Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

Wilmington e Western – Um passeio de Maria fumaça pelo Brandywine Valley

10

No Sábado de Aleluia que antecede o Domingo de Páscoa, fomos fazer um passeio de Maria-Fumaça pelo Red Clay Creek Valley aqui no Norte de Delaware. Compramos nossos Tickets antes mesmo de irmos ao Brasil para o evento especial de Páscoa. Já que estes eventos costumam ter seus ingressos totalmente vendidos com certa antecedencia.

O “Easter Bunny Express”ou Expresso do Coelho da Páscoa é um passeio organizado pela Sociedade do Museu Ferroviário de Delaware. Que se mantém exclusivamente através destes eventos, doações e trabalho voluntário. E que anualmente realiza alguns eventos, como este, que geralmente acontecem nos finais de semana.

Interessante também observar que é possível até mesmo alugar os trens históricos para eventos fechados, podendo até mesmo se partir da estação de trem em Wilmington em eventos especiais fechados como casamentos ou negócios. Onde os visitantes desfrutam de uma vista com bastante verde, cercada de florestas, campos e rios. Em uma experiência diferente e completamente única.

Mesmo tendo um apelo digamos infantil, por ter uma pessoa fantasiada de coelho da Páscoa e que ainda distribuía chocolate para as crianças. Fazer este passeio é como viajar de volta no tempo, uma viagem em que nós visitantes temos a oportunidade de experimentar como era uma viagem de trem nos seus primórdios a mais de um século atrás.

A Estrada de Ferro tem 7 Locomotivas que ainda funcionam, sendo 3 delas a Vapor movidas a carvão e 4 movidas a Diesel. A estrada de ferro apesar de conservada utiliza apenas uma parte de sua extensão atualmente, cerca de 10 quilómetros.

A Estrada de Ferro Wilmington & Western Railroad foi constituída em 1867 para transportar bens entre as usinas ao longo do Red Clay Creek e o Porto de Wilmington, e abriu oficialmente para o transporte de passageiros e de serviço em 19 de Outubro de 1872. Três comboios de passageiros e um trem de carga mista operados seis dias por semana, por cerca de seus 20 quilômetros de pista entre o porto da cidade de Wilmington, junto ao Rio Delaware e Landenberg na Pennsylvania.

Grande parte da linha férrea percorre o Red Clay Valley, região bastante movimentada no final do século 19 com fazendas, pequenos vilarejos e moinhos de energia elétrica. Porém dívidas excessivas contraídas durante construção e má gestão causaram o encerramento da linha em 1877, poucos anos após a abertura.

Os novos proprietários então reorganizaram e rebatizaram a estrada de ferro como  Ferrovia Oeste Delaware, que se tornou altamente rentável movimentando: argila caulim, materiais de fibra vulcanizada, ferro e carvão”.

Na década de 1880, a estrada de ferro foi então comprada pelo Baltimore e Philadelphia Railroad (B & P), uma subsidiária da Baltimore & Ohio (B & O). A Compra da linha pelo B & P serviu para competir com a Pennsylvania Railroad pelo transporte de passageiros e mercadorias que circulavam entre Washington, Baltimore, Philadelphia e New York City.

A estrada de ferro ficou então conhecida como a “Landenberg Branch” da B & O, e foi, durante algum tempo, uma de suas linhas mais lucrativas.

O transporte de passageiros sofreu um grande impulso quando um resort aberto ao longo da ferrovia no final dos anos 1880 em Brandywine Springs, fez o negócio de passageiros florescer até ser suspenso em 28 de Setembro de 1930, vítima da Grande Depressão.

 Pouco depois, a Pennsylvania Railroad interrompia o serviço de conexão à Landenberg. Que acabou de vez com a estrada de ferro. Com caminhões e automóveis ganhando popularidade, registrando ano após ano uma diminuição acentuada do tráfego de mercadorias.

 E em 1940 a linha acabou sendo encurtada para Southwood, Delaware.

Em 1950 Após Segunda Guerra Mundial, a linha foi novamente reduzido para Hockessin, para dar lugar ao desenvolvimento imobiliário local.

A partir da década de 1960, eram alugadas as primeiras composiçoes para utilização em passeios turísticos.

Hoje é  uma ferrovia totalmente sem fins lucrativos que se dedica ao turismo. E a conservação da História da estrada de ferro.

Antes de embarcarmos no passeio aproveitamos para conhecer o pequeno museu localizado na estação e Greenbank, onde existe uma lojinha de souvenirs bem interessante, onde são vendidos até mesmo pregos dos dormentes centenários.

Ali também existem diversas fotos antigas e toda a história a estrada de ferro, muito bacana ver como os voluntários, em sua grande maioria com mais de 60 anos de idade trabalham para preservar a memoria deste lugar.

Esse passeio também me fez lembrar um passeio que fiz de Joinville a Corupá em uma Maria Fumaça quando era criança, mas uma das coisas que não me esqueço daquele passeio era que nosso vagão acabou tendo um principio de incêndio gerado pelas fagulhas da caldeira da locomotiva.

A locomotiva do nosso passeio de n º 58 foi construída pela Baldwin Locomotive Works, em Philadélfia, em Outubro de 1907  tem uma pressão da caldeira de 190 psi e pesa mais de 67 toneladas.

Na Saída do trem todos os velhinhos que trabalham voluntariamente no museu saíram para dar tchau, enquanto a locomotiva apitava para avisar sua saída.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=k5rrDiXOVlg]

O Passeio ao todo durou cerca de 2 horas sendo que a volta a locomotiva acabou voltando de ré mesmo. Bem o passeio em sí já era muito legal. Mas a Paisagem dava um toque especial ao passeio.

Embora estivéssemos bem no início da primavera e as árvores estavam soltando seus primeiros brotos. Em Alguns Lugares podíamos ver alguns Narcisos, que sempre florescem na época da Páscoa, talvez por isso que eles se chamem Osterglocken na Alemanha, ou Sinos da Páscoa.

Por estarmos passando pelo vale do Red Clay Creek (Riacho do Barro Vermelho) o riozinho nos acompanhava em boa parte do trajeto, apesar de o nome falar em barro vermelho a agua é transparente, no verão certamente dá para tomar um banho de rio.

Em 1999 e em 2003 parte das pontes e da estrada de ferro foram parcialmente destruídas com um furacão e uma tempestade tropical, mas felizmente tudo foi restaurado e reconstruído novamente.

Por se tratar de um evento sazonal, amantes de fotografia aproveitam para tirar fotos da composição muitos deles de carro e que podíamos reconhece-los do trem em diversos pontos do passeio, tiravam algumas fotos corriam para o carro para pegar o trem em outro ângulo.

Colecionadores de carros antigos também aproveitam a data para sair com seus carros para dar uma volta pela região. Região esta coberta com bastante floresta, que deixam as estradinhas com um charme ainda mais especial.

Como era um passeio do coelho da Páscoa aproveitamos para levar com a gente um Ovo de Pascoa Diamante Negro do Brasil. Apesar de oferecermos os país não deixaram as crianças perto de nós comer.

No final das contas dava até pena das crianças vendo a gente comer aquele ovo de Páscoa gigante. Mas tudo bem elas pelo menos ganharam chocolate do coelho do trem a gente não.

 Posts Relacionados

Viagem de Trem nos EUA – Wilmington a NYC

O Dia em que o Brandywine Congelou

New Castle com Fer e Tiago

Índice com todos os Posts do MauOscar

Clique na Logo =>

Siga o MauOscar.com também no:

10 Comments
  1. Ine says

    Maravilhoso o passeio! Lindas fotos!

    1. Mauoscar em Dela Where??? says

      O Passeio foi bem legal mesmo!! Estou um pouco atrasado com o Blog ultimamente!! Aos poucos vou botando a casa em ordem!!

  2. Jenny says

    Que passeio lindo!

  3. carlos eduardo nascimento says

    inclrivel como as historias dos EUA se repetem. a ferrovia que passa por Pittsburgh possui a mesma historia e cidade do aço passou por essa tranformação tambem.

  4. Raul says

    Muito legal mesmo esse post, lindas as fotos, por sinal me deu vontade de jogar um jogo, acho que nem preciso falar pra vc saber qual é não é mesmo!? hehehe

  5. Raul says

    A propósito, que legal os velhinhos dando tchau para o trem, garanto que eles devem ter muuuuitas histórias dessa linha.

  6. Mauoscar em Dela Where??? says

    Nao prescisa mesmo!! Aquele jogo era super legal mesmo!!!

  7. […]  Easter Bunny Express […]

  8. […]  Um passeio de maria fumaça pelo Brandywine Valley […]

  9. Fabiano Alcantara says

    Linda matéria. Estou morando em Philadelphia e até o final deste ano quero fazer este passeio. Muitas bênçãos e sua vida.
    Valeu muito sua matéria.

Leave A Reply

Your email address will not be published.