Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

Black Friday – O dia das grandes promoções nos EUA

26

Se as pessoas já acham os preços e as liquidações dos EUA irresistíveis, então imagine um dia do ano em que acontecem as maiores liquidações do país. Esta é a Black Friday que acontece em toda quarta sexta-feira do mês de Novembro no dia seguinte ao Dia Nacional de Ação de Graças ou Thanksgiving aqui nos Estados Unidos.

Liquidação de Black Friday em Los Angeles

Como esta foi a nossa última Black Friday nesta temporada nos EUA, decidimos que deveríamos aproveitar ela ao máximo. Ou seja, fomos dormir cedo e colocamos o despertador para funcionar. As 03:40 da manhã já estávamos prontos para nossa última aventura pela Black Friday.

Promoção  de Black Friday na Toy R Us na Times Square em NY

Pode parecer loucura, mas boa parte das grandes lojas de departamentos como a Macys, JC Penney, Boscovs, Sears entre tantas outras, abrem suas portas às 4 ou 5 da matina. Outras como o WalMart e Target vão ainda além e ficam abertas desde o dia anterior.

Sacola JC Penney em Ohio

Este ano, no dia de Thanksgiving, recebemos juntamente com nosso jornal nada mais nada menos do que 44 encartes de diferentes lojas anunciando alguns do seus produtos em promoção para a Black Friday do dia seguinte. Um calhamaço de papel gigantesco o equivalente a praticamente uns 5-6 jornais em finais de semana normais recheados de ofertas.

Mulheres checando os coupons do jornal na fila da Black Friday

Os artigos realmente em conta e que atraem multidões são chamados de “Door Busters”. Estes artigos geralmente acabam nos primeiros 20-40 minutos da abertura da loja. Este ano chegaram a vender batedeiras, ferros de passar roupa, abridores elétricos de latas, torradeiras por CINCO Dólares. Isso mesmo 5 Dólares. Obviamente nunca havíamos ouvido falar nesta marca. Mas onde no mundo que você pensou em ver um produto como este, sendo vendido a este preço.

Pessoal correndo na abertura da Loja da Target no Colorado

Para nossa felicidade a televisão de LED da Samsung de 55” que “namorávamos” desde os tempos de Cingapura estava com o menor preço de todos os tempos, 1000 USD de desconto tanto na Best Buy, como na HH Greg. Para ajudar descobrimos que sendo clientes Premier Silver da Best Buy poderíamos comprar pela Internet sem a necessidade de enfrentar qualquer uma daquelas filas absurdas de Black Friday e com retirada no dia seguinte.

Pagamento de compra com Cartão de Crédito em mais de 70% das transações

Nossa felicidade, logo se transformaria em tristeza quando descobrimos que as TVs da Samsumg vendidas nos EUA não são Bivolt só funcionam com o sistema ATSC de sinal digital. Isso significa que uma TV comprada aqui nos EUA se transformaria num grande problema em outro país, caso nosso próximo destino seja um país da Europa por exemplo, onde a voltagem é 210-230V e o sinal digital do tipo DVB. O mesmo problema encontraríamos mesmo se mudassemos para o Brasil que utiliza as duas voltagens dependendo da região e tem ainda um outro tipo de sinal, o ISBD.

Homem que não conseguiu a TV que queria tentanto levar a do mostruário

Além disso, foi uma enorme dificuldade encontrar informações técnicas da TV sobre voltagem e diferentes zonas, (principalmente na época de Black Friday) somente depois que entramos em um Chat com o suporte especializado da Samsumg foi que descobrimos que as TVs vendidas aqui nos EUA são  todas apenas 110V. Isso não seria problema que um Conversor de energia não solucionasse, mas o fato de funcionar apenas em ATSC fez com que desistissemos da compra.

Pessoal aproveitando os Door Busters da Target

Se tivessemos comprado a mesma TV em Cingapura ela funcionaria tanto nos EUA como na Europa e até mesmo no Brasil como faz nossa TV LCD Viera da Panasonic que compramos lá. Infelizmente a cerca de 1 ano e meio atrás quando morávamos em Cingapura a tecnologia LED era novidade e seus preços proibitivos. Enfim até neste aspecto Cingapura é melhor para os Expatriados.

Black Friday vende TV’s como água

Mesmo chateados em não poder comprar a TV e aproveitar este super desconto, fomos aproveitar nosso último Black Friday. Tenho que dizer que a sensação de acordar de madrugada e ver as ruas repletas de carros e pessoas indo às compras é algo muito estranho e até um pouco assustador. Mas só você estando aqui e vivenciando na pele é que você compreende o que estou falando.

Pessoal de Mala e Cuia aguradando a abertura da loja na Black Friday

Nossa primeira parada foi no Concord Mall, o segundo maior Shopping Center de Delaware. Lá apesar de ser 4 da manha, cair uma garoa fina e a temperatura não passar dos 5C  o estacionamento estava quase lotado. Ainda sim conseguimos um bom lugar para estacionar. Entramos pela loja da Boscovs onde fomos recebidos pelo Papai Noel em pessoa e dele ganhamos uma senha sem perguntar nada.

Mulheres Felizes da vida com as compras de Black Friday em DC

Como queríamos ir na Macys, acabamos devolvendo a tal senha que distribuia 15 USD em Gift Cards entre as primeiras 400 pessoas que chegavam na loja.  Na Macys fizemos nossas primeiras compras, e onde além dos descontos de Black Friday ainda utilizamos coupons de outros 15% adicionais ou 10 USD de desconto para cada 25 ou + USD gastos.

Compras durante a Black Friday em Maryland

Depois ainda passamos na Sears, na Boscovs e várias outras lojas do Mall que a este momento estava abarrotado de gente. Lá pelas 05:30 da manhã decidimos pegar o carro e seguir em direção ao Target, Best Buy e HH Greg.

Quem disse que só as mulheres se acabam nas compras na Black Friday

Apesar de os resultados preliminares apontarem que as vendas da Black Friday foram cerca de 2-3% melhores do que o ano passado tivemos a impressão de as lojas estarem bem mais vazias. O Target por exemplo no ano passado, tinha uma fila para pagar que dava 1 volta e meia dentro da loja. Este ano a fila não era muito maior do que aquela de um supermercado na véspera de Natal no Brasil.

Casal Carregando o porta mala na Black Friday

Na HH Greg consegui fotografar com o Iphone a seção de Laptops totalmente sem nínguem. Até mesmo a Best Buy que em 2009 tinha uma fila que dava volta no prédio para entrar estava tranquila. A única explicação para isso é o fato de as compras online terem crescido 15.9% comparado com 2009 e a insistente garoa fina que espantou o pessoal das filas.

Fila para pagar numa Target durante Black Friday 2010

Ainda demos uma passadinha na Christmas Tree e na Michels onde compramos algumas coisinhas de Natal de última hora utilizando coupons que vieram com o jornal com outros 20-30% de desconto adicional.

Voltamos ao Concord Mall para irmos até a loja da Hollister que estava com 30% de desconto sobre todos os produtos, mas com a fila do caixa estava literalmente saindo para fora da loja acabamos desistindo.

Pessoal literalmente acampando para conseguir os melhores Door Busters

Partimos, então por volta das 08:30 da manha, para a última parte de nossa peregrinação de Black Friday. Fomos até o Christiana Mall em Newark, o maior shopping center de Delaware, onde aproveitamos para fazer mais algumas compras.

Neste ano fizemos o mesmo roteiro do ano passado. Em 2009 quando chegamos lá, pegamos um congestionamento razoável para estacionar. Este ano, por sua vez, estava bem mais tranquilo(Graças a Deus). Mesmo que tenham inaugurado uma Loja do Target e da Nordstrom que ocuparam uma parte do que era estacionamento no ano anterior.

Mulher aguardando na fila para pagar da Best Buy

A Loja da Abercrombie, estava bem cheia mas os descontos não muito atrativos. A este ponto os “Door Busters” já haviam acabado restanto apenas o tamanho XS e XXL. E a promoção de Black Friday deles era a cada 100 USD gastos você recebia 50 USD de gift card. Mas com artigos em preço normal realmente não valia à pena. No final da estação os descontos são muito melhores.

Fila na Loja da Abercrombie na 5th Av é normal mesmo em dias comuns 

Enfim, moral da história. Depois que voltamos para casa fizemos a contabilidade dos gastos. Em 2009 a economia em relação aos preços antes dos descontos e coupons de Black Friday foi de 52%. Em 2010 este percentual  foi de “apenas”44%.

Contando dinheiro para pagamento da compra de Black Friday

Vale à pena ainda lembrar que na segunda-feira pós Black Friday acontece a Cyber Monday. Especialmente para aqueles não satisfeitos com suas compras do fim de semana do feriado de Thanksging. Ano passado depois da Black Friday, os sites de vendas online estenderam suas ofertas até Segunda Feira e fizeram o volume de compras online aumentar em 43%. Nada menos que 4,3 milhões de acessos por minuto aos sites de compra online.

Best Buy

Você já vivenciou a Black Friday nos Estados Unidos? Conte como foi a experiência para vocês? Para quem ainda não viveu esta aventura onde você iria em primeiro lugar?

Até as pobres crianças acordam de madrugada na Black Friday

Algumas lojas na Black Friday em Delaware:

Ashley Furniture
Babies R Us
Bass Pro Shops
BestBuy
Costco
CVS
Dicks Sporting Goods
Gap Outlets
HHgregg
Home Depot
JCPenney
Kmart
Kohls
Lowe’s
Macy’s
Michaels
OfficeMax
OldNavy
Sam’s Club
Sears
Sports Authority
Staples
Target
Toys R Us
Walgreens
Walmart

Veja Também:

Post sobre a Black Friday 2010 no Aprendiz de Viajante

Post sobre o Buy Nothing Day  no Coisa Parecida da Glenda Dimuro

Video Black Friday 2010 em Delaware

Homem fazendo seu Protesto contra o Consumismo Desenfreado na Black Friday 2010

Posts Relacionados:

  Curiosidades sobre o Thanksgiving nos EUA

 Nosso primeiro Thanksgiving nos EUA

 Abóboras e o Halloween nos Estados Unidos 

  Nosso Halloweeen – Fazendo a Lanterna de Halloween 

  Fotos não assinadas by GettyImages

 

Índice com todos os Posts do MauOscar

<= Clique na Logo

Siga o MauOscar.com também no:

26 Comments
  1. […] Enfim um Happy Thanksgiving para todos nós.. E Amanhã é dia de acordar bem cedo para aproveitar a Black Friday. […]

  2. Carina-Senzatia says

    Um super manual do Black Friday! Se um dia eu vivenciar esta experiencia, vou seguir direitinho teus 10 mandamentos! 🙂
    Beijos!

    1. Mauoscar says

      Carina… Tenho certeza que vamos sentir um pouco de falta da Black-Friday ano que vem… Apesar de achar pessoalmente que muitas vezes o apelo ao consumismo seja bem além do necessário.. Mas não existe sensação melhor que conseguir algo com um super desconto 😀
      Bjos e obrigado pela visitinha 😀

  3. […] This post was mentioned on Twitter by Carolina Rodrigues, Clarissa Comim and entretulipas, MauOscar. MauOscar said: Como foi a nossa Black Friday – O dia das grandes promoções nos EUA => http://500s.tv/0HEKW #outros500 […]

  4. glendadimuro says

    Bom, pelo meu post sobre o BY Nothing day dá ter uma idéia sobre o que eu acho disso tudo. Talvez, se estivesse ai pela primeira vez, até sairia às ruas para vivenciar esse atividade deste o ponto de vista sociológico do consumismo…hohohoh…tirar fotos e era isso. odeio loja cheia e gente desesperada por comprar! E quem sabe, se realmente estivesse namorando algum produto há tempos ou precisasse de alguma coisa para a minha casa, eu até aproveitaria dos descontos. No mais, acho que o pessoal compra simplesmente por comprar… e isso estou riscando do meu caderininho (a duras penas, claro… pq um dia tb fui super consumista…hahahaha). beijão pra vcs!

    1. Mauoscar says

      Oi Glenda…

      Pelo seu post eu já puder perceber que você definitivamente não era uma pessoa que acordaria tão cedo para uma Black Fiday.. Mas como achei legal seu Post achei legal mencionar para que as pessoas também vejam o outro lado da moeda e mesmo de uma maneira tímida reflita um pouco sobre o consumismo exagerado.. Para te dizer a verdade a gente foi mesmo para curtir, apesar que umas comprinhas também não faz mal a ninguem… Mas se tem fila e precisa esperar ou ficar amontoado com um monte de gente a gente cai fora rapidinho… Este ano acabei não levando a máquina.. Ano passado as pessoas não pareciam muito felizes sendo fotografadas… E como so estava com a SLR em casa e ela é muito trambolhuda acabei não tirando fotos.. Mas encontrei algumas pelo getty images 😀
      Bjs e obrigado pela visitinha

  5. karol says

    Ah é uma loucura essa Black Fiday!! Meu marido aproveitou por mim já que estou no Brasil. Pena que a tv que vocês tanto namoraram não era a mais adequada. E que bom que vc conseguiram fazer outras comprinhas. Beijos

    1. Mauoscar says

      Karol…

      Voce perdeu a Black Friday?! Como a Glenda comentou é uma experiencia antropologica 😀
      Vale a pena fazer uma vez na vida e uma para se despedir antes de ir embora dos EUA
      Bjs

  6. arrasou no post!!!! Sabe que eu nunca acordei tão cedo para pegar os doorsbusters??? Acho que é porque fico pensando, tem sempre o ano que vem.. hehehe
    Mas já peguei ótimas promoções, as 10 da manhã! 🙂

  7. Mauoscar says

    Oi Cláudia

    Obrigado pelo elogio 😀 A gente pegou alguns ótimos Door Busters ano passado… Esse ano nada muito excepcional não.. A gente so acordou cedo dessa forma pq essa era nossa última Black Friday mesmo..

    Bjs

  8. L. says

    Perfeito!!!!!
    Didatico, atrativo e bem ilustrado, o artigo atrai a atemcao ate de pessoas qie, como eu, sabem que nao terao a oportunudade de estar presentes na epoca. Parabens!!!!

    1. MauOscar says

      L.

      Obrigado pelo elogio… A Black Friday e uma loucura, mas e divertido…
      Abraco

  9. BlackFriday says

    O black Friday é uma época muito boa pra comprar. Já tive sorte algumas vezes e consegui um desconto bem legal em uma TV. Agora que ele está no Brasil fica muito bom pra aproveitar tmb.. Ano passado o Busca Descontos Trouxe o Black Friday pra cá. E esse ano promete, principalmente no ecommerce.

  10. Simone says

    loucura loucura! com certeza os preços e descontos devem ser ótimos, mas me assusta um pouco (ou bastante) esse “frenesi” dos americanos por compra e consumo, é realmente algo assustador, e TODO o comercio é voltado para o incentivo disso ainda mais. Não basta comprar, eles precisam garantir que vc retorne e compre de novo, lhe dando um cupom ou algo parecido… Bom para economia do bolso, mas conflitante para a sociedade em alguns aspectos… Me assustei demais em NY com isso, pois não sou de consumir demais, e muito menos viajar para comprar (mas abrimos exceção para coisas baby, mas para a gente mesmo foi quase nada).

    1. MauOscar says

      Simone

      Isso é verdade se você for parar para pensar é um sistema totalmente não sustentável.. Seja ele visto do aspecto ecológico, passando pelo social e até mesmo econômico.. Com a desindustrialização dos EUA hoje são poucas as coisas produzidas aqui.. Hoje a China além de produzir quase tudo financia boa parte deste consumo.. A pergunta agora é .. Até quando isso vai continuar assim.. E é triste observar que no Brasil estamos começando a seguir para o mesmo buraco..
      Obrigado pela visita

      Bjs

  11. […] quem nunca ouviu falar, a Black Friday é o maior evento de descontos do comércio varejista dos EUA. Ela acontece todos os anos na sexta-feira após o feriado do dia nacional de ação de graças […]

  12. Felipe Rogério says

    A se eu estivesse ai !!!
    =)

    1. MauOscar says

      Felipe Rogério

      Pode deixar que aproveito por você 😛
      Obrigado pela visita

      Abraço

  13. […] quiser aproveitar a cidade mesmo, também é possível! Se eu consegui, você consegue! No blog do MauOscar, aliás, tem todos os detalhes e dicas técnicas para encarar esse dia (veja aqui) mas aqui vou dar […]

  14. claudio de luna says

    Qual o melhor estado americano para aproveitar o black friday… este ano eu vou…

    1. MauOscar says

      Cláudio

      Essa é uma pergunta bastante genérica e difícil de ser respondida.. De uma forma geral recomendo tentar fugir das cidades mais turísticas, pois além dos moradores locais, você ainda irá enfrentar a “concorrência” dos turistas..
      Mas tudo isso vai depender principalmente dos produtos que você pretende comprar, seus planos de viagem nos EUA além da Black Friday entre várias outras variáveis..
      Se estiver entre NY e DC Delaware pode ser uma opção interessante por não ter o Sales Tax em qualquer tipo de produto

      Abraço

  15. Black Friday nos EUA says

    Não fazia ideia de que algumas lojas abriam cerca de 4 ou 5 de manhã, estou chocado!

    Eu sempre soube que a Black Friday nos EUA eram uma loucura, só não imaginava o quanto rs.

    Eu estou louco pra ir pra lá nesse ano aproveitar esses descontos, então super obrigado pelas dicas!

    Acho que é bem melhor quando a gente já vai mais informado.

    É isso! Abraços,
    Bruno.

    1. Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens says

      Valeu

  16. Rodrigo Chaves says

    Consigo a promoção “Black friday” pela internet?

    1. mauoscar14 says

      Sim!!

  17. […] quem nunca ouviu falar, a Black Friday é o maior evento de descontos do comércio varejista dos EUA. A mesma acontece todos os anos na sexta-feira seguinte ao feriado do dia nacional de ação de […]

Leave A Reply

Your email address will not be published.