Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

Dale Chihuly no Museu de Belas Artes de Boston

0

Quando vimos a obra Persian Window de Dale Chihuly pela primeira vez no Delaware Art Museumem fevereiro deste ano, logo nos apaixonamos pelo trabalho do artista que profissionalisou-se na milenar técnica de transformação da areia em vidro com o uso do fogo. Adicionando à ela formas e cores incríveis as quais nunca tinha visto antes.

Persian Window no Delaware Art Museum em Wilmington DE

No mês seguinte, em nossa viagem à Las Vegas e Grand Cannyon, descobrimos que boa parte do teto do hall de entrada principal do famoso hotel Bellagio (aquele do show das águas)  é também decorado com trabalho do artista.

Chihuly no Bellagio em Las Vegas

Enfim, algumas semanas antes de embarcarmos para Boston, a querida Lúcia Malla do blog Uma Malla pelo Mundo publica um post com fotos maravilhosas de uma exposição do artista que ela acabara de visitar na cidade.

 

Museu de Belas Artes de Boston

A exposição chamada de “Through the looking Glass” que acontece no Museum of Fine Arts de Boston entre os dias 10 de Abril a 07 de Agosto de 2011, foi logo incluída em nosso roteiro pela cidade. Como acabamos saindo muito cedo do hotel e o museu só abriria às 10 horas da manhã, fomos matar um tempinho no Fenway Park logo atrás do museu, onde descobrimos um Rose Garden maravilhoso.

Esculturas do Espanhol Antonio Lopez Garcia no Mfa saida p/ Fenway Park

Quando retornamos ao museu por volta das 09:45 a fila para o ingresso já contava com cerca de umas 50-100 pessoas. Assim que o museu abriu as portas compramos nossos ingressos que apesar de não serem baratos  (22USD) valeram o custo.

Entrando no Museu

Como a programação para o dia estava completa, acabamos focando apenas na exposição de Chihuly. Mas o Museu de Belas Artes de Boston ou Museum of Fine Arts (Mfa) surpreendeu. O museu conta com diversas galerias exibindo objetos, jóias, instrumentos e arte em geral. Englobando diversos períodos da história, desde o mundo antigo, passando por arte de todos os continentes até arte contemporânea. Tudo isso, num espaço super moderno e espaçoso.

Interior do Museu de Belas Artes de Boston

Nascido em 1941 na cidade de Tacoma, no estado americano de Washington, Dale Chihuly foi introduzido ao vidro, enquanto estudava design de interiores da Universidade de Washington em Seattle. Depois de se formar em 1965, Chihuly  foi um dos primeiros inscritos no pioneiro programa de design em vidro na Universidade de Wisconsin.

Lime Green Icicle Tower Chihuly

Continuou seus estudos na Rhode Island School of Design (RISD), onde mais tarde estabeleceu o programa de design em vidro e lecionou por mais de uma década. Em 1968, depois de receber uma bolsa do programa Fulbright, foi trabalhar/estudar na fábrica de vidro Venini em Veneza.  Lá, aprendeu muitas das técnicas que depois aprimorou em moldagem de vidro, hoje fundamental para o estilo de sua obra.

Uma das mais novas obras de Chihuly

Em 1971, foi co-funador da Pilchuck Glass School no Estado de Washington. Criando um centro internacional de excelência em design em vidro, que sob sua supervisão revolucionaria uma das formas mais antigas de arte desenvolvida pelo homem, para uma arte de vanguarda.

Lime Green Icicle Tower Chihuly – Obras de arte em Vidro

Hoje seu trabalho está presente em coleções de mais de 200 museus e jardins botânicos espalhados pelo mundo. E graças ao talento de seu trabalho, recebeu desde então muitos prêmios. Incluindo dez doutorados honorários e duas comendas do National Endowment for the Arts.

Persian Series

Uma das coisas que me chamam muita atenção em sua obra é a afinidade que o artista tem com as formas botânicas. Tanto que a partir de 2001 iniciou uma série de exposições em contextos botânicos. Este ciclo teve início em 2001 no Garfield Conservatory Park, em Chicago. Em 2005, Chihuly expôs seu trabalho no melhor e maior Jardim Botânico do mundo, o Royal Botanic Gardens em Kew nos arredores de Londres. Depois disso, expôs seu trabalho em outros locais de grande visibilidade incluindo o Young Museum, em San Francisco, em 2008, e agora no Museu de Belas Artes de Boston, em 2011.

Flores em Vidro

A prova disso é a enorme escultura verde em vidro que me fez lembrar as aulas de morfologia vegetal, em especial aquelas que tratavam sobre as briófitas. Mas a exposição como um todo é praticamente um jardim. Acho que até já sei de onde James Cameron teve a inspiração para criar alguns dos cenários do filme Avatar.

Cenário Filme Avatar?!

Visitando a exposição, podemos conhecer um pouco mais sobre o artista. Uma das coisas que me chamaram muita atenção é o fato dele ter sido vítima de um acidente automobilístico em 1976 na Inglaterra, no qual perdeu a visão do olho esquerdo.  Três anos mais tarde, vítima de outro acidente, desta vez quando pegava um “jacaré” na praia, deslocou o ombro e com isso não pode mais trabalhar sozinho, visto que não conseguia segurar o tubo para soprar e dar forma ao vidro.

Persian Series

A partir desta fase, segundo o artista seu papel passou a ser muito mais de coreógrafo, do que dançarino, mais diretor que ator. Mas minha frase favorita em toda exposição foi a dele se referindo a obra Mille Fiore: “My Philosophy is: When one is good, a dozen is better”. Com qual  qual concordo plenamente.

Neodymium Reeds on Logs, obra feita na Finlândia

Galeria de Imagens:

Informações Úteis

Como Chegar:

Linha verde Metro/Tram (T) até a estação Museum of Fine Arts.

Horários de funcionamento:

Segundas e Terças 10:00 – 16:45

Quartas-Quintas e Sextas 10:00 – 21:45

 Finais de Semana 10:00 – 16:45

 

Endereço

Museum of Fine Arts Boston

465 Huntington Avenue

Boston, Massachusetts 02115-5523

 

Veja Também:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=lDtCArwQejI]

Video Oficial da Exposição

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=E9sfVbY1S_g]

Time Lapse da montagem da exposição

Vidro-Arte no Uma Malla pelo Mundo

Jardins botânicos em vidro por Dale Chihuly

Chihuly no Mfa no Bom Petisco nas Américas

Posts Relacionados:

 Chihuly Garden and Glass: A mais nova atração de Seattle

  Dale Chihuly: Redefinindo a arte da moldagem de peças em vidro – FotoBlog

Boston no MauOscar:

  Resumo da Série com as atrações turísticas de Boston

 Transporte público em Boston

 Freedom Trail em Boston – O caminho para a Independência

  Quincy Market em Boston  

 Kelleher Rose Garden – Uma surpresa no meio do caminho

 Uma visão 360º de Boston – A cidade vista de alto do Prudential Tower

 Chinatown em Boston

 Extreme Sailing Series em Boston

 Universidade de Harvard em Cambridge

 Salem, a capital mundial das Bruxas

Índice com todos os Posts do MauOscar

<= Clique na Logo

Siga o MauOscar.com também no:

No Comments
  1. Lucia Malla says

    Ai, essa escultura cor-de-lavanda nos troncos… é muito linda, viu! Amei tudo. E adorei o post, q me fez reviver essa exposição q curti tanto. Obrigada por me trazer um sorriso nostálgico-recente. 🙂

    1. MauOscar says

      Lúcia Malla

      Eu tenho que agradecer você por ter postado este Post que fez a gente colocar a visita no Mfa nos nossos planos em Boston 😀

  2. jenny says

    Simplesmente D-E-S-L-U-M-B-R-A-N-T-E.

    1. MauOscar says

      Inacreditável né?!

      Tudo isso ser feito de vidro… Adoraria ter umas peças do artista em casa..

  3. […] Dale Chihuly no Museu de Belas Artes de Boston […]

  4. ana claudia de pauli says

    Maravilhoso….ia amar. Adorei as fotos. bjs mil. Ana

    1. MauOscar says

      Ana

      Lindo ne?! Pena que custa uma fortuna…..

      Bjs

  5. […] Dale Chihuly no Museu de Belas Artes de Boston […]

  6. […] no teto do saguão do Hotel Bellagio em Las Vegas e nos apaixonamos de vez pelo trabalho dele numa exposição especial do artista no Museu de Belas Artes de Boston em 2011. Entrada do Chihuly Garden and […]

  7. jenny says

    Cada vez que passeio no seu blog acabo sempre voltando nest post. Vi e me apaixonei é realmente o máximo as cores e formas impactantes e surpreeendentes. Bjo

    1. MauOscar says

Leave A Reply

Your email address will not be published.