Museu Rodin em Philadelphia

Até bem pouco tempo atrás, Philadelphia não era assim digamos uma cidade que gostávamos muito. Apesar de sua proximidade com Delaware, nossas primeiras impressões com a cidade não foram das melhores. Provavelmente fruto dos dias cinzentos e frios do inverno em nossas primeiras visitas, ou ainda do ar de ex-cidade industrial que de uma hora para a outra viu suas fábricas migrarem para o oriente, ou quem sabe ainda pela simples dificuldade de conseguir um lugar para estacionar em pleno final de semana.

Chegando em Philadelphia

Mesmo assim, pelo fato de estar tão próximo de Delaware, vira e mexe acabamos dando um pulinho num final de semana ou outro até lá. Nem que seja para apenas para irmos na churrascaria e mercadinho brasileiro ou para fazer algumas compras no IKEA (o primeiro dos EUA). Mas aos poucos, depois de várias visitas à cidade estamos passando a gostar mais e mais de Philadelphia.

Entrada Museu Rodin de Philadelphia

Foi assim, que num destes finais de semana acabamos conhecendo o Museu Rodin. Museu Rodin em Philadelphia?! Como assim?? Bem nós também não sabimos, mas a verdade é que Philadelphia tem o maior acervo de obras de Rodin localizado fora de Paris. Para quem não se lembra, Auguste Rodin foi aquele famoso escultor francês, que entre várias outras obras famosas esculpiu o pensador.

O Pensador na entrada do Museu

A história do Museu Rodin na cidade é diretamente ligada ao filantropo e magnata do cinema Jules Mastbaum (1872–1926), um milionário residente em Philadelphia que passou parte se sua vida colecionando obras e cópias originais de Auguste Rodin e a partir de 1923, com o principal intuito de para enriquecer a vida cultural de seus concidadãos, resolveu criar um museu para alocar sua coleção.

Pensador de Rodin em Philadelphia

Sua coleção começou com a aquisição de estátuas feitas de bronze. Mas não parou por ai, com o tempo ele acabou comprando também peças em gesso bem como desenhos, gravuras, cartazes, livros ligados ao escultor. E assim, na época de sua morte, três anos mais tarde em 1926, Mastbaum tinha reunido a maior e mais completa coleção sobre a vida e obra de Rodin fora de Paris.

Obra de Rodin em Philly

Em vida, Mastbaum ainda encomendou a contrução do museu e um jardim para colocar as obras, um trabalho que ficou a cargo de Paul Cret e Jacques Greber, dois grandes arquitetos neoclássicos franceses.

Interior Museu Rodin de Philadelphia

Sua proposta para a construção e manutenção do Museu Rodin foi formalmente aceita pela prefeitura da cidade e pelos curadores do Fairmount Park em 12 de maio de 1926. Infelizmente, Mastbaum faleceu repentinamente meses mais tarde em 07 dezembro de 1926, antes mesmo de a construção do museu começar.

Burgueses de Calais de Rodin

 Sua viúva, Etta Wedell Mastbaum, fez o sonho de seu marido se tornar realidade através da conclusão do edifício e posterior transferência da coleção para a Cidade de  Philadelphia, com a a condição de o Município assumir a responsabilidade pela sua manutenção em carater definitivo.

 

O Museu Rodin de Philadelphia, abriu então ao público em 29 de Novembro de 1929. E contou com a presença de, dentre outras, Paul Claudel, o embaixador da França para os Estados Unidos e irmão de Camille Claudel, a qual fora amante de Rodin.

Escultura de Auguste Rodin

Desde então abriga 124 esculturas do artista. Entre elas uma das 3 réplicas originais de sua obra prima mais famosa em bronze: The Gates of Hell (A Porta do inferno).A qual ele trabalhou entre 1880 até sua morte em 1917, e é composta por cerca de 180 figuras e que contem miniaturas de obras célebres do escultor como O pensador, O Beijo e as Três sombras.

Porta do Inferno de Rodin

 Falando no O Pensador, uma das esculturas mais famosas do mundo. Ela é que dá as boas vindas ao visitante que chega ao museu pela belíssima Benjamin Franklyn Parkway. Este  Pensador de Philadelphia é uma das outras cerca 20 esculturas moldadas usando-se o molde original espalhadas pelo mundo. A primeira e original está no Museu Rodin em Paris na França.

Rodin

 Entre outras peças relevantes do acervo do museu em Philadelphia encontramos: Os Burgueses de Calais, uma das obras mais famosas do artista que retrata a guerra dos 100 anos entre França Inglaterra, quando a cidade de Calais foi tomada pelos ingleses. Considerada uma verdadeira obra prima do escultor graças ao seu tributo heróico e importância histórica.

Burgueses de Calais

Além de uma série de outras esculturas e bustos, algumas delas retratando importantes personagens franceses, como Victor Hugo, Alphonse Legros e Joana D’arc.

Busto de Barbey d’Aurevilly

Além disso, encontramos ainda o gesso original de a Eterna Primavera (1884), que Rodin apresentou ao escritor Robert Louis Stevenson em 1885, uma das obras mais bonitas da exposição. E que foi um dos vários trabalhos importantes adicionados posteriormente à coleção. Como é o caso de o Atleta (1901-1904), um presente póstumo de Samuel Stockton White III, amigo pessoal de Mastbaum ao museu e a coleção de Philadelphia.

O Beijo de Rodin

Então quando visitar Philadelphia, aproveite para conhecer também este museu.

Endereço:

Rodin Museum of Philadelphia

Benjamin Franklin Parkway at 22nd Street

Philadelphia

Informações Úteis:

O Museu funciona de Terça à Domingo das 10:00 às 17:00

Fecha as Segundas e Feriados

A entrada é gratuita, porém é sugerido uma contribuição mínima de 5 USD

Posts Relacionados:

 Philadelphia por Rocky

 Reading Terminal Market “O melhor de Philadelphia”


Ruinas  Eastern State Penitentiary A Primeira Penitenciária do Mundo – Eastern State Penitentiary Philadelphia

Índice com todos os Posts do MauOscar

<= Clique na Logo

Siga o MauOscar.com também no:

 

Tags: , , , , , , ,

No Responses to “Museu Rodin em Philadelphia”

  1. 28/02/2011 at 9:14 am #

    Ñ conhecia este museu, até que vc me comentou. Adorei o post.
    beijos

    • MauOscar
      01/03/2011 at 3:29 pm #

      Para dizer a verdade eu também não conhecia até começar a pesquisar sobre o que fazer em Philadelphia..

      Bjs

Trackbacks/Pingbacks

  1. Philadelphia usando transporte público « MauOscar - 27/04/2011

    […] grande parte dos mais populares destinos de Philadelfia,incluindo a zona histórica, a área do museu de arte, o jardim zoológico no Fairmount Park, o Please Touch Museum e muito […]

  2. Atrações em Philadelphia e região – Um Giro pela cidade com o Viaje na Viagem « MauOscar - 30/04/2011

    […] Pelo caminho passamos por contruções imponentes como o Franklin Institute, Academia de Ciências Naturais da Pennsylvania, a Biblioteca pública e a catedral de São Pedro e São Paulo. Estacionamos numa transversal da Benjamin Franklin Parkway, quase na porta do Museu Rodin. […]

Leave a Reply