Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

VnVNY2011 – Segundo dia – Um pouco da páscoa em Nova York

20

Depois de um dia intenso de atividades no primeiro dia da programação oficial do VnVNY2011. Eu, Diego, Lena, Paula, Riq e Nick começamos o segundo dia da ConVnVenção Nova Yorquina com um café da manhã reforçado no Murray’s, onde coincidentemente havia encontrado nosso comandante de viagens na manhã do dia anterior.

Bagel no Murray’s

Eu e o Diego, fomos os primeiros a chegar ao local. Pedi para ele fazer ir fazendo o meu pedido enquanto ia pegando nossas mesas. Como o Murray’s é bem pequenininho foi uma tarefa trabalhosa mas que no final deu certo. Cerca de 95% das pessoas que frequentam o local pegam seus Bagels e comem na rua ou levam para casa/trabalho.

Tulipas em Nova York

Logo em seguida chegaram o Riq e o Nick e na seqüência a Lena e a Paula. Depois de todos os pedidos feitos, sentamos todos na grande mesa do VnV para tomarmos nosso café da manhã Nova yorquino típico. (Infelizmente não tenhos fotos deste dia) Nos despedimos do Riq e do Nick que tinham outros planos e roteiros em vista e fomos passear.

Oscar, Lena e Paula na Doughnut Factory da 23th Street

Na hora da despedida, o Diego comentou sobre a recém inaugurada Doughnut Factory de Chelsea na rua 23. Foi aí que o Riq lembrou que, no Post que ele havia recém publicado falando sobre o Murray’s, a a Carla C comentava sobre a abertura desta filial da Doughnut Factory em Chelsea e que ainda recomendava o Doughnut de Creme Brulée.

Decoração na Doughnut Factory

Como, ainda não estavámos suficientemente satisfeitos depois de comer um bagel enorme cada um, lá fomos induzidos pela gula, para o matar o desejo compulsivo de doce. Ao chegar ao local, já gostamos da decoração. Super transada e temática. Desde as mesas em forma de Doughnuts, passando pela decoração da parede com almofadas que lembram doughnuts gigantes, até o formato do puxador da porta, um barato.

Detalhes na Doughnut Factory

Como quase todos os Doughnuts eram absolutamente lindos e tentadores, decidimos que pegaríamos 4 sabores diferentes e que compartilhariamos eles, assim cada um teria a chance de experimentar ¼  de Doughnut em 4 sabores diferentes.

Glazed Doughnuts

Os Doughnuts escolhidos foram: creme brulée, coco, chocolate belga e tradicional com recheio de baunilha. Todos deliciosos. O de creme brulée apesar de minúsculo era muito bom, com direito a casquinha de açúcar caramelizado e tudo mais. Mas o melhor de todos foi o de coco, recomendação do Diego, simplesmente divino.

Paula, Lena e Oscar na Doughnut Factory em Chelsea / NY

Depois de devidamente entupidos de comida, seguimos para nosso passeio pelo Chelsea / MeatPacking District. Infelizmente o Diego teve que voltar para casa por conta da reforma em casa. Então a partir deste momento passamos a ser apenas Eu, a Lena e a Paula.

Tulipas no Hudson Park

Seguimos então em direção ao Hudson River Park, onde vimos um belissímo canteiro de tulipas coloridas. Dalí seguimos em direção ao Chelsea Piers, onde existem reproduções de fotografias do início do século passado nesta região da cidade. Inclusive uma foto do Carpathia, embarcação que resgatou os sobreviventes do Naufrágio do Titanic. Por falar nisso o Titanic se não tivesse afundado 99 anos atrás em 15 de Abril de 1912, ele teria atracado no Pier 54 alí pertinho.

Fotos do início do Século em Chelsea Piers

Do Chelsea Pier, seguimos para um dos destinos mais badalados de Nova York na atualidade. O High Line Park, um dos mais novo parques urbanos de Nova York, que foi inaugurado  em junho de 2009 no que era uma antiga linha férrea elevada abandonada desde 1980.

Vista do Highline para o Chelsea Market

Por sinal a segunda etapa do projeto que irá extender o parque da 20th Street até a 30th Street está nos seus finalmentes. Muito em breve será possível sair de Meetpacking District até Hells Kitchen ou vice e versa através do elevado.

Paula, Lena e Oscar no Highline

O lugar é um barato, com uma série de bancos, espreguiçadeiras espalhadas pelo caminho. Entre as ruas 14 e 15  as espriguiçadeiras oferecem aos visitantes uma vista incrível para o Hudson River. Algumas delas deslizam de um lado para o outro sobre os antigos trilhos de trem. Um conceito super interessante.

Highline no Meatpacking District

O bacana do lugar é que além de utilizar recusos de design de primeira categoria, ele também lança mão de técnicas paisagisticas super modernas. E o que chama atenção ainda, pelo menos para mim, é o fato de os responsáveis pelo projeto não utilizarem espécies exóticas em todo o projeto do parque.

Meatpacking District – Parte que ainda não virou “chique”

Caminhamos até o final do parque na Ganselvoort Street em Meetpacking District, cerca de uma quadra da 12th Street. Dalí caminhamos ao Chelsea Market. Um mercado Gourmet que ocupa um prédio construído em 1890, pela National Biscuit Company, também conhecida como Nabisco (empresa que produz o Oreo (negresco dos EUA), entre outros).

Paula, Lena e Oscar no Chelsea Market

Após um século produzindo biscoitos, a planta foi desativada em 1990. O edifício foi então adquirido por um grande investidor e remodelado para abrigar o badalado mercado gourmet de Chelsea Market. Conservando-se seu aspecto histórico, o que dá literalmente o ar da graça ao local, a Lena ainda comentou que em São Paulo muitas antigas fábricas da cidade poderiam ser aproveitadas neste sentido.

Chelsea Market

O único problema destes lugares de “modinha” é que eles ficam  tão abarrotados de gente, principalmente nos finais de semana, feriados em que é quase impossível se aproveitar tudo aquilo que o mercado teria a oferecer.

Chelsea Market em Nova York

Assim que chegamos ao local a Paula e a Lena entraram na Antropologie, uma loja super descolada de roupas e coisas para casa que é a cara do Chelsea Market. Mas se tem algo que é a cara do mercado esse algo é o relógio situado em seu interior.

Cupcakes no Chelsea Market

Cupcakes de Aniversário

Depois caminhamos e fotografamos o local, entramos em algumas lojinhas e só não acabamos comendo nada por ali mesmo por conta das filas gigantescas.. Por sinal algumas lojinhas estavam vendendo coisas de páscoa super fofas.

Bolachas de Páscoa

Biscoitos de Páscoa no Chelsea Market

Passamos pela Loja da Apple em Chelsea para ver se haviam Ipad’s para compra e Iphone sem contrato, o primeiro esgotado e o segundo só vendido com contrato com a AT&T ou Verizon para 2 anos. Como estávamos morrendo de sede decidimos parar em algum lugar para beber alguma coisa.

Como não encontramos nenhum lugar bacaninha, resolvi ligar para o Diego e pedir uma sugestão.. Foi ai que dando nossa localização ele recomendou irmos ao Billy’s Bakery, localizado na 9th Ave entre as ruas 21 e 22. Já havia visitado o local com o Diego e Scott anteriormente, comemos Cup Cakes, que não estavam de todo mal.. Mas sei lá eu tenho certa implicância com eles.

Em frente ao Billy’s Bakery

Mas segunda sua recomendação, deveríamos experimentar uma fatia do Carrot Cake. Apesar de ser quase hora de almoçar acabamos comendo doce novamente. Por isso o título deste post. E tenho que dizer.. Acho que este foi o Bolo mais gostoso que já comi aqui nos EUA.

Billy’s Bakery –  Não tão famosa mas tão boa quanto a Magnolia Bakery

Seguimos então, de metro até a região da Times Square e de lá pegamos o ônibus até o Pier 83 onde trocamos os vouchers do passeio de barco por tickets de embarque.

Em frente a Biblioteca Pública de Nova York

Pegamos o ônibus CrossTown M 42  em direção a biblioteca pública de Nova York, onde demos uma volta para conhecer e onde aproveitei para fotografar. Dalí, subimos pela quinta avenida em direção ao Rockfeller Center.

Interior da Biblioteca Pública de NY

Por sinal, o canteiro central estava enfeitado para a páscoa com coelhos gigantes feitos com flores e plantas. E para nossa surpresa a pista de patinação no gelo ainda ativa.

Páscoa no Rockefeller Center

Demos uma entradinha na loja da Lego por ali, mas o local estava tão cheio que saímos rapidinho. Nosso objetivo principal era subir no Top of the Rock e poder contemplar uma das mais belas vistas de Nova York, mas como os ingressos vendidos eram para dalí cerca de 3 horas acabamos tendo que desistir.

 

Coelho no Rockefeller Center

Como já eram quase 4 horas da tarde e o jantar seria servido dali 5 horas apenas acabamos indo comer um Hamburger, que estava gostosinho no Bill’s Bar na base do  Rockefeller. O que estava bom mesmo foi o lugar que conseguimos para sentar (andar em NY cansa) De quebra, aproveitei para carregar o Iphone cuja bateria não dura mais nada.

Parada Técnica no Bill’s Burger

Como ainda tinhamos tempo, aproveitamos para dar um pulo no MoMa, depois da chatice de não deixarem entrar com a mochila da câmera fotográfica, tive duas opções:

1) Esperar um século para deixar na entrada do museu

2) Desmontar tudo e colocar na  bolsa da Paula.

Obviamente optei pela segunda opção.

Subimos até o último andar do Museu onde começãmos a visitar uma exposição sobre o Expressionismo Alemão, com direito a um audio guia. A exposição era meia boca, mas enfim..

Expressionismo Alemão no MoMa

Quando percebemos já era praticamente hora de ir embora. Ainda passamos por outras obras conhecidas como as Les Demoiselles d’Avignone fomos embora. Por sinal o museu estava tão cheio que mal era possível se mexer lá dentro.

Les Demoiselles d’Avignon

Todo este movimento é fruto do patrocínio do Target ao Museu na qual a partir das 16:00 até as 20:00 todas as sextas feiras a admissão é gratuita. Não preciso falar que lota.

MoMa lotadissimo na Sexta-Feira final da tarde

Saímos meio que na correia do museu por volta das 18:00 e acabamos pegando um táxi até o pier 83 no final da Rua 42 W de onde partiria o 2 Hours Harbour Lights Cruise. Antes disso, ainda aproveitei para passar no banco para sacar um pouco de dinheiro.Ana Maria e Carmem no píer

Foto “emprestada”do VnV – Ana e Carmem

Quando chegamos ao Pier encontramos do lado de fora o Riq, Nick, Ana e Carmem aguardando os últimos retardatários que não haviam trocado seus vouchers pelo ticket de embarque. Só que aconteceu um pequeno probleminha que é uma história que vai ficar para o próximo Post.

Endereços:

Murray’s

8th Ave. entre  as ruas 22 e 23
 
 

Doughnut Factory

23Street Entre 8th Ave. e 7th Ave.

Billy’s Bakery

9th Ave. entre as ruas 21 e 22

Chelsea Market

9th Ave. entre as ruas 15 e 16

 

Bill’s  Bar

51Street Entre 5th e 6th Ave.

 

MoMa

53Street Entre 5th e 6th Ave.

Biblioteca Pública de NY

5th Ave. entre ruas 39 e 40 
 
 

Posts Relacionados

 VnVNY2011 – Minha Primeira ConVnVenção de Verdade – Relato Dia 1 
 
  Mini ConVnVenção Delaware – A Primeira da história 
 
 Passeio de Barco ao Redor de Manhattan Nova York

Índice com todos os Posts do MauOscar

<= Clique na Logo

Siga o MauOscar.com também no:

 

 

 

20 Comments
  1. Morrendo de inveja porque vc aproveitou muito com a @lenamaxi. #prontofalei 🙂

    1. MauOscar says

      Cláudia
      Uma pena mesmo que você não ficou pelo menos mais um dia como eu.. A Lena já é um amor virtualmente.. Pessoalmente então não tenho nem palavras para descrever…
      😀

  2. Paula Bicudo says

    Posso falar? Também implico com cupcakes. Não são muito minha praia não. Mas o passeio de vocês foi absolutamente fantástico!
    Eu amo a Biblioteca. Acho-a linda e me sinto num cenário de um dos mil filmes com cenas rodadas ali.

    1. MauOscar says

      Paula

      Eba.. então não sou o único 😀 Ouvi falar muito de você, espero que em breve tenhamos a oportunidade de nos conhecer em outra ConVnVenção por este mundo..
      Bj

  3. jenny says

    O maximo este passeio e estou com agua na boca com estes docinhos… hummmmmmmmmmm que delicia!

    1. MauOscar says

      Jenny (Mãe)

      O Passeio foi excelente.. A companhia ainda melhor… As comidinhas estavam deliciosas mesmo…
      Bjs

  4. […] Como contei no Post anterior, o segundo dia da programação do VnVNY2011 para mim começou com um café da manhã reforçado bem Nova Yorkino lá no Murray’s e Doughnut’s da Doughnut Factory. Depois passei o dia todo com as queridíssimas Lena e Paula. […]

  5. […] Como contei no Post anterior, o segundo dia da programação do VnVNY2011 para mim começou com um café da manhã reforçado bem Nova Yorkino lá no Murray’s e Doughnut’s da Doughnut Factory. Depois passei o dia todo com as queridíssimas Lena e Paula. […]

  6. Lena says

    Ô MELDEUSSSS!!!
    Li os posts no domingo , mas não tinha lido os comentários! Já estava me sentindo uma starlet por estar tãão presente nos posts; agora a Cláudia vem com essa? Vou estourar!! 😆 Aliás, já tinha comentado no post anterior (acho que vou ter que escrever tudo de novo, porque o comment sumiu 🙁 ) que fiquei morrendo de inveja do passeio de vocês dois na véspera! #prontofalei também!!

    Aiaiai… Quer saber: acho que vou votar por outra ConVnVção em NY e neste ano!! :mrgreen:

    1. MauOscar says

      Lena

      Olha, independentemente de onde for a do ano que vem eu quero ir novamente… Espero que seja possível…
      Bjs

  7. Luciana Betenson says

    Ficou demais este post, agora que eu vi!! Amei o seu roteiro de segundo dia de NY 🙂

    1. MauOscar says

      Lu
      Obrigado, bom saber que você gostou e obrigado por citar ele no seu Posts recheado de delícias Nova Yorkinas 😀

  8. […]  VnVNY2011  – Um pouco da páscoa em Nova York […]

  9. […]  VnVNY2011  – Um pouco da páscoa em Nova York […]

  10. […]  VnVNY2011  – Um pouco da páscoa em Nova York […]

  11. […] tempo: o @riqfreire viajando na viagem também andou por ali e o @mauoscar idem. Dêem um pulo lá para continuar este […]

  12. helcio says

    Murray’s… estive lá em fevereiro último e tambem recomendo, ótima comida
    High Line ainda nao fui depois da expansão, tá na agenda pra retornar.

    1. MauOscar says

      Helcio

      A segunda etapa do Highline ficou muito legal.. Agora dá para pegar os Bagels do Murrays e subir na para comer na Highline na 23…
      Abraço

  13. Flora says

    Oscar
    Nosso café da manhã de ontem foi completamente baseado nestas suas dicas: Murray’s e Doughnuts Plant. Eu e minha filha adoramos. Dica aprovadíssima.
    O único problema para mulheres é que é pertinho da Macy’s e passamos a manhã toda lá. Estamos de saida para Jackson Holo agora.
    Obrigada pela dica.

    1. MauOscar says

      Flora

      Que delícia..No final de semana que estivemos na exposição do Monet, fizemos o mesmo programa…
      Aproveitem bastante a viagem..

      Bjs

Leave A Reply

Your email address will not be published.