Napa Valley – Os melhores dos vinhos dos EUA estão aqui!!

Vinhedos Napa Valley

Depois de explorarmos um trecho da Highway 01 e alguns remanescentes florestais das florestas de Sequóias ao Sul de San Francisco, iniciamos uma nova etapa, desta vez enogastronômica em nossa viagem pela Califórnia. Rumando em direção aos famosos condados de Napa e Sonoma ao norte de San Francisco. Verdadeiras referências na produção de vinhos de alta qualidade nos EUA.

  Estrada de Acesso à San Francisco em direção ao Napa Valley

 Saímos cedinho de nosso hotel e seguimos em direção à Golden Gate Bridge; infelizmente o tempo não colaborou muito com a gente. Da mesma forma que em todas as manhãs dos dias que estivemos em San Francisco e região. Tenho que admitir que isso me aborreceu um pouco no início, depois que a “ficha caiu” de que nem sempre faz sol na Califónia, passei a aceitar isso como parte do charme da cidade e peça fundamental para a existência e sucesso dos vinhos californianos.  

Edifício Sede da Oracle no Vale do Silício, próximo ao nosso Hotel 

Atravessar a Golden Gate Bridge, apesar de ter sido de carro foi uma experiência muito bacana, mas que teria sido ainda melhor com Sol e céu azul. É difícil pensar em San Francisco e na Califórnia sem a Golden Gate, que apesar do nome Golden (em inglês dourado), a ponte é vermelha. Tem 2737 metros de comprimento no total, incluindo as rampas de acesso, sendo a distância entre as duas torres de 1280 metros. São 3 faixas em cada sentido e se paga pedágio no sentido Sausalito=> San Francisco. A altura da lâmina d’agua até o alto de suas torres é de cerca de 230 metros.

  

Atravessando a Golden Gate em San Francisco na Califórnia de Carro 

Ligando San Francisco a Sausalito na região metropolitana de San Francisco, ela foi inaugurada em 27 de Maio de 1937. Desde então a ponte se transformou num dos locais com a maior taxa de suicídios do mundo. Das quase 1500 pessoas que pularam da ponte, menos de 30 de fato sobreviveram à queda

 

Foto da Golden Gate Bridge tirada de Sausalito 

 Estacionamos nosso carro num refúgio na beira da estrada para podermos tirar algumas fotos desta famosa ponte, que mesmo com o tempo encoberto é realmente impressionante. Não é por acaso que ela figura na lista dos monumentos mais famosos dos EUA.

Golden Gate Bridge, Ponte mais famosa do mundo

Do local conseguiamos avistar a cidade de San Francisco na outra margem da baia, bem como o famoso presídio de Alcatraz.

San Francisco vista de Saulsalito

Seguimos viagem pela US 101, onde logo depois da ponte havia um túnel com um arco-íris na entrada, sugestivo não?! Até nossa chegada a nossa primeira parada foram cerca de 50 minutos de viagem por uma paisagem muito bonita com muitas colinas e posteriormente muitos parreirais.

Túnel com Arco-Íris logo após a Golden Gate Bridge

Pois bem, tenho que dizer que a Califórnia irradia um estilo de vida único e de certa forma isso pode causar um certo choque em sua primeira viagem ao local. Mas as magníficas paisagens, as florestas, os vales férteis, os vinhos e o clima agradável fazem o visitante logo se apaixonar por este magnífico estado americano. Toda esta dádiva natural parece ter modificado o estilo de vida do povo que ali vive, transformando-os em uma sociedade tolerante (apesar da proposição 9), extremamente multicultural e aberta a inovações de todos os tipos. Não é por acaso que o movimento hippie e a revolução eletrônica do Vale do Silício tenham começado ali.

Esta receptividade e vontade de experimentar, criou um verdadeiro caldeirão que tem toques das mais diferentes culturas. Pois bem isso também aconteceu na Vitivinicultura do lugar. Existem em Napa Valley por exemplo vinícolas de descendentes de Espanhóis, Alemães, Franceses, Italianos e até mesmo de croatas.

As primeiras cepas de vinhas mediterrâneas foram introduzidas no estado por missionários espanhóis para a confecção do vinho usado nas cerimônias religiosas. Mas elas se adaptaram tão bem aos fatores edafoclimáticos da região que acabaram por influenciar até os dias de hoje o estilo de vida do californiano.

Pois bem o clima que no início eu tanto odiava, na verdade é fundamental para o sucesso destes vinhos, principalmente daqueles com qualidade reconhecida pela sua complexidade. Tanto que os melhores vinhos produzidos na Califórnia são justamente aqueles produzidos em áreas próximas ao Oceano Pacífico, especificamente onde o clima se torna mais temperado, ou seja, em vales onde as cadeias de montanhas se tornam paralelas ao mar de norte para sul.

Paisagem chegando ao Napa Valley

Pelo fato da existência da corrente fria da Califórnia no Oceano Pacífico, existe a formação dos nevoeiros pela manhã e finalzinho da tarde ao longo da costa. Principalmente no verão e início do Outono, épocas do ano muito importantes para a produção vinícola.

Funciona mais ou menos como um carro conversível. O nevoeiro tapa o sol pela manhã e no final da tarde e, a longo prazo, adia o amadurecimento das uvas. Esta é uma das condições básicas para a formação de aromas intensos e complexos que ocorra dentro de certos limites. Em locais onde o Oceano Pacífico exerce essa inflência sem obstáculos, isso inclui mais da metade da costa californiana, o clima é demasiadamente frio e úmido para a produção vinícola, embora seja ideal para as sequóias e outros tipos de árvores, especialmente coníferas.

A quantidade de “proteção” fornecida pelas montanhas contra o pacífico varia de local para local, e os nevoeiros e ventos que reduzem a temperatura chegam ao interior a diferentes velocidades e em diferentes locais, criando assim uma grande variedade de microclimas e consequentemente terroirs.

Atualmente, o estado da Califórnia conta com cerca de 225.000 hectares de parreirais plantados, isso gera uma produção que corresponde por quase 90% da produção total de vinhos nos Estados Unidos. Se a Califórnia fosse um país, ela seria no contexto internacional o quarto maior produtor mundial de vinhos, ficando à frente de países como Espanha, Alemanha, Argentina, Chile e Austrália.

Placa anununciando a chegada ao Napa e Sonoma Valley 

Uma característica que diferenciou a industria vinícola da Califórnia em relação à indústria vinícola da costa leste foi que, desde o início esta sempre procurou conscientemente produzir vinhos a partir da melhores uvas européias. Tanto que o negócio deu tão certo que eles passaram a ganhar prêmios na Europa e a ser reconhecidos no cenário internacional desde a segunda metade do século XIX. Quando em 1976 os vinhos californianos derrotaram em ambas categorias os grandes chardonnay e cabernet sauvignon franceses, considerados até então como os melhores vinhos do mundo nesta competição.

Outra curiosidade interessante de se observar é o fato de o estado ser o maior estado consumidor da bebida nos EUA. Ou seja aquela velha história de que em casa de ferreiro o espeto é de pau, não se aplica por ali. Ao contrário de Delaware na Califórnia você pode comprar bebidas alcoólicas até em farmácias.

Para quem como nós, que deixa San Francisco pela Golden Gate Bridge US 101 a chegada aos Condados de Napa e Sonoma se dá pela US 121. A primeira região vitivinícola (A.V.A.) que vemos é Carneros, localizada no sopés suavemente ondulados das Montanhas Macayamas. Esta região é conhecida pelo fato de possui um terroir ideal para o cultivo de Pinot Noir e Chardonnay.

A.V.A. Carneros em Napa Valley

No final da década de 1960, os pioneiros na produção vitinivinícola perceberam que, a combinação dos solos relativamente pobres da área, combinados com o clima seco mas temperado seriam ideais para o desenvolvimento das castas Chardonnay e Pinnot Noir. Duas décadas mais tarde várias outras grandes empresas vinícolas chegaram a conclusão óbvia de investir na região. Antes disso acontecer a região era utilizada para pastagem de ovinos, dai o nome carneros. Uma das características que diferencia este terroir de outros é que além do nevoeiro da Baia de San Francisco/San Pablo, estas colinas estão também expostas aos ventos frios do noroeste.

Produtores em parceria com cientistas da Universidade da Califórnia numa série de experiências começaram a definir o caráter do terroir da Pinnot Noir e posteriormente Chardonnay fortalecendo o A.V.A. Carneros (American Viticultural Area), que define o vinho pela sua região geográfica e climática. A exemplo do que ocorre com Champagne e Bordeaux na França por exemplo.

As extraordinárias Pinot Noir e Chardonnay, atraíram produtores de vinhos espumantes do velho mundo a investir na região, entre elas destaque para as espanholas Freixenet (Gloria Ferrer) e Artesa (Cordorníu). E a francesa Taittinger, que contruiu um verdadeiro Château Francês em sua propriedade Domaine Carneros.

Domaine Carneros, uma das primeiras vinícolas ao chegar no Napa Valley

Como ainda era cedo para nosso primeiro compromisso agendado em Napa Valley, resolvemos dar uma parada em Domaine Carneros Tattinger. Uma vez que esta propriedade está, digamos, na porta de entrada do Napa Valley e pelo fato de ter este Chateau realmente chama atenção da estrada. Certamente esta é a primeira parada de muitos que chegam ao Napa Valley de carro, principalmente aqueles que não tem um roteiro pronto e organizado sobre o que ver e fazer no local. Para minha surpresa na semana seguinte ao nosso retorno o local foi escolhido como a Charada de Sexta do Viaje na Viagem

Château inspirado em seu homólogo em de la Marquetterie in Champagne na França.


Organizei nossos dois dias e meio em Napa e distribuí a programação de forma que o primeiro dia seria voltado principalmente aos espumantes e o segundo dia aos vinhos Brancos e principalmente os Tintos da Casta Cabernet Sauvignon. No terceiro dia fizemos uma visita “técnica”muito especial à uma tanoaria. Que digamos fechou com chave de ouro esta etapa da viagem.

É altamente recomendável, especialmente para visitas de quinta à domingo, reservar os tours com antecedência, além disso é bom preparar o bolso… Não existe tour gratuito nem amostrinhas grátis de vinho. O mais barato entre todos custou 5 USD por pessoa, já o mais caro saiu por 75 USD por pessoa e ainda não dá descontos na loja da vinícola.

Ao todo visitamos 4 vinícolas e mais cerca de outros 4-5 estabelecimentos, os quais deverei contar em mais detalhes em Posts Futuros. Ainda aproveitamos para conhecer Calistoga ao norte do Napa Valley algumas “maravilhas” geológicas por lá.

E não esqueça em breve vários outros Posts sobre nossas incursões pelo Napa Valley.

 

Endereços:

Golden Gate Bridge

US 101 Highway
Golden Gate Bridge

Domaine Carneros Taittinger

1240 Duhig Road,
Napa, CA 94559

 

Veja Também:

   

Para facilitar a vizualização das vinícolas e das atrações que comentei ao longo destes 11 Posts sobre o Napa Valley criei um Mapa no Googlemaps para ajudar no planejamento de quem pretende visitar esta região. Aqueles lugares que visitamos e que estão publicados na forma de Posts aqui no MauOscar estão com o logo do Blog. Aqueles com a taça são outras vinícolas que gostariamos, caso tivessemos mais tempo ter tido a chance de visitar. Enfim basta seguir a legenda. Tin-Tin

Clique no Mapa para ir para o Googlemaps

 

Todos os Posts da Série Napa Valley:

 

  Guia Vinícolas Napa Valley EUA - Post Resumo

 Napa Valley – Os melhores dos vinhos dos EUA estão aqui!! 

 Espumantes de Napa Valley – Domaine Carneros

 Espumantes de Napa Valley – Domaine Chandon 

 Vinícola V. Sattui em St. Helena – Napa Valley

 Espumantes de Napa Valley – Mumm Napa 

 Vinhos Napa Valley – Vinícola Artesa

 Vinhos Napa Valley – Rubicon Estate e os Vinhos de Francis Ford Coppola 

 Vinhos Napa Valley – Castello di Amorosa

 Visitando uma Floresta de Sequóias Petrificadas

 Tanoaria: Como os Barris de Carvalho são Produzidos

 

Posts Relacionados:

 Highway 1 na California: De San Francisco até Santa Cruz

 Sequóias na Califórnia – Uma floresta de gigantes 

 Bento Gonçalves Capital Brasileira dos Vinhos

Índice com todos os Posts do MauOscar

<= Clique na Logo

Siga o MauOscar.com também no:

 

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Categorias América do Norte, Califórnia, Estados Unidos, Napa & Sonoma Valley

Author:MauOscar BlogdeViagens

Blog de Viagens de dois expatriados brasileiros que adoram viajar, fotografar e compartilhar experiências pelo mundo Já moramos no Brasil, Alemanha, Cingapura, Estados Unidos e agora estamos morando em Auckland na Nova Zelândia

23 Comentários em “Napa Valley – Os melhores dos vinhos dos EUA estão aqui!!”

  1. 13/09/2010 at 22:24 #

    Nossa esse post está enorme,mas valeu muito a pena ler,nunca descobri tanta coisa sobre vinhos.
    Eu recebi um dia desses um guia de Napa Valley,e achei lindo o lugar.
    Parabéns pelo post,abraços !

    • Mauoscar
      14/09/2010 at 08:00 #

      Oi Felipe

      Obrigado pela visita. Geralmente escrevo Posts meio compridos mesmo.. Mas sja be vindo.. Em breve outros Posts sobre o Napa Valley e região dever sair gradativamente..
      Abraço

      Oscar

  2. 14/09/2010 at 13:07 #

    eu quero, quero muito!
    ah, fiquei curiosa, q trab q vc tem q consegue morar em vários lugares? :)

  3. Mauoscar
    14/09/2010 at 13:48 #

    Eu sou Eng. Florestal.. Mas rodamos o mundo através do trabalho do Mau…

  4. Jenny
    14/09/2010 at 15:23 #

    Uma aula e tanto sobre vinhos.As vinicolas Francesas tambem estao explorando o solo Californiano?Parabens esta muito bom este post

  5. Mauoscar
    14/09/2010 at 15:54 #

    Sim.. E já faz tempo… Além da Domaine Carneros tem a Chandon que também esta no RS

  6. carlos eduardo nascimento
    14/09/2010 at 16:33 #

    adorei o post. confirmous as informaçoes que tinha aprendido vendo o filme “Sideways — Entre Umas e Outras” . recomendo. Oscar, coloque no post referencia ao filme. bj

  7. Mauoscar
    14/09/2010 at 16:45 #

    Eu não lembro de ter assistido ao filme.. Mas vendo o Trailler deu para ver que foi filmado na Califórnia.. Parece legal…

  8. FABIANA MOINHOS
    10/02/2011 at 09:14 #

    Adorei as informações! Estou planejando uma viagem este ano, em maio, mas uma coisa me preocupa: como fazer as degustações e dirigir? Como foi que você fez em sua viagem? Ficarei agradecida com a dica! Parabéns pelo trabalho!

    • Mauoscar
      10/02/2011 at 09:33 #

      Olá Fabiana

      Obrigado pela visita!!! Bem existem empresas especializadas em tours que levam vocês às vinícolas. Mas na minha opinião isso rouba um pouco da liberdade do passeio.. Nós adotamos a estratégia de cada dia um ficar responsavel pela direção.. Fizemos os tours e as degustações.. Quem estava na direção só dava uma “bicadinha”e passava a taça para quem estava bebendo naquele dia.. Funcionou..

      Outra sugestão.. Cheque com a Maryane do Blog Hotel Califórnia que mora em San Francisco ela estava se oferecendo um serviço de leva e traz De uma checada com ela: http://hotelcaliforniablog.wordpress.com/2010/03/04/tours-com-o-hotel-california/

      Precisando de mais alguma dica é só dar um alô :D

      Abraço

  9. FABIANA MOINHOS
    14/02/2011 at 09:54 #

    Valeu!!
    Muito obrigada pela informação.

    Abraço.

    • Mauoscar
      15/02/2011 at 09:30 #

      Fabiana

      De nada.. Espero que tenha ajudado..

      Grande Abraço

      • Wanderley Martins miranda
        22/09/2012 at 09:44 #

        Alguem sabe de algum site que fale sobre caracteristicas de vinhos clifornia?

        • MauOscar
          24/09/2012 at 23:16 #

          Wanderley

          A Califórnia produz uma infinidade de tipos de vinhos.. Aqui temos relatos das vinícolas que visitamos.. No Google você certamente deve encontrar o que procura

  10. Jeane Rohnelt
    02/04/2011 at 18:45 #

    Adorei as informações,era exatamente o que estávamos procurando.Nas duas próximas semanas estaremos conhecendo um pouco da Califórnia e vamos conferir as dicas.Valeu!Muito obrigada!

    • MauOscar
      06/04/2011 at 10:17 #

      Oi Jeane

      Obrigado pela visita.. Depois quando você voltar conte para a gente como foi sua experiência lá :D

  11. Sirlei
    31/05/2012 at 22:20 #

    Acabei de chegar de sao Francisco! Visitei a Artesa! Estou matando saudades com o seu blog. Parabéns, Sirlei

    • MauOscar
      02/06/2012 at 22:22 #

      Sirlei

      Legal!! Eu as vezes faço a mesma coisa.. Essa é uma das vantagens de tentar registrar a viagem num blog/diário de viagem e algum tempo depois ler e viajar novamente

      Bjs

  12. Júlio Meirelles
    06/12/2012 at 01:15 #

    Oscar,
    Eu costumo ler muitos blogs antes de fazer minhas viagens mas nunca vi nada parecido com o seu. Tudo muito organizado, completo e bem escrito.
    Parabéns e obrigado por ajudar a planejar minha viagem!
    Abraços!

    • MauOscar
      06/12/2012 at 04:20 #

      Júlio

      Obrigado pela visita e pelas palavras.. Espero que nossa experiência faça sua viagem ainda melhor..
      Quando voltar de viagem e tiver dicas para compartilhas a caixa de mensagens está aberta para isso :d

      Abraço

  13. Nigima
    03/06/2013 at 14:58 #

    Oscar, tudo bom ??
    Estamos planejando um bate-volta de SF a Napa. Gostaríamos apenas de passear, ver as paisagens, comprar alguns vinhos e voltar. Não somos muito entendedores do assunto, como pode ver rsrsrs.. mas gostaríamos de conhecer a região e talvez uma volta de balão. Estaremos por lá em Julho com nossa filha de 10 anos… O que acha? O que nos recomenda??? Super obrigada!!!!!!

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      04/06/2013 at 02:15 #

      Nigima

      Acho super tranquilo.. Eu queria muito ter feito o passeio de balão.. deve ser bem legal no Napa Valley.. Recomendo vocês visitarem as seguintes Vinicolas Castelo di Amorosa, Chandon, V. Sattui e Artesa.. Todas as vinicolas que visitamos estao aqui no Blog

Trackbacks/Pingbacks

  1. Guia Napa Valley EUA « Mauoscar - 05/11/2010

    [...]  Napa Valley – Os melhores dos vinhos dos EUA estão aqui!!  [...]

De vida a este blog, deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 7.561 outros seguidores