Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

Brandywine Congelado

2

O Ano de 2010 começou e com ele várias novas resoluções de Ano Novo, ainda mais agora depois de quase 2 meses instalados aqui em Delaware é hora de arranjar mais coisas para fazer. Hora de fazer uma atividade física, quem sabe aprender outra língua enfim fazer alguma coisa nova.

Logo no primeiro final de semana do ano, no sábado depois de almoçarmos pegamos o carro e seguimos pela Concorde Pike em direçao ao estado Pennsylvania para conhecer um pouco mais da região. Pelo caminho vimos algumas placas de vinícolas em direçao ao Brandywine River Valley, decidimos seguir naquela direçao para conhecer.

Colocamos no GPS uma das Viniculas e seguimos lá para checar, bem o local estava fechado, na verdade era uma vinícola pequena, mas pelo visto na época de inverno fica mesmo fechada, engraçado que ao lado dela havia um shopping de antiguidades, demos uma entrada lá para conhecer, bem para quem gosta até talvez o local seja legal, mas para mim o local tinha um cheiro muito forte de Naftalina e coisa velha.

Essa região é de grande importancia histórica para os EUA, principalmente na época da independência, foi onde ocorreu a famosa Batalha do Brandywine entre a União dos 13 Estados contra a Inglaterra na campanha de Filadélfia da Guerra Revolucionária Americana travada em 11 de Setembro de 1777.

Nesta batalha vencida pelos britânicos, deixou Philadelfia, a capital revolucionária, sem defesa. Os britânicos acabaram capturando a cidade em 26 de Setembro, começando uma ocupação que duraria até Junho de 1778.

É uma região muito bonita, coberta por floresta decídua, fazendas e o Rio de Águas limpas, por sinal é este rio que corre em direçao a Wilmington e passa ao lado de casa.

Na volta para casa passamos pela entrada do Brandywine Creek State Park, um Parque Estadual com cerca de 400 Hectares. Alguns dias depois entrei na Home Page deles e vi uma programação de palestras e atividades.

Na Noite do dia 7 Quinta para Sexta Feira nevou novamente, acumulando cerca de 5 centímetros de neve. Aproveitei Depois que deixei o Mau no trabalho para tirar algumas fotos no Rockford Park, onde o pessoal geralmente leva os cachorros para brincar.

No Sábado fomos para Philadelphia novamente, combinamos de encontrar o Alexandre, a Ju e a meninas deles na Churrascaria Brasileira que eles tinham nos indicado, desta vez não fomos no Buffet por Kilo, aqui nos EUA diga-se Libra, fomos no Rodizio mesmo. Depois ainda experimentamos a sobremesa de Sonho de Valsa, uma delícia. Na sequência fomos ao IKEA que a Ju ainda nao conhecia, acho que ela adorou.

Nos dias 11 e 12 de Janeiro fez bastante frio, com a temperatura chegando a casa dos -14º C e aconteceu algo até então inédito, o Brandywine River começou aos poucos a congelar, na verdade eram laminas de gelo que iam descendo do rio e começaram a se acumular aqui perto de casa, de manha cedo elas estavam na passarela que da acesso ao Alapocas Park que fica do outro lado do rio.

Interessante notar que elas iam formando camadas como se fossem listras correndo em direcao ao sentido de maior vazão do rio. Por volta do meio dia o rio já estava congelado ate na altura da nossa casa.

De uns tempos para cá tenho dado pão velho para alguns patos que vivem no rio, eles essa época do ano tem bastante dificuldade de encontrar alimento e no começo era apenas 1 ou 2 casais, mas aos poucos esse numero vem aumentando, uma das vezes contei 20 patos de uma vez. Já estou até mesmo pensando em comprar ração para eles que não tem pão velho para tantos.

Tadinhos eles andam com tanta fome ou talvez Gula não sei. E que ate quando o pão caia no gelo Fofo eles se matavam para chegar lá as vezes pareciam até que iam ficar presos no gelo, mas na hora do apuro eles batiam asas em direçao a agua novamente.

Bem mas não são só os patos que estou alimentando, estou dando também um pouco de amendoim com casca para os esquilos, mas raramente consigo vê-los mas todo dia que coloco alguns no dia seguinte só encontro as cascas abertas.

Aproveitei esse dia para fazer uma caminhada e tirar algumas fotos do rio parcialmente congelado, Inicialmente fui caminhando próximo a margens na direçao contrária a corrente em direçao a fábrica da Du Pont, ali perto o rio é cheio de pedras e com muitas corredeiras, ele até me fez lembrar o Rio Dreisam de Freiburg.

Foi bem legal caminhar pela floresta, apesar do frio que estava fazendo como essa é uma floresta com influencia fluvial haviam alguns acumulos de agua que por conta do frio estavam congelados, o lado bom disso que quase não cheguei a sujar o tenis uma vez que até o solo estava congelado.

Do outro lado do rio os patos pareciam ter me reconhecido não estavam ariscos como normalmente são, infelizmente tinha esquecido de trazer pão para eles, por um momento cheguei a imaginar será que daqui alguns dias caso esse frio continue vai ser possível andar sobre esse gelo?

A resposta e não , já ia observando que a medida que o sol batia, a região de maior correnteza o gelo estava derretendo, mas por outro lado as margens pareciam bastante congeladas joguei umas pedras e a maioria delas não afundou.

Segui caminhando pela margem do rio no sentido da correnteza, voltei para a trilha asfaltada e decidi ir até a ponte de arcos que vemos quando passamos pela Interestadual 95 em direçao a Philadelphia a cerca de uns 2 km de casa.

Esse Parque que fica em frente de casa do outro lado do rio pertencia a Bancroft Mills, a Fabrica Abandonada aqui pertinho de casa. Ela foi na década de 20 a maior industria têxtil do mundo, por sinal uma historia bem interessante, mas ao mesmo tempo triste ao se ver a fabrica que já foi uma potencia hoje estar em ruínas, mais uma vez me vem a cabeça o que os EUA estão fazendo com sua industria? Tudo que se compra neste pais não é mais fabricado aqui, sendo 95% de tudo made in China. Simplesmente Lamentavél.

Para dizer a verdade eu tinha muita vontade de conhecer este lugar por dentro, mas o local e todo cercado e com placas bem grandes dizendo não entre, você será processado; Além disso o local esta em condições precárias de conservação embora a fabrica tenha falido oficialmente em 2003.

Pelo caminho no Alapocas Park existem algumas pedreiras que creio foram usadas pela fabrica para construir alguns diques ao longo do rio e os alicerces da fabrica, por sinal me parece que a fabrica até gerava a sua própria energia eletrica.

Nestas pedreiras a agua proveniente do escorrimento da precipitação através do solo. Ao não conseguir percolar a rocha acaba brotando e por causa do frio congelando formando verdadeiras cascatas de gelo. A trilha asfaltada acaba em um determinado momento e ai tive que segui por outra recem instalada de saibro pela floresta, tendo que subir um morro, já que as margens do rio tem algumas propriedades.

Até que finalmente Cheguei a Ponte dos Arcos de Pedra. Que é usada até hoje pelos trens da Amtrak. Foi difícil mas consegui descobrir um pouco mais sobre essa ponte, ela foi construída em 1909-1910 pela Baltimore & Ohio Railroad sobre o Rio Brandywine aqui em Wilmington. Ao todo com sete arcos se estende por cerca de 300m de extensão a cerca de 35 metros de altura. A ponte foi construída em substituição a outra ponte de ferro que se revelou insuficiente para locomotivas mais pesadas.

Essa ponte sobre o Brandywine Creek é um testemunho vivo do poder económico e espírito competitivo das ferrovias dos EUA durante sua idade de ouro. Onde duas companhias ferrovias rivais competiam pela dominância dos principais mercados do leste dos EUA eram elas a Estrada de Ferro da Pensilvânia e a Baltimore & Ohio Railroad. Em 1902, a Pennsylvania Railroad iniciou um grande programa de reconstrução de suas linhas, substituindo pontes de ferro por pontes de arco de pedra, A Baltimore & Ohio Railway sentiu-se então obrigada a seguir o exemplo, e também construiu várias pontes em arco de pedra. O que segundo alguns historiadores fez com que a Baltimore & Ohio entrar em uma serie de dificuldades financeiras, uma vez que essa linha não era tão rentável para justificar tal investimento.

De Fato muitas vezes ao passarmos nesses lugares nunca nem demos conta de quanta historia aquele lugar tem, um exemplo disto é esta ponte um verdadeiro cartão postal que esta comemorando seu centenário sem que quase ninguém saiba de sua história.

Ali pertinho da ponte num gramado haviam diversos Gansos Canadenses, eles medem cerca de 90-100 cm de comprimento, com 160-175 cm de envergadura, e pesam entre 3,5-6,5 kg, sendo as fêmeas um pouco menores. A sua plumagem é castanha, com o pescoço longo e cabeça pretos. Talvez a característica visual mais marcante desta espécie seja a faixa branca, muito marcada, na zona da queixada. As diversas sub-espécies distinguem-se por detalhes nas tonalidades da plumagem e distribuição geográfica.

O que me chamou atenção é que formam casais monogâmicos por volta dos dois anos, que permanecem unidos até à morte de um dos parceiros. Os filhotes por sua vez têm o hábito curioso de seguir o pai ou mãe em linha indiana.

Depois de chegar até a ponte voltei pelo mesmo caminho para casa, aproveitei para tirar mais algumas fotos dos cristais de gelo que haviam se formado nas pedreiras e do Rio Congelado. No decorrer da semana acabei me registrando para uma palestra sobre as plantas invasoras na Sexta Feira a tarde no Brandywine Creek State Park e também uma caminhada no dia seguinte.

Índice com todos os Posts do MauOscar

Clique na Logo =>

Siga o MauOscar.com também no:

2 Comments
  1. Jenny says

    Que belas pontes em arco. E interessante a hustória. Mas o que gostei mesmo foi dos patinhos…muito fofos

  2. Priscila Andrade says

    Dear blogger,

    It’s voting time for The Top 100 International Exchange and Experience Blogs 2010!
    This is a user-powered competition, so in order to win your blog needs votes. To improve your chances and make it easy for you, we have created a button you can place on your blog so all your family and friends can vote for you!

    You can check out the full list of blogs that have been nominated and vote for them in Lexiophiles (http://www.lexiophiles.com/ix09/vote-for-ix10-here).

    Get in touch with your readers and friends and ask them to show their support by voting for you now! The voting period goes from Feb. 1st to Feb.14th.

    Good luck,

    Priscila
    On behalf of bab.la and Lexiophiles team

Leave A Reply

Your email address will not be published.