Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

Borobudur – O Maior Templo Budista do Mundo

0

Em nosso segundo dia em Jogjakarta na Ilha de Java na Indonésia, como Singapura tem o fuso e uma hora adiantado em relação a Java acordamos cedo, mas como havíamos combinado para nos pegarem no hotel somente as 09:00 tivemos que esperar, e pior ainda acabaram se atrasando quase 20 minutos, já estávamos cozinhando no final da historia.

Tomamos nosso café da manha que era bem simples, aproveitamos o tempo que tínhamos cerca de 40 minutos antes do atraso para tirar algumas fotos do hotel, que era simples mas muito arrumadinho e com um jardim impecável, a escada de acesso da recepção para os Chalés e uma ideia que um dia ainda vou querer fazer em nossa casa.

Blog

Aproveitamos ainda para comprar 2 cartões postais um para mandar ao Brasil e o outro para colocar em nosso álbum de fotos, acessamos a Internet mas por pouco tempo, creio que a Internet ali era discada muito devagar.

Aproveitamos o atraso para tirar algumas fotos da vizinhança, em frente ao hotel havia uns “trishaws” que serve para levar alguns turistas para a cidade uma espécie de táxi ecologicamente correto.

Trishaw

Uma coisa que me chamou atenção foi no final da rua uma senhor vindo de bicicleta com um uniforme que de longe era idêntico ao usado pelos carteiros no Brasil, mas de fato era um senhor vendendo doces.

Correio

Por sinal vimos algumas ipomeias, mesma espécie que tem na praia com aquela flor roxa ou cor de rosa, ate onde eu sei ela e originaria da América do Sul, por sinal e interessante perceber como certas plantas são globalizadas. Na grande maioria das vezes pela acao antropica.

Ipomeia

Finalmente chegaram para nos pegar no hotel para seguirmos em direcao ao Templo de Borobudur, motivo principal de nossa ida a Jogjakarta, pelo caminho passamos por uma fortificação que protegia o palácio do Sultão, lembrando bastante a arquitetura colonial portuguesa. Ate chegar la foram cerca de 40 kilometros mas levamos cerca de 1 hora e meia de viagem, transito caótico, pessoas atravessando a estrada sem cuidado algum, acho que dirigir ali não e uma tarefa muito fácil não, no caminho uma cena inusitada foi ver um senhor de bicicleta carregando algumas gaiolas repletas de passarinho.

Fortaleza Sultao

Passarinhos

Finalmente chegamos ao Borobodur  que é considerado o maior monumento budista do mundo. Que situa-se na parte central da ilha de Java, aproximadamente a 40 km ao noroeste da cidade de Yogyakarta, um dos centros de cultura javanesa tradicional. Atualmente é a atração turística mais popular da Indonésia, e de fato comprovamos isso embora isso também pode ser culpa de um feriado local, não imaginava que o local pudesse estar tão cheio.

Borobudur lotado

Assim como na visita o templo Hindu de Prambanam, estrangeiros pagam mais caro para visitar e la por sinal 2 dólares mais caros, usamos a mesma técnica que usamos no Prambanam para pagar meia entrada e aqui acabou ate sendo mais fácil, não foi necessário falar muito para tentar convencer que a carteira de motorista Brasileira era uma “carteirinha de estudante” na verdade não sou totalmente contra a cobrança de uma taxa de entrada, o que não acho certo, sendo aquilo um patrimonio cultural da humanidade tombado pela UNESCO inclusive, e ter diferença no preço entre locais e estrangeiros. Mas fazer o que, pelo menos não tivemos muita fila para comprar os ingressos.

Borobudur

 Foi construído no século VIII, originalmente como um templo hinduista. Posteriormente sua construção foi continuada como um stupa budista. Com o advento do islamismo à ilha de Java, foi abandonado e envolvido, com o passar dos anos, pela selva até a sua redescoberta em 1814 por colonos ingleses. A UNESCO promoveu um programa para sua reconstrução e recuperação que findou em 1983 ano de nosso nascimento.

Entrada Templo

A história desse monumento ainda não está totalmente esclarecida. Os cientistas que estudam a antiguidade da Indonésia frequentemente se deparam com gravuras em pedras de difícil solução. Contudo, não se tem registros escritos sobre a construção do Borobodur, que esclarecesse sua causa e o tempo em que foi construído. Por isso não é possível saber precisamente o ano de início de sua construção e nem o de término.

Borobudur

O século VIII foi o período no qual reinou a poderosa e rica dinastia Sailendro em Java. Durante o século VIII e IX, muito evoluiu a arquitetura da Java central, que se tornou o centro de poder da ilha. Em uma área de 10km2 se conservam mais de 25 templos budistas e hindus, dos quais faz parte o complexo de Prambanan.

Templo

Quem começou a construção do Borobudur foram os Reis da dinastia hindu Sanjaya, mas logo a cessaram. No ano de 780, os Reis da dinastia budista Sailendro começaram a governar a região e continuaram a construção. Mas eles adaptaram o complexo segundo seu próprio conceito de mundo. Isto significa que eles transformaram a construção originalmente hinduista em um grandioso monumento budista.

Oscar em Borodubur

Para a construção foram utilizados 60.000 m3 de andesito (material vulcânico) proveniente dos rios das redondezas.

Stupa grande

No século XIX, a dinastia Sanjaya retornou ao poder. No ano de 928, aproximadamente 70 anos após a construção do Borobodur, aconteceu uma grande erupção vulcânica. Os javaneses acreditaram que este evento significava a perda da aura do local. Neste período também começou o desenvolvimento da regiões litorâneas graças às relações comerciais com os habitantes das ilhas Molucas e posteriormente com outros países asiáticos. Talvez por esses motivos o centro de poder se deslocou para o oeste de Java, onde seria mais fácil controlar o comércio que prosperava.

Cheio

Do período ente o ano de 919 e o século XIII, não foram encontrados nem escritos nem templos na Java central. Mas neste tempo o Borobodur não foi esquecido. Pesquisas arqueológicas confirmam, que mesmo depois do da mudança do centro de poder ao oriente haviam habitantes nas redondezas, que utilizavam a construção como seu santuário. Na região foi encontrada cerâmica chinesa do século XIII, o que indica também contato com o mundo exterior.

Vazio

Um grande golpe para o carácter sacro do Borobudur foi a chegada do islamismo à ilha no século XIV. Os Reis e seus súditos aderiram a nova religião de uma forma relativamente agradecida. A pregação de direitos iguais islâmica apresentou-se àquela sociedade estratificada como um melhor e mais justo sistema social. Muitos anos depois a religião serviu como elemento de união na luta contra os colonizadores europeus. Os antigos deuses foram esquecidos e os templos desmontados para servirem de material de construção. O Borobodur felizmente escapou de tal destino. Seus admiradores provavelmente o cobriram com areia e argila. Sobre esta camuflagem cresceu rapidamente a vegetação. Quando o Borobodur foi redescoberto no século XIX, cresciam sobre seu terraço grandes árvores.

Vista do Borobudur

Uma nova etapa na história do Borobodur começou com a chegada dos ingleses no arquipélago. O ingleses administraram a colônia de 1811 até 1815. O governado geral de Java foi Sir Thomas Stamford Raffles, homem que descobriu Singapura e que acreditava que Java poderia ser o lugar de uma civilização desenvolvida. Raffles incumbiu o funcionário holandês H. C. Cornelius de explorar a região onde (como acabara de saber) havia, escondida pela vegetação, uma enorme construção.

Oscar Stupas

Cerca de duzentos homens começaram a desencobrir o monumento e a restaurá-lo de maneira simples.

Mau em Borodubur

O Borobudur se encontra em uma região de terremotos frequentes, de alta densidade pluviométrica e alta variação de temperatura. O sistema de drenagem original não era suficiente para expelir a água da chuva totalmente. A água penetrava na rocha, umedecendo os fundamentos da construção. Durante a noite e o dia, mudanças abruptas de temperatura faziam o andesito rachar. Devido as essas condições naturais e a séculos de desinteresse o estado do Borobudur tornou-se crítico.

Buda Nicho

Em 1973, o Borobudur começou a ser completamente reconstruído sob o patrocínio da UNESCO. O monumento foi totalmente “desmontado”, cada pedra foi marcada, tratada e limpada quimicamente, e novamente recolocada. A reforma custou 25 milhões de dólares e durou cerca de uma década.

Buda

Desde 1991 ele figura na lista de patrimonio da humanidade sob o registro de 592, o local realmente impressiona pela sua grandiosidade, infelizmente havia muita gente e tirar fotos sem pessoas foi uma epopeia, o pior que sempre que a gente vê as fotos desse local na Internet parece que o local e super tranquilo, o que me deixava com raiva de fato era ter chegado tão tarde, no que dependesse de mim teríamos chego la as 07:00.

UNESCO

Começamos nossa visita dando uma volta completa ao redor do local, na fachada oposta a entrada consegui tirar algumas fotos com quase ninguém aparecendo, depois subimos no templo ate onde ficam as estátuas de Buda “engaioladas”.

Stupas

Borobudur tem muitas estátuas de diversos Budas. As estátuas são de pernas cruzadas sentado em posição lótus e distribuídos em plataformas em diferentes níveis. As estátuas de Buda estão em nichos no nível Rupadhatu (retangular) são dispostos em fileiras sobre os lados exteriores, o número de estátuas como plataformas diminuindo progressivamente a diminuir o nível superior. O primeiro tem 120 nichos, o segundo 104, o terceiro 88, o quarto 72 e o quinto 64. No total, existem 432 Buda estátuas no nível Rupadhatu.

Borobudur Budas Nichos

O interessante que todos esse níveis tem historias entalhadas  em alto relevo nas pedras, algo semelhante a Angkor Wat no Cambodja, mas o estilo apresenta certas diferenças.

Alto Relevo

Borobudur Alto Relevo

No nível Arupadhatu (ou os três plataformas circulares), as estátuas de Buda são colocadas dentro de stupas perfurados como se fossem Gaiolas.  A primeira circular plataforma tem 32 stupas, o segundo 24 e o terceiro 16, que se somam a 72 stupas. Das 504 estátuas originais de Buda, mais de 300 estão danificadas (principalmente decapitadas) e 43 estão faltando (uma vez que o monumento do descobrimento , as cabeças foram roubados como em artigos de colecção, na sua maioria por museus Ocidental).

Vulcao ao Fundo

A primeira vista, todas as estátuas de Buda aparecem semelhantes, mas existe uma sutil diferença entre eles no mudras ou a posição das mãos. Existem cinco grupos de mudra: Norte, Leste, Sul, Oeste e Zenith, que representam os cinco pontos cardeais bússola em função do mahayana.

Celebrity

Mas sem duvida alguma a maior atracão do local, pelo menos no dia em que visitamos era o Maurício, o povo só faltava apontar para ele, já que ele e muito alto para os padrões indonésios, quase no final de nossa visita o pessoal vinha para pedir para tirar foto com ele, algumas vezes queriam que eu também estivesse na foto, como foi no caso de uma escola inteira, mas algumas famílias também queriam tirar fotos connosco.

Familia

Na saída do templo era possível se andar de elefante, mas ainda não foi dessa vez que demos uma volta, mas uma coisa que deu pena dos animais foi ver eles batendo com uma varinha na orelha deles para eles obedecerem, especialmente um que parou para fazer suas necessidades fisiologicas e que coisa enorme, a parte liquida enchia uns 2 baldes.

Elefantes

Novamente um mercado vendendo souvenirs, mas esse talvez tenha sido um dos piores que já vimos por aqui, todos os artesanatos eram iguais em todo mercado e meu feitos, acabamos nem comprando uma miniatura pois nenhuma delas era grande coisa.

Por sinal Yogjakarta lembra uma coisa do Brasil, qualquer lugar que você estaciona o carro você tem que pagar para o “flanelinha” que fica cuidando do carro, já ate tinha esquecido que isso existia morando em Singapura.

Mais 1 hora e meia de volta ate Jogjakarta, no caminho acabamos tirando uma soneca, acordamos em um enorme congestionamento causado por um casamento e logo em seguida um funeral. Já estava na hora do almoço como não estávamos afim de arriscar outra recomendação, decidimos almoçar no pizza hut.

Pizza Hut

Depois do almoço tivemos uma das experiências mais exóticas aqui na Ásia, fomos ao mercados dos animais de Jogjakarta, para ser honesto apesar de ser interessante você fica revoltado, e não precisa necessariamente ser um ativista de protecao aos direitos dos animais, de fato como qualquer pessoa com certo grau de instrução tem o discernimento para julgar o que e certo e o que e errado. Todos sabemos que a floresta e um ecossistema frágil e que cada criatura que ali vive possui uma função ecologia especifica, mas o homem muitas vezes não entende isso e acha que tem o direito de retirar esses recursos da natureza e vende-los sem constrangimento. Ver Video

Passarinhos

Marsupial II

Nesse mercado vimos de tudo um pouco, começando pelos grilos, larvas e formigas vendidos para alimentar os pássaros, bem o mercado e especialmente voltado para aves, la você pode encontrar diversos tipos de galinhas, galos de briga, pombos e muitos e muitos pássaros da floresta tropical, honestamente lindíssimos se não estivessem dentro destas gaiolas.

Grilos

Formigas

Formigas com Larvas

Larvas

Se não se contentassem em apenas manter os animais presos, no caso de algumas aves como algumas pombas são coloridas artificialmente, você já viu uma pomba pink antes? Eu também nunca tinha visto ate ir a esse mercado.

Pombas

Alem disso ainda falando de aves, uma coisa que achei muito triste foi ver 4 corujas serem vendidas, 3 pequenas to tamanho da nossa coruja buraqueira, amarrada pelos pés fora da gaiola e uma outra de cerca de 40 cm.

Corujas

Acredito que tenha visto todos os grupos de animais vertebrados serem vendidos nesse mercado, entre peixes ate peixes da Amazónia Brasileira como e o caso do Acara sendo vendido ali, muitos peixe beta, por sinal nunca tinha visto tão bonitos antes. Entre os anfíbios haviam sapos e salamandras, esse ultimo grupo eu havia visto apenas uma vez em uma exposição de aquários no Brasil, esses são animais extremamente sensíveis a alteracoes climáticas e poluição, enfim antropismo.

Entre os repteis, varias espécies de lagartos, camaleões, cobras, iguanas, acho que essa foi a primeira vez que vi um camaleão de verdade e não era apenas um eram dezenas se não centenas todos amontoados dentro de gaiolas, entre as cobras vários tipos diferentes, Iguana

Lagartinhos

Camaleao

Com destaque a piton reticulada, uma delas inclusive estava com um pato na gaiola para se alimentar quando tivesse fome, coitado do pato.

Piton

Piton e Pato

Entre as aves como já citei anteriormente, muitas espécies por sinal o grupo com maior variedade.

Garca

Galos de Briga

Entre os mamíferos, haviam esquilos, roedores, outros pequenos marsupiais da floresta, morcegos, segundo os locais morcego e bom para curar asma, imagine só!! Alem disso ali você pode comprar coelhos, gato e  cachorro, tanto para estimação como para comer……. sem comentários…

Morcego

Coelhos

Gato Selvagem

Deixamos o local e decidimos visitar o palácio do sultão, como no dia seguinte iria haver uma cerimonia reservada o palácio foi fechado mais cedo e não podemos visitar, apenas o Castelo das águas que era uma espécie de piscina do sultão antigamente.

Sultan Water Palace

Na verdade não e mais utilizado pelo sultão, mas no passado fora, o local contem 2 piscinas uma para todas as mulheres e uma outra privativa, entre as duas existe uma torre em que ele escolhia a mulher que queria para ele levar para a piscina privativa.

Torre Sultan Water Palace

O local foi projetado por um arquiteto portugues no século XVII, e naquela época uma fonte de agua natural abastecia as piscina, mas depois de uma grande erupção vulcânica do Mt. Merapi a fonte secou e o local deixou de ser usado, no ano 2005 o governo português reformou o local e as piscinas foram reativadas para turismo, mas em função do grande terremoto de 2006 as piscinas racharam e agora dentro delas agora há apenas uma agua suja. Interessante mesmo e o portão principal do local, cheio de arabescos, uma mistura de arquitetura portuguesa com forte influencia árabe.

 Portal Principal Sultan Water Palace

Ali visitamos ainda uma loja onde bonecos feitos de pele de búfalo são entalhados para fazer o teatro de sombras, para fazer um personagem se leva em media uma semana de trabalho de muita precisão e habilidade.

Entalhe em pele de Bufalo

Depois tivemos que ir a caca de um Money Changer, para trocar nossos dólares de Singapura por Rupias Indonésias para pagar nosso motorista. Vimos uma loja vendendo as figuras entalhadas em coro prontas para vender para fazer teatro de sombras.

Teatro de Sombras

Quando estávamos saindo do local os microfones estavam chamando o pessoal para a oração voltada a Mecca, por sinal no nosso quarto no hotel havia um sinal mostrando a direcao de Mecca.

Ver Video

Fomos mais uma vez na loja dos Batiks na Malioboro Street pois queríamos uma colcha para colocar sobre a nossa cama, como a que havia no hotel, mas acabamos não encontrando, aproveitamos para comprar 2 toalhas de mesa para nossas mães.

 Malioboro Street

Ainda fomos a outros lugares para tentar achar a colcha, no ultimo lugar uma senhora fazia em casa, ela tinha um modelo que infelizmente somente feito por encomenda que era maravilhoso, combinava batik com patch work, relativamente caro, ate mesmo não teríamos dinheiro da Indonésia para comprar, mas para fazer ela leva em media de uma semana a 10 dias de trabalho.

Retornamos ao hotel, pedimos uma comida la mesmo, jantamos em nossa sacadinha, a comida não era la essas coisas, mas tudo bem, no dia seguinte nosso voo sairia as 07:35 da manha, deixamos combinado de sermos apanhados as 05:30 da manha e sem atrasos.

No dia seguinte cedinho na hora combinada eles nos pegaram o hotel havia deixado nosso café da manha pronto, mas acabamos dando eles para o Doddy e a Inge, ela por sinal não tinha necessidade de acordar tão cedo para nos levar ao aeroporto, mas ela insistiu.

No aeroporto como os outros da indonésia suas bagagens são passadas no scanner já na entrada do aeroporto, creio que isso depois dos atentados em Bali, fizemos nosso check-inn mas a parte do embarque internacional ainda estava fechada.

O Aeroporto não tinha nada, apenas umas lojinhas de souvenirs, mas nada comparado a Mirota, ficamos com vontade de comprar um bolo todinho feito em camadas, que e uma delicia e tinha um pedaço no nosso quarto no primeiro dia que chegamos, mas como descobrimos que ainda teríamos que pagar taxas de aeroporto não gastamos.

A Sala de embarque era minúscula, mas nosso voo saiu na hora, como estávamos sentado na fileira 1 pedi autorização e fui ate a cabine do piloto tirei uma foto do cockpit do A320.

A320

Enquanto estávamos taxiando um avião da Lion Air decolou ele devia estar carregado pois delocou bem no final da pista já, nosso avião estava vazio e decolou na metade da pista, no caminho podemos avistar o Mt. Merapi o Vulcão mais ativo da Indonésia bem como mais 3 vulcões que não sei o nome, o Mt. Merapi estava soltando vapor.

Mt. Merapi

Infelizmente não tivemos tempo e devido a ultima erupção em 2006 de chegar próximo dele. Chegamos em Singapura as 10:40 da manha de domingo, logo no desembarque passamos pelo scanner de temperatura por causa da Gripe Suína. Que teve seu primeiro caso confirmado na quarta feira dia 27/05, uma estudante da SMU vinda de Nova York com um voo da Singapore Airlines.

Pegamos um táxi para voltar para casa, na parte da tarde dois funcionários da Best vieram trocar a nossa TV nova que estava com um risco na base e com uns probleminhas na imagem.

Na ultima quinta feira começou uma liquidação de grifes o Bazar do Club 21, o primeiro dia era restrito a clientes HSBC ou socios do Club 21, liguei para a Ana e fomos juntos la depois da minha aula e depois de almoçar um Curry Chicken delicioso no Suntec City.

A liquidação estava tão boa que eu e o Mau voltamos no sábado, ate porque camisas da Calvin Klein nem sempre estão com 80 -90% de desconto.

Bem outra novidade e que compramos nossa passagem para Austrália em Setembro, iremos voar ate Kuala Lumpur e de la ate Melbourne, ao todo temos 9 dias e nossos planos são visitar Melbourne, Sidney e talvez nova Zelândia, indo para Auckland na Ilha Norte, passando por Roturua.

Estou sem aulas de inglês por um mês agora, quero aproveitar para tirar algumas fotos de Singapura pois temos apenas menos de 5 meses por aqui, nossas próximas viagens marcadas são Bangkok em Julho e Puket em Agosto.

Por sinal viajar de aviao da um certo medo, principalmente quando a gente escuta noticias como a do Acidente do Airbus A330-200 da Airfrance entre Rio de Janeiro e Paris , na madrugada de Domingo para Segunda Feira.

Índice com todos os Posts do MauOscar

Clique na Logo =>

Siga o MauOscar.com também no:

Leave A Reply

Your email address will not be published.