Niagara Falls – O lado americano das cataratas

Niagara Falls vista do lado americano

Aproveitando nosso último dia da estada em Buffalo no estado americano de Nova York, pegamos o carro e seguimos até a famosa Niagara Falls. Do centro de Buffalo até o lado americano das cataratas de Niagara são cerca de 35 Km de distância. Parte do caminho da estrada que nos leva até lá, passa ao lado doRio Niagara, o qual se forma a partir do lago Eire em Buffalo. Até chegarmos lá passamos por duas pontes muito bonitas e que para variar se pagava pedagio. (É incrivel toda vez que se atravessa uma ponte ou um túnel neste país prepare o bolso para pagar pedágio).

Ponte entre Buffalo NY e Niagara Falls

 Infelizmente, o tempo não estava tão bom como no dia anterior. Mesmo assim, à medida que nos aproximávamos podiamos ver a gigantesca névoa de neblina formada pela queda das águas em Niagara Falls. Uma pena o tempo não estar melhor, além disso por ser Novembro fazia muito frio e a vegetação já estava quase totalmente desprovida de folhas. Teoricamente nesta época do ano muitas vezes já começa a nevar na região. Apesar de tudo estar muito cinza e sem vida conhecer as Cataratas do Niagara é uma experiência muito interessante.

Vegetação quase sem folhas em Niagara Falls

A “única” vantagem em se visitar o lado americano das Cataratas do Niagara nesta época de baixa temporada é que quase tudo é de graça. A única coisa que tivemos que pagar foram os 5 USD pelo estacionamento e ainda ganhamos um guia / mapa para entender Niagara Falls. (Normalmente durante a temporada o preço do estacionamento é de 10 USD para os 4 estacionamentos localizados no interior do parque)..

Placa Indicando o caminho para a Rainbow Bridge ligando EUA e Canadá

Estacionamos o carro no Parking Lot 1, e seguimos caminhando até o centro de visitantes doNiagara Falls State Park. Por sinal, este foi o primeiro parque Estadual de Nova York e se não me engano o primeiro do gênero nos EUA. Lá recebemos maiores informações à cerca das cataratas, bem como horário de visitação entre outras coisas. Infelizmente, algumas atrações já estavam fechadas por conta da estação, outras abrem apenas em horários determinados como é o caso da Cave of the Winds.

Placa na entrada do estacionamento 1 perto do Visitor Center

As Cataratas do Niagara (Niagara Falls) estão localizadas numa área de fronteira internacional entre a província canadense de Ontário e o estado de Nova York nos Estados Unidos. Assim como as Cataratas do Iguaçu entre Brasil e Argentina. E ainda está localizada entre as cidades gêmeas de Niagara Falls, Ontário, e de Niagara Falls, Nova York.

American Falls em Niagara Falls, NY

Niagara Falls é composta por3 grandes quedas dágua, as quais podem ser divididas em duas seções principais e estão separadas pela Goat Island. Na primeira delas se localiza a Horseshoe Falls  (Ferradura em inglês por sua semelhança em forma), a maior parte dela se encontra em do lado canadense da fronteira, e  a American Falls que como o nome mesmo diz fica do lado americano.

Video Horseshoe Falls

American Falls

 A terceira queda chamada de Bridal Veil Falls (Veu de Noiva) também está localizada no lado norte-americano, separada da American Falls pela Luna Island.

 

Véu de Noiva 

        Parâmetros Victoria  Falls Niagara Falls Iguaçu Falls
Altura (m) 108 m 51 m 82m
Comprimento (m) 1,708 m 1,203 m 2,7km
Vazão média (m³/s) 1,088 2,407 1,746
Vazão Máxima (m³/s) 12,800 6,800 12,900

 Quadro Comparativo entre Victoria, Niagara e Iguaçu Falls

As cataratas do niagara foram formadas quando as geleiras da glaciação Wisconsin (a última idade do gelo) recuaram. Formando o que hoje conhecemos como os Grandes Lagos, que acabou esculpido uma escarpa conectando os grandes lagos ao Oceano Atlântico. Embora não sejam excepcionalmente altas, e não tão larga como Iguaçu. O que impressiona bastante em Niagara é seu volume.

Corredeira próxima à Horseshoe Falls

 

Através da Horseshoe, American e Brida Veil Falls despencam em média cerca de 114200 m³ de água por minuto. Porém sua  vazão máxima pode chegar a mais de 400.000 m³/min durante a primavera. Fazendo dela a mais poderosa cachoeira da América do Norte.

Niagara River despencando em Niagara Falls

Comparando-se o volume de água que despenca em Niagara Falls com o volume de água que despenca nas Cataratas do Iguaçu. Podemos dizer que passam pela Niagara Falls todo o volume d’água das Cataratas do Iguaçu mais cerca de 5 bilhões de m³ d’agua. O que faz da Niagara Falls a 10 maior cachoeira em Volume d’agua do mundo. O que a torna mais especial é o fato de que ela é uma das poucas quedas d’água deste porte não submersas na construção de barragens e usinas hidroelétricas.  

American Falls em Niagara Falls NY

 

No entanto, segundo o World Waterfall Database referindo-se apenas ao volume d’água, no Brasil tinhamos outras cachoeiras com volume d’água superior à Niagara Falls (10ª colocação), como as Sete Quedas no Rio Paraná em Guaíra na 4ª posição, a Cachoeira de Paulo Afonso no Rio Sao Francisco que ocupava o 8ª posição e o Salto do Urubupunga no Rio Paraná na 9ª posição. Infelizmente as 3 hoje não existem mais em sua forma original.

American Falls e ao fundo Canadá

As cataratas do Iguaçú vem logo atrás de Niagara Falls ocupando a posição de 11 maior cachoeira em termos volumétricos do mundo, seguido pelo Salto dos Patos e dos Marimbondos no Rio Grande na 12ª colocação seguida pela famosa Victoria Falls no rio Zambezi, entre Zimbabue e Zâmbia.

Mau e Oscar em Niagara Falls

É triste pensar que monumentos naturais como estes acabam muitas vezes submersos em nome do desenvolvimento humano. Quando ligamos qualquer coisa na tomada muitas vezes não pensamos no impacto que aquela energia que chega no conforto de nossa casa causou ao meio ambiente e a paisagem. Por outrop lado quanta receita não poderiamos gerar com o turismo se ainda tivessemos as sete quedas. Pensar que a vazão delas era quase o dobro da Niagara Falls. Bem de qualquer forma precisamos de energia e apesar dos pesares a hidroelétrica ainda é uma das economicamente viáveis menos prejudiciais ao ambiente. Eu sempre me impressiono ao pensar que Itaipu consegue gerar sozinha cerca de 20% da energia elétrica consumida no Brasil e quase 80% da energia consumida no Paraguai.

Torre de observação do lado Canadense

Para quem pensa que as Cataratas do Niagara não são bonitas, está enganado. Mas tenho que concordar que ainda sou mais as Cataratas do Iguaçu. Escrevendo este post, descobri que além de sua beleza, a Niagara Falls serve ainda como uma valiosa fonte de energia hidrelétrica, principalmente durante o período da noite e no inverno. Aqui pelo menos se tentou manter o equilíbrio entre o lazer, comercial e industrial um desafio de mais de 200 anos.

Hidroelétrica Niagara Falls

Como comentei anteriormente a Niagara Falls é composta por 3 quedas.Na Horseshoe Falls a água despenca cerca de 53 m, já  na American Falls e na Bridal Veil Falls a altura da queda  varia 21 e 30m. Resultado da presença de pedras gigantes em sua base.

Pedras na base da Bridaveil Falls

A mais larga das quedas é a Horseshoe Falls, sua extensão em forma de ferradura é de cerca de 790 m de largura, enquanto as outras duas tem apenas 320 m de largura.

American Falls

O volume de água que se aproxima das cataratas durante a temporada de picos de vazão pode facilmente dobrar por vezes ser algo como 5.700 m3 por segundo, mas seu recordehistórico registrado foi de 6.800 m3 por segundo. O volume de água é uma função direta da elevação da água do lago Erie, que atinge seu pico na primavera ou início do verão, resultado direto do derretimento da neve e aumento da precipitação.

Niagara River

Durante os meses de Verão, cerca de 2.800 m3 por segundo de água realmente despencam na Niagara Falls, sendo destes cerca de 90% sobre o Horseshoe Falls e o restante sobre o American e Veil Bridal Falls, enquanto o saldo restante é desviado para instalações hidrelétricas. Isto é conseguido através do emprego de comportas móveis na porção superior do rio, logo  acima da Horseshoe Falls.

Rio Niagara nas proximidades da Horseshoe Falls

vazão da Niagara Falls cai pela metade durante a noite, e durante a baixa temporada turística no inverno, para cerca de 1.400 m3 por segundo. O Desvio de água para geração de energia é regulado pelo Tratado de Niagara 1950 e é administrado pela Niagara International Board of Control.

Mau em Niagara Falls

Seguimos caminhando em direção à Goat Island, um destino bastante popular entre os  turistas que visitam o lado americano das Cataratas do Niagara., oferecendo algumas das mais espectaculares vistas das cataratas, especialmente no Terrapin Point.

Oscar em Niagara Falls

 

Esta “ilha”  é ligada ao continente por duas pontes para pedestres e um bondinho. A ilha é amplamente arborizada e possui varios caminhos com trilhas para serem exploradas à pé. Um elevador permite o acesso até o pé da Bridaveil Fall, conhecida como a Gruta dos Ventos, mas que já estava fechada nesta época do ano.

Esquilo em Niagara Falls

Esquilos querendo Amendoin

Os esquilos  estão para Niagara Falls, assim como os quatis estão para as Cataratas do Iguaçú. Como muitos turistas acabam alimentando eles e fazem deles verdadeiros animais de estimação, se você faz de conta que tem algo na mão para eles comer. Eles vêm até a sua mão, eu pessoalmente acho alimentar animais silvestres totalmente errado, mas que é legal ver eles assim de tão pertinho, isso é.

 

Esquilo em Niagara Falls comendo um amendoim dado por turista

Mas depois que eu vi uma funcionaria do parque estadual uniformizada dando amendoim para eles então sei lá… Na minha opinião ela deveria ter que dar o exemplo.. Pela primeira vez na vida, vi um esquilo melânico, ou seja todo preto, causado por um gene recessivo que causa a super pigmentacao da sua pelagem.

Esquilo Melânico

Esquilo Melânico em ação

Caminhamos até o lado americano de onde despenca a Horseshoe Falls, mas a nevoa que levanta e como ir na garganta do diabo do lado argentino, mas a diferenca que aqui a temperatura estava próxima do 0º C. Ou seja não rolou chegar muito perto não

 

Gaivotas quase caindo na cachoeira

Depois pegamos o bondinho, que é gratuito nesta época do ano e seguimos até as Three Sisters Islands, pouco acima da Horseshoe Falls, são três pequenas ilhotas ligadas por pontes para pedestres que você acaba praticamente ficando dentro do rio Niagara.

Na Three Sisters Island

Me chamou bastante atenção a quantidade de aves pousadas nas outras ilhotas ali perto, o barulho causado pelo fluxo do volume d’agua realmente impressiona.

Muitas Aves em Niagara

Para ter uma ideia do volume e barulho dágua em Niagara

Terminamos a visita às Cataratas do Niagara indo almocar no Hard Rock Cafe, a comida estava uma delícia, comemos também de entrada o famoso Buffalo Wings, que não achei nada de muito especial, mas a comida era bem gostosa.

 

Hard Rock Café

O legal de ir ao Hard Rock Cafe e ver as roupas, guitarras, adereços, enfim todo tipo de memorabília dos grandes nomes da música mundial. Ao lado da nossa mesa estava o violão do Bob Dylan, e ali perto uma roupa do Elvis Presley, um óculos do Elton John e um chapeu do John Lenon.

Memorabília Hard Rock Café

Depois do almoço, retornamos novamente até a plataforma que proporciona a melhor vista para as cataratas do lado americano. Dali é possivel ter uma visão bem legal das 3 quedas e tambem da Rainbow Bridge, que liga os EUA ao Canadá.

Rainbow Bridge

Infelizmente nao podemos visitar o lado canadense pois estavamos sem o visto para atravessar, e mesmo se tivesse como toda vez que entro nos EUA tenho algum problema, acho melhor não arriscar. Mas só a visita ao lado americano já valeu muito a pena, embora o tempo / estação pudesse estar um pouco melhor.

Vista do Lado Americano da Niagara Falls

Niagara Falls

Lendo no centro de visitantes sobre as façanhas nas cataratas, cerca de mais de 75% das tentativas em descer as cataratas nao tiveram sucesso, tambem com a quantidade de pedras que tem la embaixo.

Pedras na base das cataratas

Uma coisa que me chamou muito atenção foi quantidade de turistas chineses durante nossa visita, nem parecia que estavamos nos EUA para dizer bem a verdade.

Saímos de lá e seguimos em direção ao aeroporto de Buffalo, no caminho encontramos um outlet que tentamos achar um lugar para estacionar durante uns 10 minutos, por conta do feriado de Ação de Graças o local estava impraticavel, seguimos então direto ao aeroporto, embora nosso vôo fosse apenas as 17:35.

Outra Ponte no Caminho para Buffalo

Fizemos nosso check-inn por pouco não conseguimos pegar o vôo anterior, tivemos que esperar quase 2he meia para embarcar, passar pela chatice do controle  de seguranca, tirar os sapatos, pelo menos nesse aeroporto não tinha o tal Raio X. Pelo menos tinha Internet Wi-Fi grátis . Aproveitei para comprar um cartão postal para mandar para o Brasil e com a Internet o tempo passou rapidinho.

Chegamos em Baltimore depois de 1h e 10 min de viagem, pegamos a bagagem que haviamos despachado, já que na mão estavam os Panetones Bauducco em encontramos no Aldi de Buffalo. Tivemos um pouco de trabalho para achar o motorista que foi nos pegar no Aeroporo e seguimos para Delaware em mais 1h e pouco de viagem até em casa.

Aproveitamos o resto do final de semana para comprar mais algumas coisas que estavam faltando para a casa nova. Nossa mudanca de Cingapura chegou nos EUA dia 18 e foi liberada em 3 dias , ou seja veio de navio de Cingapura ate os Estados unidos em menos de 1 mes. Na quarta-feira estamos indo fazer a inspeção final na nossa casa nova antes de mudarmos e no sábado estaremos mudando para lá.  Nossos móveis novos e a mudança serão entregues nesse dia, ou seja vai ser uma loucura total.

Quinta feira agora é o feriado de ação de graças aqui nos EUA. Este feriado juntamente com o Natal e o dia da Independencia, são os principais feriados para os americanos. Enfim muito em breve, estaremos 100% instalados em nossa nova casa.

Ontem o Mau recebeu o Blackberry dele, super legal. Agora não vejo a hora de recebermos logo o SSN (Social Security Number) para poder comprar um celular melhorzinho. Sem ele você não é ninguem neste país e não pode fazer um monte de coisas aqui. Eu não posso nem ter porque tenho visto B2 infelizmente.

Estamos planejando ir para Nova York dentro de 2 semanas, para encontrar a Maria Lúcia, minha amiga que fez o Winterkurs comigo na Alemanha em 2005, ela está vindo para o Canada e EUA, no início do mes que vem. Mas antes disso ainda temos a maratona da mudança.

 

Posts Relacionados:

 Buffalo NY

 Primeiro  Voo Domestico EUA – Southwest Airlines

 Nosso primeiro Thanksgiving

Índice com todos os Posts do MauOscar

Clique na Logo =>

Siga o MauOscar.com também no:

Quantcast

About these ads

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Categorias América do Norte, Estados Unidos, Niagara Falls, Nova York

Autor:MauOscar BlogdeViagens

Blog de Viagens de dois expatriados brasileiros que adoram viajar, fotografar e compartilhar experiências pelo mundo Já moramos no Brasil, Alemanha, Cingapura, Estados Unidos e agora estamos morando em Auckland na Nova Zelândia

12 Comentários em “Niagara Falls – O lado americano das cataratas”

  1. Jenny
    25/11/2009 às 03:13 #

    Gostei das cataratas… que bonito!!! Beijosss

  2. carlos eduardo nascimento (Lula)
    25/11/2009 às 11:12 #

    muito bonito o cenário. essa região deve ser maravilhosa.

    • mauoscar
      25/11/2009 às 14:50 #

      Pena que ja estava com cara de Inverno!!!

  3. 15/12/2009 às 07:43 #

    Que friozinho, hein???????
    Canadá não é moleza no inverno.
    Boas Festas e muuuuuitas viagens!!!
    Claudia

    • mauoscar
      15/12/2009 às 07:51 #

      Obrigado Claudia
      Frio mesmo, ainda bem que moramos um pouco mais ao Sul!! Mas depois de viver em Cingapura onde e calor o ano todo e bom ter as 4 estacoes novamente!!
      Boas Festas para vc tb e muiitas viagens

  4. 08/02/2010 às 07:30 #

    Olá Oscar!!
    O teu blog é espectacular e por isso mesmo estou aqui para fazer uma proposta em nome de minube. Por favor entra em contacto comigo, catarina@minube.com
    Obrigada!

  5. 02/04/2013 às 20:21 #

    Legal o post. Estaremos em Nova Iorque em junho e queria saber se vale a pena ir até as Cataratas sem ter o visto do Canadá. O que acham? Abs.

    • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
      03/04/2013 às 04:35 #

      Fábio

      Olha se você conhece foz do Iguaçu, Niagara Falls vai te decepcionar um pouco.. Nos visitamos apenas o lado americano pois estávamos em Buffalo a trabalho..Sim foi legal conhecer as cataratas, mas porque estávamos lá… Agora tenho lá minhas dúvidas se ir de NYC até lá valha tanto a pena assim só para visitar o lado americano.. Buffalo é uma cidade morta/decadente (tipo detroit), que tem algumas atrações interessantes, mas que não necessariamente justifiquem um deslocamento deste tamanho.. No seu lugar procuraria investir numa viagem à Pennsylvania, Delaware, Maryland ou mesmo DC.. No Blog aqui temos vários posts sobre estes estados que estão a cerca de 2=3 horas de carro de NY

      Abs

      • fabiopastorello
        03/04/2013 às 10:58 #

        OK, Oscar. Pois é, já conheço Foz então fiquei na dúvida mesmo. Já fui uma vez para Niágara, mas faz muito tempo e foi antes de Foz, então não dá pra confiar. Obrigado pelas dicas, vou dar uma pesquisada nos posts sobre os outros destinos que você indicou. Abs.

        • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
          03/04/2013 às 11:08 #

          Um destino bem diferente de tudo que voce pode imaginar que encontraria nos EUA e esse aqui.. http://mauoscar.com/2010/08/25/amish/ Se vc curte “turismo rural” e conhecer lugares diferentes super recomendo
          Se curtir mais história então acho que Annapolis + DC http://mauoscar.com/2012/05/10/annapolis-maryland/
          E se nao conhece Boston ainda nao sabe o que esta perdendo.. http://mauoscar.com/2011/08/01/explorando-as-atracoes-turisticas-de-boston/

          Abraço

          • fabiopastorello
            04/04/2013 às 14:11 #

            Eba, adorei as dicas. No post do Amish, também lembrei do filme com o Harrison Ford, “A Testemunha”, e pelas suas fotos, achei Annapolis uma graça. Boston também estava nos meus planos, meu vôo para o Brasil retorna de lá. Abs.

            • Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens
              06/04/2013 às 05:14 #

              Fábio

              Legal… Boston vale bastante à pena… Principalmente no verão…Acho que é minha cidade favorita no nordeste dos EUA..
              Abs

De vida a este blog, deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 7.507 outros seguidores