Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

Explorando Hollywood – Um encontro de Oscars

25

Nossa primeira parada em nossa segunda viagem à Califórnia foi em Los Angeles ou melhor Hollywood. Nesta primeira etapa da viagem ficamos hospedados no surpreendente Hotel Andaz West Hollywood. (veja o Review aqui).

Letreiro de Hollywood em Los Angeles

Logo depois que nos instalamos no hotel, seguimos de carro em direção à famosa Hollywood Boulevard. Demos bastante sorte e encontramos uma vaga para estacionar numa transversal da  mais famosa avenida do cinema norte-americano sem a necessidade de pagamento de parquimetro ou estacionamento.

Hollywood Boulevard – Rua da Calçada da Fama

Dali seguimos cerca de 1 e meia quadra até a famosa avenida que abriga alguns dos grandes teatros da época áurea do cinema americano. Entre eles o Grauman’s Chinese Theatre e ao Kodak Theatre, onde acontecem/aconteciam várias das premieres dos filmes de Hollywood assim como cerimônias de premiação do Oscar.

Chinese Theater em Hollywood – Sede do Oscar em 1944 – 46

É alí, na Hollywood Boulevard que está também localizada a famosa Calçada da Fama, local onde as celebridades deixam a marca dos seus pés ou mãos gravadas no concreto (Em frente ao Grauman’s Chinese Theater). Ou tem suas estrelas gravadas para a posteridade (Ao longo de grande parte da Hollywood Boulevard).

Sophia Loren, Marilyn Monroe entre outros na Calçada da Fama 

Tenho que dizer que fiquei um pouco desapontado com o Kodak Theater, teatro onde  acontece desde 2002 as cerimônias do Oscar. Além de muitos turistas e pessoas querendo ganhar algum trocado se fantasiando de alguns dos personagem que marcaram a história recente de Hollywood. Eu nunca inaginei que o Kodak Theather estivesse no meio de um “shopping popular”.

Kodak Theather – Sede da Cerimônia do Oscar desde 2002

Enfim esperava um pouco mais de “glamour”. Mesmo assim conhecer a região onde todos os artistas famosos dos filmes que costumamos assistir no cinema costumam frequentar pelo menos uma vez ao ano é uma experiência interessante. Mas o fato é que o local parece sofrer uma verdadeira transformação durante a época do evento. Red Carpet, limosines, e famosos fazem milagres.

Complexo do Kodak Theater

Mas enfim, por que Hollywood se transformou na Meca do Cinema mundial? Existem duas fortes razões que justificam o fato: o Clima do local e a Distância da cidade de Nova York.

Rua em Hollywood

Primeiramente o clima, o sol brilha durante o ano todo na região. Além disso a diversidade paisagística da região e da Califórnia como um todo. Reunindo num só lugar mar, montanha, florestas e deserto, fazendo com que o local seja um verdadeiro oásis para diretores/produtores de cinema adequarem seus roteiros nas mais variadas tramas.

Pessoal tentando descolar uma graninha com os turistas em Hollywood

Mas a verdadeira razão para o sucesso de Hollywood no passado, está relacionado à invenção do cinetoscópio, uma invenção do mesmo inventor da lâmpada, usado para a produção das primeiras películas cinematogáficas (posteriormente substituído pelo cinematógrafo dos irmãos Lumiére).

Museu da Cera em Hollywood

Diante do sucesso de sua invenção, Thomas Edison resolveu abrir uma empresa que começou a processar todas as pessoas que usavam o aparelho sem pagar pelos direitos de sua utilização (Royalties). Longe de Nova York, os profissionais do cinema podiam escapar deste controle.

Kodak Theater em Hollywood

O Oscar por sua vez, teve suas origens anos mais tarde na década de 30. Naquela época era extremamente comum atores, produtores, cenógrafos e diretores peregrinarem até Hollywood, considerada já naquela época a meca das produções de cinema.

Lateral do Kodak Theater, onde chegam as limosines

Diante da agitação e do desejo de apoiar a produção de obras de qualidade, em março de 1927, o presidente dos estúdios Metro-Goldwing-Mayer (MGM), Louis B. Mayer, e um grupo de 36 diretores e atores criaram a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood.

Hollywood Califórnia

Em 1929, a Academia decidiu criar um prêmio para escolher os vencedores nas categorias melhor filme, história, diretor, ator, atriz, fotografia e direção de arte. Os premiados levavam uma estatueta chamada The Academy Awards of Merit que, até hoje, é o nome oficial do Oscar. Ao longo de sua história várias categorias foram criadas, outras retiradas. Mas a mais importante delas continua sendo a de Melhor Filme.

Hollywood Boulevard em frete ao El Capitan

Quando pensamos no Oscar, logo nos vem à cabeça a estátueta dourada. O esboço do troféu foi concebido por Cedric Gibbons, diretor de arte da MGM, em um guardanapo de papel de uma boate em Los Angeles. Ele próprio receberia 11 estatuetas ao longo de sua carreira.

Caminho usado pelas celebridades durante o Oscar

A partir de 1945 cada estatueta passou a receber um número de série, para evitar falsificações. Mas a medida não inibiu os falsificadores, isso porque, de acordo com a lei, o Oscar pode ser copiado, já que as primeiras peças não tinham a inscrição copyright, que indica uma imagem protegida. Ou seja existem várias lojinhas vendendo estátuetas do Oscar ao longo da Hollywood Boulevard e suas transversais. Nós, além de não comprar nenhuma acabamos  esquecendo de tirar uma foto com elas. Afinal este foi um encontro de Oscars.

Réplicas do Oscar numa das lojinhas de Souvenirs da Hollywood Blvd

O custo de fabricação de cada uma (Original) é de algo em torno de 150 dólares. Os vencedores assumem o compromisso de nunca vendê-las, a não ser para a própria Academia e pelo preço simbólico de 10 dólares.

Calçada da Fama no Chinese Theater, onde astros deixam sua pegada

Ao longo dos anos o design da estatueta não mudou, porém, em algumas ocasiões, diferentes versões foram fabricadas. Em 1938 por exemplo, Walt Disney recebeu um Oscar especial pelo longa “Branca de Neve e Os Sete Anões”: uma estátua grande e sete pequenas.

Helen Mirren havia edixado sua marca 3 dias antes

Com a escassez de metais durante a segunda Guerra Mundial (1939- 1945), as estátuas do Oscar foram feitas com gesso; após o término dos conflitos, os vencedores puderam trocá-las pela versão original em ouro. O troféu mede 34 centímetros e pesa 3,850 quilos. É composto de 92,5% de estanho e 7,5% de cobre, folheado a ouro catorze quilates.

Pegadas de Hugh Jackman que apresentou o Oscar em 2009

A escolha dos melhores filmes do ano pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood é secreta, e o processo de seleção se divide em duas partes. Na primeira, os 6 mil  membros da instituição, que vão de atores e atrizes a maquiadores, escolhem cada um em sua área os cinco ou dez (dependendo do caso) melhores em sua opinião e lhes dão uma nota. A única exceção é a eleição do melhor filme, da qual todos os integrantes participam.

Até o Pato Donald deixou sua marca Registrada

Para uma produção concorrer, deve ter sido exibida nos Estados Unidos, para o público pagante, entre 1º de janeiro e 31 de dezembro do ano anterior.

Oscar na Calçada da Fama do Oscar

As cédulas de votação com as respostas e notas são enviadas pelo correio à empresa de auditoria Price Waterhouse. A apuração é feita por computador. Para determinar o número mínimo de votos para ser indicado aos prêmios, soma-se o total de cédulas recebidas e divide-se por seis.

Entrada do Chinese Theater

Aí começa a segunda fase. São realizadas sessões fechadas dos indicados em Londres, Los Angeles, Nova Iorque e São Francisco. Todos os membros assistem e então elegem os vencedores. Os nomes dos premiados, são então colocados em envelopes lacrados, os quais são abertos somente na noite de entrega do Oscar.

Bob Esponja em Hollywood

Até 1940, os jornais recebiam a lista de ganhadores antecipadamente e assumiam o compromisso de só divulgá-la no final da noite. Um ano antes, porém, o “Los Angeles Times” quebrou o acordo. A partir daí, a Academia decidiu manter segredo até a abertura dos envelopes lacrados.

Em frente ao Kodak Theater

A academia nunca sabe de quantas estatuetas precisará. Geralmente nas categorias técnicas existem várias pessoas envolvidas e toda a equipe é premiada. Para mais curiosidades em relação ao Oscar clique aqui .

Mau na Calçada da fama ao lado de Sophia Loren e Marilyn Monroe

Ainda durante nossa estada em hollywood, aproveitamos também para conhecer o famoso letreiro de Hollywood (símbolo de Los Angeles)  e os estúdios da Warner Bros. Além é claro de darmos um pulinho de carro em Beverly Hills, onde muitos dos famosos tem suas respectivas casas/mansões.

Letreiro de Hollywood

O letreiro de Hollywood foi construído na década de 1920 por H. J. Whitley o sinal divulgava originalmente Hollywoodland, uma propaganda para divulgar um novo loteamento residencial em Los Angeles. As letras “(LAND)” foram removidas em 1949, mas antes de 1939 o letreiro foi abandonado e se deteriorou, não sendo destruído por um triz.

MauOscar em Hollywood 

Em 1978, várias pessoas resolveram ajudar com doações totalizando US$ 250.000,00, que foram utilizados em sua restauração. O letreiro tem 9 m de altura e 15 m de largura, o que faz dele um dos maiores e mais conhecidos marcos do mundo. O sinal passou por bons e maus momentos em suas várias décadas de vida. Em 2002, o terreno de 55 hectares localizado no Cahuenga Peak foi posto à venda pelos administradores da herança de Howard Hughes, dono do local desde a década de 1940. Novamente artistas, diretores e pessoas comuns se uniram para salvar o simbolo de Hollywood.

Giesta Florescendo em Hollywood

Na Warner Bros é possivel conhecer alguns dos estúdios. Existem duas opções de tours o VIP Tour (48 USD por pessoa) com duração de 2h e 25 min, que explora como e onde foram criados alguns dos momentos mais memóravies do cinema americano. A segunda opção Deluxe Tour (225 USD por pessoa) com duração de 5 horas e inclui um almoço nas dependencias dos estúdios.

Famosa Caixa D’Agua da Warner Bros

Em Beverly Hills, apenas circulamos de carro e por conta própria.. Existem tours para as pessoas que curtem este tipo de coisa.. A única coisa que a gente sabia é que se a gente via os furgões sem teto parado na frente de alguma casa, isso significava que era a casa de algum famoso.

Estúdios da Warner Bros em Hollywood

Por curiosidade, procuramos pelo iphone o endereço de algumas destas mansões e colocamos alguns destes endereços que encontramos no GPS para ver como são as casas de algumas das celebridades em Beverly Hills. Tenho que dizer muitas destas casas são muito cafonas.. Sempre falo isso.. O americano tem um gosto meio duvidoso.. Em Beverly Hills e Las Vegas então….

Patolino na entrada da WB

Pernalonga na Warner Bros

Endereço:

Kodak Theather

6801 Hollywood Boulevard
Hollywood, CA 90028

 

Chinese Theater

6925 Hollywood Boulevard
Hollywood, CA 90028

Warner Bros Studios

3400 Riverside Dr
Burbank, CA 91500
 
 

FotoBlog Calçada da Fama

Calçada da Fama em Hollywood

Calçada da Fama

Famosos imortalizados na calçada da fama de Hollywood

Johnny Depp na Calçada da Fama de Hollywood

Meryl Streep na Calçada da Fama de Hollywood

Tom Hanks na Calçada da Fama de Hollywood

Penelope Cruz na Calçada da Fama (Inaugurada no dia seguinte)

Pica Pau na Calçada da Fama de Hollywood

Michael Jackson na Calçada da Fama de Hollywood

Hans Zimmer o Cara das trilhas sonoras de Hollywood

Steven Spielberg um dos maiores nomes da história de Hollywood

Posts Relacionados:

  Andaz West Hollywood – Hotel Review   

 Din Tai Fung nos Estados Unidos – cruzando o país por um restaurante 

 Explorando San Francisco na Califórnia

Índice com todos os Posts do MauOscar

<= Clique na Logo

Siga o MauOscar.com também no:

25 Comments
  1. carlos eduardo nascimento says

    muito legal este blog. bj. tio Du

    1. MauOscar says

      Legal tio Du 😀

  2. Jenny says

    Achei bem bacanao post mas o teatro da entrega do Oscar e simples e achava que era uma mega contruçao.

    1. MauOscar says

      Mãe

      Ele é grande, mas esperava algo mais glamuroso… Sei lá….

  3. caro!ina says

    olá meninos, estou planejando minhas férias de julho na california e pesquisando em vários blogs e sites fui naturalmente levada ao mauoscar, que já vi que é recheado de dicas!

    já li algumas coisas e pretendo ler todo o resto, mas queria uma opinião para fechar melhor meus planos, vou chegar em san francisco, passar 5 dias e os outros 8 (serão 13 dias de férias no total) gostaria de dividir entre a viagem de carro pela hw1 até los angeles (talvez estendendo até san diego). a questão é que gostaria de incluir algum parque nacional, mas não sei qual. olhando pelo mapa, yosemite parece um pouco fora de mão… o que vocês acham?

    como nosso voo de volta também sai de sf teremos que fazer a parte terrestre fechando o “círculo” de volta em sf…

    como vocês tem experiência em viagens de carro pela clifornia, incluindo todos os trechos que quero conhecer, pensei que talvez pudessem me aconselhar!

    obrigada!

    1. MauOscar says

      Olá Carolina

      Então, acho que o Yosemite está fora de cogitação caso você queira descer a Hgw 1 até Los Angeles / San Diego.. O Yosemite precisa de no minimo 3-4 dias para aproveitar bem.. E a viagem até lá são pelo menos 4 – 6 horas cada trecho em sentido oposto à Los Angeles
      5 Dias em San Francisco está mais do que o suficiente, dá até para ir para Napa – Sonoma Valley e pernoitar uma noite por lá..
      Bem não sei se você viu, mas fizemos um pequeno trecho da Hgw1 até Santa Cruz na altura da Baia de de Monterrey. Como eu queria muito conhecer as sequóias do litoral (existem 2 espécies na california) demos uma passada no Big Basin Redwoods State Park, que apresenta um dos maiores remanescentes desta tipologia florestal perto de San Francisco (Maior parte dela está ao Norte de San Francisco em direção ao Oregon).
      Como eu queria muiito conhecer o Yosemite tive que abrir mão da Hgw 1, mas queremos muito tentar voltar a california para fazer esta viagem pela Hgw 1 passando por Carmel by the Sea, Solvang e Big Sur que não chegamos a conhecer…
      Eu não sei qual é seu ritmo de viagem, San Diego é bem legal (Melhor que Los Angeles) mas depois para voltar até San Francisco são pelo menos uns 800 Km. Ou seja perde-se pelo menos um dia viajando..
      A Califórnia é D+ meu estado predileto nos EUA. Lá vale a pena viajar sussegado curtindo o visual… tome cuidado com o overplanning..

      Precisando alguma coisa estamos as ordens…

      Abraço e boa Viagem 😀

  4. caro!ina says

    super obrigada pela atenção! tinha até deixado um recadinho no twitter também!

    ok, deixarei yosemite para uma outra oportunidade, estava achando bem complicado mesmo… algum dia voltarei porque tenho muita curiosidade com las vegas, de repente tento fazer uma outra viagem meio maluca misturando as duas coisas!

    poxa, mas estou meio preocupada agora com essa volta à san francisco de carro… sabia que era longe, mas fiquei achando que talvez desse pegando uma rodovia mais express… mas entendi o que você está dizendo sobre overplanning. o problema é que fazer um esquema com o carro de devolver em outra cidade até pode funcionar, meu medo é pegar um voo doméstico, tipo um low cost, e ter aporrinhações com excesso de bagagem (no final da viagem acredito que vamos estar overplanned e overloaded!), entende? eu estava querendo evitar isso… tenho que pensar e discutir com o meu namorado (que será o motorista oficial dessa viagem, eu serei apenas a reserva).

    tinha entendido que vocês tinham feito a hw1 toda! acho que só li o início da viagem e não vi que pararam logo em danta cruz.

    mas, resumindo, você acha que dá tempo de dar essa passada que você deu e visitar esse o big basin?

    1. MauOscar says

      Entendo sim.. Realmente se vocês forem pegar um voo doméstico vão ter que pagar excesso de bagagem..
      Enfim, se eu fosse vocês faria o seguinte, fazia Napa Valley, San Francisco, Higway 1 ate Los Angeles…
      Voces vão ter tempo para curtir bastante, pois não esticando ate San Diego a viagem fica pelo menos uns 150 Km mais curta.. Nos estivemos no Big Basin numa tarde super tranquilo de visitar….
      O parque não é muito grande e fizemos algumas paradinhas para ver as arvores, acho que valeu à pena.. Mas fora as árvores e alguns riachinhos não se vê muito mais coisas..

      Abraço

  5. caro!ina says

    olá meninos! sou eu novamente.

    estou caminhando com meus planejamentos e montei um primeiro roteiro… queria a opinião de vocês sobre a divisão que estou fazendo para cada dia, se puderem!

    tenho uma amiga que mora em san diego e por isso estou achando que a parada lá será obrigatória!

    a princípio não estou pensando em napa valley, estou pensando que talvez santa ynez cumpra esse papel…

    vejam:

    01/07_saída do rio às 22:25
    02/07_chegada em san francisco às 12:08
    03/07_san francisco
    04/07_san francisco
    05/07_san francisco
    06/07_san francisco
    07/07_1º dia de road trip: san francisco – half moon bay – big basin redwoods state park – monterey – 17 miles drive – carmel
    08/07_2º dia de road trip: carmel – julia pfeiffer burns state park – cambria – san luis obispo – santa ynez – solvang
    09/07_3º dia de road trip: solvang – santa barbara – santa monica
    10/07_los angeles
    11/07_los angeles
    12/07_san diego
    13/07_san diego
    14/07_dúvida: ou volta terrestre para san francisco (viajando o dia todo pela I5) ou volta de avião lowcost (pagando excesso de bagagem)
    15/07_saída de san francisco às 13:10
    16/07_chegada no rio às 09:15

    podem dar todos os pitacos possíveis!

    1. MauOscar says

      Carolina

      Acho que esta bom sim… Só no dia que vocês forem para Carmel, vocês tem que sair cedo para aproveitar bem.. O problema de sair cedo é que muitas vezes o nevoeiro atrapalha o visual..
      Mas not a big deal.. no decorrer do dia o tempo melhora…
      San Diego é uma graça.. Gostei bem mais que LA…

      bj

  6. […] nossa segunda viagem à Califórnia, depois de visitar Hollywood, Beverly Hills e matar a saudade do Din Tai Fung resolvemos reservar o último dia da viagem na região de Los […]

  7. Lúcia Klem says

    Adorei o post. Muito legal ler sobre a história dos lugares/eventos. Fiz essa viagem em 2008 e tenho ótimas recordações. Visitamos também o observatório de LA, é muito legal e vale a visita.
    Bjos.

    1. MauOscar says

      Lúcia

      A Califórnia é o máximo né?! Adoraria morar lá por um tempo..
      Nós infelizmente não tivemos tempo de ir no Observatório… Todo mundo fala que é super legal… Quem sabe numa próxima…
      Bjs

  8. Lúcia Klem says

    Me metendo um pouco na conversa com a Carolina, sorry, não resisti.
    Carol, em manterey não deixe de conhecer o aquário, é encantador.
    Em 2008 fiz com meu marido uma super viagem pela Califórnia/Nevada/Arizona. Fizemos Los angeles – Las Vegas – bate e volte no gran canyon – subimos pelo deserto da califórnia ate mammoth lakes – yosemite – são Francisco (apaixonante) – descemos a hw1 ate LA de volta. – e pra finalizar ainda fizemos um bate volta ate pheonix pra assistir o primeiro show da turnê do Metallica. Foram 21 dias, 5mil km dirigidos e por incrível q pareça sem overplanning.

    1. MauOscar says

      Lúcia

      Pitacos sempre são bem vindos.. Essa viagem de vcs deve ter sido incrível… Sou louco para fazer uma viagem grande de carro pelos EUA.. O problema é a falta de tempo.. Mau não pode se ausentar por muito tempo do trabalho..
      Todo mundo que eu conheço fala bem do aquário de Monterrey.. Inclusive a Lúcia Malla que é expert no assunto super recomenda o local.. Esse aqui é o Post dela
      http://www.luciamalla.com/blog/2007/05/o-melhor-aquario-do-mundo.html

  9. caro!ina says

    pode se meter à vontade lúcia! a ideia é justamente essa!

    não ligo muito para aquários, museus de ciências, esse tipo de coisa (podem me bater!), mas como TODOS, sem exceção, recomendam esse aquário, acho que vou me arrepender se não for!

    como não temos muitos dias resolvi deixar las vegas para outro momento, e aí investir numa viagem com um tema “parques e desertos”, vou deixar a de agora para o tema “praias”, hehehe! até vou tirar essa passadinha em big basin redwoods…

    bjs!

    1. MauOscar says

      Carolina
      (
      Todo mundo fala tão bem desse aquario que certamente ele vale a visita.. o Big Basin Redwoods é legal.. Mas não é assim indispensável… No seu lugar certamente iria conhecer o aquario..
      *(Eu quis conhecer esta floresta por conta da minha formação..)

      Desculpe a demora em responder.. Mas este final de semana mudamos de casa / cidade e aos poucos que as coisas estão ficando em ordem…

      Bjs

  10. caro!ina says

    pois é oscar (deduzi que é você pelo comentário sobre o mau no post acima), já inclui o aquário e tirei o big basin! acho que foi melhor mesmo.

    agora estou matutando com o dia 8 e 9, talvez tenha que redividí-los… e também já resolvemos voltar de avião de san diego para san francisco mesmo, vamos ganhar mais um dia lá então. 🙂

    vocês não conhecem as vinículas de santa ynez, né? queria saber se poderíamos substituir napa valley por elas… em termos de passeios e paisagens, queria saber se são do mesmo nível que napa!

    muita vontade de um menu completo delicioso com muito vinho pra acompanhar!

    1. MauOscar says

      Carolina

      Infelizmente não chegamos a conhecer St. Ynez…

  11. angela says

    adorei e d+ isso famosos otimo quando eu creçer mais um pouco vou ir pra la

    1. MauOscar says

      Legal Angela…

      Eu achei legalzinho.. Mas esperava um pouco mais….

  12. Raquel Bell (@raquelbell) says

    Sabe estive apenas por 3 dias em LA e arredores + Muita chuva nos dias que estive, realmente não dei sorte na visita. E confesso que tb espera um pouco mais de glamour no teatro e tb na cidade. Acho que vou ter que voltar lá pra tirar minhas conclusões da cidade, pq sou contra a “primeira impressão é a que fica” haha
    Já Santa Mônica foi exatamente o que estava esperando!

    Bjo

    1. MauOscar says

      Raquel

      Pois é.. Quase todo mundo que eu conheço e que vai conhecer Hollywood se decepciona um pouco.. Santa Monica é mesmo o que eu esperava.. Tanto que o nome do meu post é Santa Monica a praia que é a cara da California..

      Bjs

      Btw, algum plano de vir para Delaware em Breve? De toda forma nos vemos em Ctba em Abril

  13. Maria says

    Olá, gostaria de saber onde é esse lugar com esse ótimo ângulo de visão do letreiro de Hollywood? Obrigada.

    1. MauOscar says

      Maria

      O letreiro de Hollywood pode ser visto de vários lugares.. O que você chega mais perto dele é o Hollywood Reservoir, uma vez chegando alí basta dirigir um pouco pela area para encontrar angulos interessantes para suas fotos.. De toda forma de uma espiada neste link http://gocalifornia.about.com/od/calamenu/ig/Griffith-Park-Los-Angeles/Hollywood-Sign.htm

Leave A Reply

Your email address will not be published.