casa durante o Furacão Irene

Fotos de uma volta pela vizinhança:

Caminhão consertando a Rede Elétrica

Muitas Folhas e Galhos espalhadas pelas ruas

Muitas árvores danificadas

Ruas Interditadas

Carvalho Americano destruído com os ventos pertinho de casa

Veja também:

 [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=i0d0ZaYdjSw]

Um dos alertas de tornado para nossa região durante à noite do furacão Irene

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=PAbGQKJkSQk]

Pós furacão

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=8Y7qdSaSrX8]

Fúria do Rio Brandywine no dia seguinte  

Post Relacionado:

 A Grande Nevasca 2009

 Segunda Maior Nevasca da História em Delaware

Índice com todos os Posts do MauOscar

<= Clique na Logo

Siga o MauOscar.com também no:

30 Comments
  1. Mari Campos says

    Semaninha complicada essa pra vcs aí, não? Imagino o auê, a sensação esquisita no peito, ainda mais com todo o alarmismo. O importante é que, no saldo final, vcs estão sãos e salvos e os estragos do Irene foram bem menores que os esperados. Meu copo tá meio cheio sempre 😉

    1. MauOscar says

      Pois é Mari

      Mesmo já sabendo e acostumado com alarmismo do americano estar aqui e não saber ao certo o que vai acontecer da uma sensação de impotência muito grande…
      As vezes é até melhor não saber o que esta acontecendo ou prestes a acontecer…
      Por mais sangue frio que voce tenha, ver os postos de combustivel com filas enormes e alguns deles sem combustivel nas bombas é assustador, isso sem falar nos supermercados desabastecidos..
      Felizmente nada de mais sério aconteceu conosco, um dos colegas de trabalho do Mau foi um dos 40 “felizardos” que tiveram sua casa afetada pelo tornado em Lewes….Coitado e na casa dele em New Jersey entrou quase meio metro de água..
      Esse alarmismo é bom por um lado, por outro isso acaba gerando a famosa sindrome do lobo… Quando o negocio for serio mesmo as pessoas nao acreditam mais

      Bjs

  2. Alessandra Mosquera says

    Realmente impressionante! Deve ter sido uma tensão daquelas, acho que eu teria sentido muito medo… Que bom que terminou tudo bem e o estrago foi pequeno na sua casa! Comparti o texto no FB. E caramba! Que “sorte” essa de atrair fenômenos naturais fortes hein? Um abraço

    1. MauOscar says

      Alessandra

      Foi mesmo um pouco assustador é verdade, principalmente pelo fato de o pior da tempestade ter acontecido durante a noite.. Felizmente os danos aqui na nossa região foram quase mínimos…
      Graças a Deus nosso santo tem sido forte nestes grande fenômenos naturais que vivenciamos por aqui…
      Bjos para vcs 😀

  3. Léo Luz says

    Passou. Keep walking.

    1. MauOscar says

      Graças a Deus que passou Leo

      E vamos que vamos

      Abraço

  4. maluparis says

    Vc escreveu de um modo tão emocionado que senti toda a tensão que vcs passaram. Por outro lado, fiquei impressionada com a beleza visual da sua região. Nas fotos da volta pela vizinhança, após o furacão, achei tão lindas as cores das árvores, as ruas com um asfalto parecendo um tapete……

    1. MauOscar says

      Malu

      A experiência foi um pouco tensa mesmo, mas felizmente tudo acabou sendo muito menos pior do que o que se pensava.. O lema aqui é Prepare for de worst and hope for the Best… Felizmente o melhor aconteceu..
      Não querendo puxar a sardinha para nosso lado, mas Delaware é um paraíso… Além de ser um estado lindo só o fato de não pagarmos Sales Tax já faz tudo ficar ainda melhor.. Quero tentar postar alguns posts falando mais sobre Delaware.. Mas são tantas coisas para escrever que as vezes acabamos não valorizando a prata da casa…

      Obrigado pela visita..

      Bjos e uma ótima semana

  5. Luciana Bordallo Misura says

    Que bom que o impacto foi mínimo, com as previsões catastróficas que eles estavam fazendo, acho que todo mundo respirou aliviado no final das contas, mesmo com os estragos registrados. Essa chuvarada recorde podia vir pras nossas bandas aqui, estamos é com uma seca recorde…

    1. MauOscar says

      Lu

      É verdade… Acho que esta overreaction foi também muito por conta do Katrina de exatos 6 anos atrás… Eu acho que a cobertura da mídia pode ter sido de fato um pouco alarmista D+.. Mas acho que os governadores terem decretado estado de Emergência antes da tragédia e evacuado zonas de risco poupou muitas vidas.. O que no final das contas achei mais triste foi os estragos em Vermont.. Lá os estragos foram piores que o pensado.. O pior de tudo é que a gente esta indo para o Foliage e certamente sentiremos o impacto e a falta das pontes cobertas que se foram com a enchente…
      O Clima esta mesmo maluco… Julho foi um mês super seco aqui também o gramado de casa mesmo irrigando estava amarelo e feio.. Veio Agosto e choveu um monte agora esta tudo verdinho.. O clima esta ficando cada vez mais extremo.. Espero que comece a chover em breve por ai tambem 😀

  6. Simone says

    Que loucura hein! Ainda bem que vcs estão bem. A meu ver estes “sinais” acontecem para nos alertar sobre questões ainda maiores relativas a natureza e equilibrio da vida, e que infelizmente os EUA insistem em praticamente ignorar. Graças a Deus não aconteceu coisa pior! Estavamaos em NY nesta semana, mas por sorte não sentimos o tremor, e nosso avião de volta estava marcado para a noite anterior ao dia dos cancelamentos aéreos! Neste ponto, temos que valorizar muito morar no Brasil, pelo menos por aqui não passamos por estas situações extremas…

    1. MauOscar says

      Simone

      Concordo com você, esses eventos extremos sempre existiram, mas devido ao desequilibrio que causamos no meio ambiente eles estão cada vez mais e mais frequentes..
      Voce poderá dizer que visitou NY numa semana histórica.. Estava preocupado que vocês não tivessem conseguido embarcar de volta para casa.. Uma pena não ter dado certo de nos encontrarmos.. Mas em breve resolvemos isso 😀
      Bjs

  7. Flora says

    Nossa Oscar, que tenso!

    Mas também que bom que está tudo bem por ai. Prá variar mais um ótimo post. Acompanhei tudos pelos seus relatos no twitter e FB.

    1. MauOscar says

      Flora

      Foi um pouco tenso mesmo, mas felizmente acabou tudo bem 😀
      Obrigado pela visita e pelo elogio em relação ao Blog

      😀

  8. Ziga da Zuca says

    Semaninha histórica mesmo hein?
    Mas fico feliz por ter sido menor que o esperado… E por vocês estarem bem!

    1. MauOscar says

      Tata

      Histórica mesmo… Ainda bem que os eventos não aconteceram concomitantemente e ainda não é 2012 😀 Mas tudo ficou bem no final
      Obrigado pela preocupação

      Bjos

  9. Gustavo - Viajar e Pensar says

    Caracas, fortes emoções!

    Brilhante relatos e belas imagens como de costume, mas deve ser um susto e tanto.

    Abraço e bons vinhos aos amigos!!

    1. MauOscar says

      Gustavo

      Bota forte nisso… Tudo numa semana só foi dose… Mas felizmente nada de grave aconteceu e vou ter história para contar daqui alguns anos… rsrsrs

      Abraço e muitos vinhos e viagens para todos nós

  10. Lu Malheiros says

    Nossa, emoção demais em muito pouco tempo! Um susto atrás do outro!
    Rendeu um ótimo post, mas imagino como as família de vocês ficaram preocupadas! O importante é que vocês estão ok 😉
    Bjs

    1. MauOscar says

      Lu

      Pessoal no Brasil estava morrendo de preocupação..
      O pior de tudo é que minha mãe não sabe nada de inglês e ficou acompanhando as noticias na CNN.. E no Headline da CNN toda hora aparecer o nome de Wilmington. na verdade não era a Wilmington de Delaware e sim a Wilmington de North Carolina e mostrava tudo destruído e ela não conseguia falar com a gente… tadinha passou acho que mais susto que a gente

      rsrsrs

      Bjs

  11. Completamente assustador! A narrativa deixa a gente nervoso junto! Mas, fiquei curioso: como ficam o trabalho das pessoas? Tipo: para tudo? Ninguém vai trabalhar, o comércio fecha, os escritórios tb?

    1. MauOscar says

      Gleiber

      Então, geralmente quando isso acontece muita gente trabalha de casa..
      Principalmente quando o governador declara estado de emergência e ainda coloca restrições quanto a dirigir pelas ruas do estado..
      Por exemplo durante o Irene do Sabado à noite das 22:00 até Domingo as 16:00 ninguem a não ser policia, bombeiro e ambulancia poderia dirigir na rua..
      Se a policia pega é multa na certa e dependendo do grau de restrição pode ate dar cadeia…
      No caso da Irene, como o pior aconteceu no final de semana o trabalho não foi afetado..
      Mas se fosse durante semana certamente não haveria expediente formal, até porque até o transporte publico foi suspenso…

      Abraço

  12. Claudia Liechavicius says

    Menino!!!! Que experiência horrível!!!!
    Sabe que eu voei para Miami no dia em que estava previsto que o furacão fosse passar por ali. Mas, felizmente nada aconteceu. O voo foi tranquilo e desci em Miami “safe and sound”. No entanto, peguei chuva o dia todo. Uma chatice. Pelo menso foi só chuva. Ufa!!!
    Bem, agora já passou… Fica só a sensação de insegurança e medo de que aconteça outra vez.
    Beijo
    Claudia

    1. MauOscar says

      Cláudia

      Horrível poderia ter sido, mas graças a deus não foi.. Digamos que emocionante seria a melhor descrição para o que vivenciamos aqui semana passada..
      Ainda bem que você não foi uma das pessoas afetadas pelos mais de 9000 vôos cancelados por conta do Irene.. Eu cheguei a comentar com o Mau na véspera da chegada do furacão por aqui.. Eu não gostaria de estar viajando de avião naquele dia, principalmente passando perto do furacão.. Em 2004 o Mau veio aos EUA e vôou em meio a uma tempestade tropical e disse que foi horrivel. O avião ela pequeno e para você ter uma ideia as malas chegaram todas molhadas em Atlanta ..
      Felizmente tudo ficou bem por aqui.. So estou triste que as enchentes la na Nova Inglaterra vão estragar (espero que pouco) nossa viagem para lá no Outono

      Bjos

  13. Cátia. says

    Estive de férias nos EUA com minhas filhas e sobrinhos entre julho e agosto, fomos para Orlando, Miami e Nova Iorque mas graças a DEUS voltamos para o Brasil no dia 18/08 e nem soubemos das previsões deste furacão… Quando já estavámos aqui e ouvir os noticiarios fiquei aliviada por nós, mas muito tensa por todos que moram nos lugares de risco e rezei muito para que os males fossem o menor possível e graças a DEUS foi assim.

    Agora estou um tanto preocupada com a natureza, pois faço niver de casamento e para comemorarmos sempre viajamos, e estamos com viagem marcada para o dia 30/09 para Miami, Nova Iorque e Las Vegas ficaremos 05 dias em cada lugar.
    Você acha que teremos algum problema nesse período?? Moro no Rio mas sou Baiana e por não estar nem um pouco acostumada com terremotos, tornados, furacões e etc. morro de medo de cruzarmos com alguns desses fenômenos. Já pensei até em desistir mas os prejuizos serão grandes, pode me ajudar com sua opnião?? Muito obrigado e tudo de bom pra vocês, que DEUA os protejam sempre…

    Cátia.

    1. MauOscar says

      Cátia

      É muito dificil prever quando estas coisas vão acontecer… Eu só desistiria em último caso… Eventos nesta proporção não acontecem toda semana.
      Sinceramente falando acho que voce não precisa ficar preocupada não.. O Máximo que pode acontecer é você ter que ficar mais alguns dias por aqui antes de voltar para casa ou não conseguir embarcar no Brasil… No dia seguinte à passagem do furacão abriu um sol lindo que era difícil dizer que menos de 24h estavamos vivenciando a passagem de um furacão…

      Abraço

  14. […]  Terremoto, Furacão e Tornado: Tudo numa semana agitada na costa leste dos EUA […]

  15. Cristina Najjar says

    estamos nervosos e peocupados com aqueles que tem fllhos pequenos e que ainda nao sabem o perigo que se enfrenta em uma hora destas. O furacao sandy esta se aproximando e estamos prontos. Mas acabei de assistir na tv aqui nos states que nao se pode realmente dar os dados corretos em questao da direcao que este monstro vai levar. porque acordo com as noticias, nao ha data ou computador ou alguem que pode dar os dados corretos do que se passa no mar. e o furacao pode ir para a direcao que quer. so espero que nao chegue direto aqui em washington dc ou maryland onde vico. porque opior ja se espera.

  16. Cristina Najjar says

    o presidente Obama declara estado de emergencia no distrito de columbia aqui em washington dc neste exato momento. Acho que estamos todos preocupados demais com a chegada do furacao. Milhoes de pessoas ficarao sem electricidade por muitos dias ou semanas. que calamidade.

    1. MauOscar says

      Cristina

      Acabei demorando para responder.. Felizmente aparentemente DC e DE foram poupados pela fúria da Sandy.. Nós vivenciamos o Irene e podemos ver o estrago que ela fez em Vermount e New Hampshire um mês depois de sua passagem e foi muito triste..
      Espero que tudo volte a normalidade o mais rápido possível

Leave A Reply

Your email address will not be published.