Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

Buffalo

8

Em nosso primeiro dia em Buffalo assim que acordei olhei pela janela para ver como estava o tempo, infelizmente o dia estava cinza e com uma chuvinha que acabou perdurando o dia todo, fomos tomar nosso café da manha, o qual podia ser muito melhor pelo padrão do hotel, De fato café da manha como dos hotéis que ficamos na Alemanha especialmente o de Berlin vai ser fácil encontrar.

Buffalo é a segunda cidade mais populosa do estado de Nova York, perdendo apenas para Nova York. Localizada no oeste do estado de Nova York na margem oriental do Lago Erie e na cabeceira do rio de Niagara, Buffalo é a principal cidade próxima ao Niagara Falls e é a sede do Condado de Erie. Tem uma população de 292.648 (Censo 2000). Mas se contabilizando toda a região a população chega a casa dos 1.25 milhões de habitantes.

Não se sabe ao certo de onde o nome Buffalo surgiu, no entanto a maioria dos relatos populares afirmam que o nome “Buffalo” é uma corruptela da frase beau fleuve do francês que significa “rio bonito”, uma frase então dita por um explorador francês, ao ver o rio Niagara. Essa especulação, entretanto, é desmentida por fontes mais confiáveis uma vez que os exploradores franceses na verdade se referiam ao rio de Niagara como Rivière aux Chevaux, “Rio dos Cavalos.”

A teoria mais antiga sobre a origem do nome relata uma história sobre cavalos roubados abatidos sendo vendidos como carne de bisão. Próximo a um riacho que ajuda a formar o Rio Niagara. O que está claro é que não havia nenhum bisão nativo na área, e que este lugar onde essa carne era supostamente vendida passou a se chamar Buffalo Creek, que acabou aparecendo pela primeira vez em um mapa em 1759-1760. Embora a teoria do Beau Fleuve seja a teoria menos plausível entre várias teorias, é pouco provável que a origem do nome da cidade de Buffalo tenha de fato derivado do animal.

A cidade tem uma historia muito rica, mas hoje encontra-se em processo de decadência economica visível por toda cidade. A cidade foi fundada em 1789, como uma comunidade de pequeno comércio perto do Buffalo Creek, mas a cidade cresceu rapidamente após a abertura do Canal do Erie em 1825, sendo a cidade como seu ponto mais ocidental.

A cidade também foi a primeira nos Estados Unidos a ter uma Rua iluminada com energia eletrica, proveniente de uma usina instalada no rio Niagara.  Foi palco de um atentado ao então presidente William Mckinley, que morreu 8 dias depois e foi sucedido por Theodore Roosevelt.

Em 1900, o búfalo era a maior cidade dos Estados Unidos, e passou a se tornar um grande pólo ferroviário, bem como o maior centro de moagem de grãos no país, e casa da maior produtora de aço em operação no mundo.  A titulo de curiosidade o limpador de pára-brisa foi inventado em Buffalo.

 Porem na última parte do século 20 sofreu profundamente com a abertura do St. Lawrence Seaway um fator muito importante no declínio da cidade, para se ter uma ideia no ano de 1990, a cidade tinha apenas um terço do nível populacional de 1900.

O encerramento ou realocacao de muitas das usinas siderúrgicas e outras indústrias pesadas na região também contribuiu para o declínio da cidade.

Como a primeira reunião do Mau era apenas as 10 da manha e o prédio do banco não ficava longe do nosso hotel decidimos ir caminhando ate la, a chuva parecia ter passado e la fomos nos, pelo caminho passamos por uma igreja muito bonita, a St. Paul’s Cathedral.

Catedral de St. Paul’s é a catedral da diocese da igreja episcopal de New York ocidental e foi construída em 1851, e refeita em 1888 após um incêndio do qual apenas suas torres se salvaram, um verdadeiro marco histórico no centro da cidade de Buffalo, no estado de Nova York. Foi declarada Patrimônio Histórico Nacional em 1987.

A Igreja tem um interior bastante decorado com vitrais realmente muito bonitos, o orgao da igreja também e algo bastante impressionante e muito bonito. Quando a cidade tem uma igreja imponente podemos ver que essa cidade tinha bastante poder economico na época em que ela fora construída.

Depois de visitarmos a igreja  seguimos em direcao ao One HSBC Centre,  um arranha-céu localizado no centro de Buffalo. Anteriormente conhecido como a Midland Marine Centre, que teve seu nome alterado quando o Marine Midland uma empresa que o HSBC Adquiriu e passou a ser parte do HSBC Bank USA.

Foi construído com um custo de US $ 50 milhões entre 1969 e 1972, e tem mais de 1.200.000 metros quadrados em 40 andares que ainda dominam o horizonte de Buffalo, com seus 161 metros de altura.

É um exemplar de arquitetura de estilo modernista da decada de 70, tendo como um dos aspectos mais interessantes ser atravessado pelo Metro de Buffalo no extremo sul da Main Street. Alem disso e ainda hoje o edifício mais alto entre Cleveland e Albany. Em dias claros o One HSBC Centre pode ser visto a mais de 32 km. Mas o mais impressionante do predio e seu interior revestido todinho com travertino.

Como ainda estava relativamente cedo para os compromissos do Mau aproveitamos para ir no HSBC Premier Centre, para checar nossa Conta Corrente e ver nossos e-mails, essa e uma das vantagens de ser cliente HSBC Premier, em qualquer lugar do mundo que você esteja que tenha um Premier centre você pode acessar a Internet, fazer ligacoes, imprimir documentos e ainda tomar um café.

Aproveitei para ir ao Consulado do Canada que fica no 30 andar do predio para checar que documentos e quanto tempo levava para o visto para la ficara pronto, bem o visto ficaria pronto no mesmo dia, porem como estou com visto B2 aqui nos EUA e não tenho provas substanciais como emprego ou passagem de retorno ao Brasil dificilmente conseguiria o visto, mais uma vez passei raiva como quando íamos para Austrália em Setembro.

 Alem do One HSBC Centre atrás do predio fica o Arena HSBC, uma arena multi-uso com capacidade para 18.690 expectadores, uma arena super moderna construída em 1996.

Acabei voltando ao hotel aquela chuvinha fraca continuava sem dar tempo, pela hora do almoço me encontrei com o Mau para almoçar, como a chuvinha continuava acabamos comendo no restaurante dentro do predio mesmo, digamos que a comida poderia ser muito melhor.

Como a garoa não dava trégua e o frio na casa dos 5 C digamos que acabava com qualquer vontade de explorar a cidade voltei para o hotel e aproveitei para tirar uma soneca e curtir o hotel Hyatt de Buffalo, eles estavam com um evento para levantar fundos para caridade, vendendo árvores e guirlandas de Natal, bem bonito.

Final da tarde já entediado por não poder sair do hotel com aquela chuvinha fraca, decidi pegar o carro e dar uma volta para explorar a cidade usando o GPS, decidi então ir ate as margens dos lago Eire, na verdade queria ir ate um farol, mas ao chegar la era uma área restrita da guarda costeira dos EUA.

Segui uns 500 m de volta na estrada e vi que havia uma trilha com uma placa na entrada, estacionei o carro ali mesmo e fui la tentar chegar a margem do lago, um vento forte, mas foi uma das experiências mais legais que tive esses últimos tempos, primeiramente a trilha levava ate um Deck de observação onde durante o período de migração dos Gansos Selvagens do Canada param para se alimentar, os gansos obviamente não estavam la nesta época do ano, mas ver aquela vegetação de banhado dourada e as árvores sem folhas foi legal.

Isso sem falar na vista da cidade daquele lugar.

Como os dias estão mais curtos essa época do ano, já estava anoitecendo quando ainda tentei continuar na trilha para chegar na margem do lago, quando de repente a cerca de 75 metros vejo um animal, inicialmente pensei que se tratava de um cachorro, mas quando me dei conta era um cervo americano.

Fui caminhando devagar para não assusta-lo, como já estava com pouca luz tentei tirar fotos, mas sem tripé elas não ficaram grande coisa, quando me dei conta não era apenas um e sim uns uns 4 – 6 animais, e eles pareciam bastante  dóceis, pois ia me aproximando e eles não fugiam de mim, finalmente alguma coisa para alegrar a visita, pois choveu o dia todo.

Embora eles pareciam dóceis evitei me aproximar muito afinal de contas eles não são animais domésticos, mas se quisesse acho que daria ate para tocar neles, legal ver na hora que eles fogem de você pois eles levantam o rabo branco que ai sim sinaliza eles na vegetação.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=5pNIiPvzGrk]

Tirei algumas fotos do lago ainda, mas sem o tripé estava difícil pois já estava quase noite, voltei para o carro e segui ate o Banco para pegar o Mau, passamos ao lado dos antigos grandes moinhos de Buffalo, uma área industrial antiga, bastante decadente, quase em ruínas, mas ao mesmo tempo interessante.

Fomos jantar em um restaurante de comida mongolesa, uma delicia por sinal, mas alem de comida mongolesa tinha comida chinesa e americana em um sistema de Buffet. O legal da comida mongolesa que você escolhe os ingredientes e eles são todos misturados na chapa como se fosse um Teppan-Yaki Japonês. Depois do jantar aproveitamos para dar uma volta pelo shopping ali perto, os preços são quase semelhantes aos de Delaware, no entanto sobre o preço em Nova York se aplica o Sales Tax.

Quando estávamos voltando para o hotel, vimos um Aldi, um supermercado de baixo custo da Alemanha que esta crescendo bastante em outros paises da Europa e também aqui nos EUA, quando morava na Alemanha tinha um a cerca de 100m de casa, e sempre fazia compras nele, pois tem preços otimos e produtos diferentes, mas nunca pensei que fossemos achar algo mais diferente do que achamos desta vez. Em uma rede de supermercados da Alemanha nos Estados Unidos encontramos Panettone Bauducco fabricado no Brasil, pode isso??

Engraçado que para ter maior apelo comercial na embalagem fala que e de Origem Italiana e usa uva passas da Marca Sun-Maid bastante popular aqui nos EUA, e você só descobre que ele e fabricado em Guarulhos lendo cuidadosamente a embalagem ou sabendo que a Bauducco e uma marca Brasileira, infelizmente nesses de exportação não tem os brinquedinhos natalinos como no Brasil.

Como o hotel não tinha estacionamento próprio estacionamos o carro todos os dias num estacionamento publico, o qual só conseguia comprar o ticket para o pernoite no parquímetro a meia noite, um saco.

O segundo dia em Buffalo foi muito melhor, as nuvens e a chuva sumiram o céu estava azul, por outro lado a temperatura caiu ainda mais e o vento deixava a sensação térmica negativa, para se ter uma ideia a temperatura media máxima do mês de Novembro e de +8º C e a mínima de +1º C em Dezembro e de +2º C e -4º C respectivamente, embora de manha ainda estivesse garoando, por isso acabei levando o Mau de carro ate o trabalho, mas pelas 09:30 da manha o sol resolveu aparecer.

Por sorte não chegamos a pegar Neve, mas no mês de Novembro em media Neva quase 29.2 cm e no ano em media 2,32m, por isso todo mundo que a gente fala que foi ou que ia para Buffalo pergunta se estava ou que pegaríamos muito frio.

Por Volta das 10 da manha com sol bem bonito mas um frio de rachar, fui “explorar” Buffalo, o primeiro lugar quase em frente ao hotel, o M&T Bank uma construção neoclássica muito bonita com um domo dourado impressionante, feito com 140.000 folhas de ouro 23.75 quilates.

Logo ao lado fica a Electric Tower, ou Torre da General Electric, um prédio histórico e é  o sétimo edifício mais alto no Buffalo. Com 13 andares de altura e em estilo neoclássico.

Ele foi projetado por James A. Johnson e construído em 1912. Adições foram feitas em 1923 e 1928. Foi inspirado pela Electric Tower na Exposicao Pan-Americana de Buffalo, era originalmente construída com tijolos aparentes mas posteriormente foi rebocada e hoje é branca.

A construção possui uma torre octogonal que possui três plataformas terminando em um grande farol, é também conhecida como Iskalo Electric Tower.

Seguindo em ao norte pela Main Street fica o Shea’s Performing Arts Centre, um teatro para turnês musicais da Broadway e eventos especiais em Buffalo, foi inaugurado em 1926 para mostrar filmes mudos. Possui um dos poucos órgãos de teatro dos EUA ainda em operação no teatro em que fora projetado.

Ainda na Main Street mais ao norte se encontra a Catedral St. Louis, construída em 1832 e foi uma pequena congregação ate 1843 servindo com o nome de Ovelha de Deus (Lamb of God), foi destruída por um incêndio em 1885, reconstruída em 1889 e consagrada Catedral em 1913.

De fato foi a primeira igreja católica da porção Ocidental do estado de Nova Iorque. Por ter uma coloração rósea e ser feita de arenito me fez lembrar da Catedral de Freiburg na Alemanha.

Em uma transversal da Main St, fica a Trinity Episcopal Church uma igreja Episcopal histórica, sua parte mais antiga foi construída em 1869 com estilo gótico. Desde 2008 esta listada no Registro Nacional de Lugares Históricos dos EUA.

Ali perto presenciei do outro lado da rua uma abordagem policial a um motorista, coisa bem de filme americano, o carro vem com a sirene ligada e o motorista e obrigado a encostar o carro e mostrar os documentos, nunca vi isso antes no Brasil ou qualquer outro lugar. E engracado viver aqui nos EUA, aquelas coisas que aparecem nos filmes são em grande parte das vezes verdade.

Seguindo pela Delaware Avenue, vi outra Igreja, pelo menos parecia pela fachada mas de fato não e mais uma igreja, era também conhecido como Igreja Metodista Episcopal Asbury-Delaware que foi construída em duas fases, entre 1871 e 1876. Mas em 2006, a estrutura se tornou o lar de Righteous Babe Records, uma gravadora independente. A construção ia ser demolida, mas passou por uma reforma que conservou sua fachada um exemplo distinto de  arquitetura gótica vitoriana eclestial.  E desde então esta listada no Registro Nacional de Lugares Históricos.

E esquisito todas as 3 igrejas que visitei ate esta estavam fechadas, esta tinha uma entrada de vidro ao lado, fui la tentar entrar, quando eu vi estava dentro de uma galeria de arte, pelo que parece a igreja tem cada vez menos importância, aqui nos EUA elas estão ate mudando de finalidade, o que na verdade chega a ser triste.

Na saída vi um Toyota Corola todinho pintado a mão, certamente de alguém que trabalha nessa gravadora independente, nunca tinha visto uma personalizacao de um carro assim antes.

Fui então caminhando em direcao a Niagara Square, que possui um obelisco em 4 leões os guardando que fica em frente ao Cityhall (Prefeitura) de Buffalo, uma imponente construção em estilo Art-Deco que foi terminada em 1931 com 32 andares e 115.2 metros de altura, sendo um dos mais altos edifícios municipais dos EUA.

A importância desta obra-prima Art Déco é imediatamente relevante sobre a sua visão de comando do centro de Buffalo e dos grandes lagos. Ao se aproximar da Prefeitura pela Niagara Street, e de se ficar impressionado com um estilo arquitetonico que é moderno para a época em que foi construído. O exterior e interior são adornadas com figuras simbólicas e decorações em relevo que retratam um tema industrial que foram esculpidos por Albert Stewart e a escultura executada por Rene Paul Chambellan.

 Como já estava na hora do almoço fui encontrar o Mau no One HSBC Centre, depois do almoço ele levou a maquina para tirar algumas fotos da vista do predio sobre os grandes lagos, diga-se lago Eire, e da cidade de Buffalo, suas igrejas e instalacoes esportivas.

Depois disso fui conhecer o HSBC Arena que é a casa do Buffalo Sabres da National Hockey League.

 A arena também é utilizado regularmente para jogos de basquete e principalmente torneios de Hockey no gelo. Além disso, o HSBC Arena e utilizado para hospedar vários eventos de wrestling profissional, principalmente o Smack Down da World Wrestling Entertainment.

Infelizmente não pude conhecer o interior da arena pois cheguei tarde de mais, se tivesse ido pela manha poderia ter assistido ao treino do Buffalo Sabres.

Do HSBC arena fui caminhando ate o Buffalo and Erie County Naval & Military Park, um museu às margens do Lago Erie. Onde hoje se encontram vários navios aposentados da Marinha Americana entre eles o Cleveland-class cruiser USS Little Rock, que ajudou a patrulhar as águas do Atlântico Sul durante a 2 guerra mundial.

O Fletcher-class destroyer USS The Sullivans, que recebeu este nome em homenagem aos irmãos Sullivan (George, Francis, Joseph, Madison, e Albert) com idades entre 19 e 27 anos que morreram a bordo do USS Juneau num ataque da marinha Japonesa na batalha de guandalcanal em 13 de Novembro de 1942, sendo a maior perda de uma família americana em uma guerra, todos os filhos do casal estavam a bordo deste navio. Este navio serviu tanto na 2 guerra mundial como na guerra das Coreias.

E ainda o Submarino USS Croaker, todos os três são abertos ao público para visitas mas não durante esta época do ano infelizmente..

Alem deste Submarino Americano, existe na entrada do local uma parte do USS Boston.

Ali também se encontram diversas aeronaves utilizadas pelos americanos nas suas guerras.

Bem como um memorial para as vitimas americanas de Buffalo nas guerras que os EUA criaram ou participaram.

Foi interessante conhecer um pouco da historia, mesmo que apenas por fora, mas o frio a beira do lago Eire com vento super forte não estava fácil, fui caminhando ate a desembocadura deste atracadouro onde fica esse museu naval, onde do outro lado fica o farol que tinha tentado chegar de carro no dia anterior.

A visão para o lago e super legal, mas o vento era tão forte e a sensação térmica tão fria que não dava para ficar muito tempo ali admirando o lago, que de tão grande parece ser mar, ainda mais com o vento que fazia e as ondas que quebravam no mole.

Voltei em direcao ao centro de Buffalo, fui na Igreja Católica de St. Joseph, esta estava aberta, e era super bonita, mas também não tinha uma alma viva la dentro, mas um lugar de muita paz com vitrais realmente bonitos e um orgao enorme.

Já voltando em direcao ao hotel, passei pela sede do condado do Eire, um predio de 3 andares com uma bela torre de 7 andares construídos em 1871-1876 em estilo neoclássico, na frente do predio fica uma escultura de George Washington o primeiro presidente dos EUA.

Ali na Frente haviam algumas arvores e um esquilo estava mesmo coletando folhas para fazer seu ninho para o inverno eminente.

Passei pelo Liberty Building, um raro exemplo de edifício neo-clássico. Construído em 1925, um prédio comercial de 23 andares com 101 metros, mas o que torna o edifício famoso são as duas réplicas da Estátua da Liberdade, esculpida por Leo Lentelli. Ele é o 5º edifício mais alto em Buffalo.

Por fim passei na Laffayete Square o marco zero da cidade de Buffalo, onde se encontra um monumento da guerra civil americana, em homenagem a infantaria, cavalaria, artilharia e marinha, Abraham Lincoln chegou a discursar nesta praça, que recebe o nome do general Laffayete, Chefe da Guarda Nacional Francesa que visitou a cidade em 1825.

Final da tarde fui buscar o Mau no trabalho de carro, fomos ate onde no dia anterior tinha visto os cervos, mas desta vez não tivemos sorte eles não estavam mais la, decidimos então ir jantar.

Jantamos na rede de pizzarias Uno de Chicago, a pizza era gostosa, principalmente a massa que e bem grossa, a única coisa que estraga um pouco as pizzas aqui nos Estados Unidos e o molho de tomate que eles usam.

Encontramos outro Aldi e compramos mais 2 panetones e um Stollen para levarmos para Delaware, já que la não temos nenhum Aldi ainda, quando voltamos para o hotel estacionamos em um estacionamento diferente, mais barato e sem a necessidade de ir comprar o ticket a meia noite.

Índice com todos os Posts do MauOscar

Clique na Logo =>

Siga o MauOscar.com também no:

Quantcast

8 Comments
  1. Ana Tonon says

    Como sempre, muito informativo e interessante… Otimas experiencias que vcs estao tendo, neh? Ah, and Buffalo is also the home of Buffalo wings!!! Nao provaram? Ainda da tempo???

    1. mauoscar says

      Oi Ana a gente provou o Buffalo wings no Hard Rock Cafe na Niagara Falls, mas nao gostei muito nao!!

  2. Jenny says

    Filhos!
    Gostoso passear com vocês para conhecer um pouco do muito que ainda está por vir.Sei que mesmo se ganhasse um mega premio e pudesse viajar, não teria ” pé” para tanto… rs* Forma agradável de viajar esta…. mi beijosss e fiquem com Deus.

  3. Stephanie says

    Legal o blog de vcs. Sou medica no brasil e estou em buffalo para uma entrevista para fazer minha especializacao aqui. Foi bom ler o blog para ter uma visao de como é a cidade, ja q ta frio pra caramba e sair do hotel ta dificil! hehe
    Obrigada!

    1. mauoscar says

      Legal!!! Ja estava frio ai a menos de um mes!! Imagino agora!!! Estava em NYC e quase congelei!! rsrs

  4. […] nosso último dia da estada em Buffalo no estado americano de Nova York, pegamos o carro e seguimos até a famosa Niagara Falls. Do centro de Buffalo até o lado americano […]

  5. mikix10 says

    Tem Aldi em Buffalo? Me lembrou da Australia eheheh…
    Adorava as promoções que eles faziam 😉

    1. Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens says

      Mirella

      Legal né? Eu ia sempre no Aldi na Alemanha.. Se não bastasse encontrar o Aldi, encontramos panetone bauducco 😀
      Depois descobri que eles tembém tem uma loja em Philadelphia

      Bjs

Leave A Reply

Your email address will not be published.