Cu Chi Tunnels – Campos de Batalha da Guerra do Vietnã

Acampamento

Acordamos um pouco antes da sete da manha, apesar de insistirmos Cesário e Scott resolveram acordar para fazer o Cafe da Manha, arrumamos nossas coisa e pegamos um táxi ate a cidade onde sairia nosso onibus para os túneis do tempo da guerra do Vietnam, mais conhecido como túneis de Cu Chi.

Ho Chi Minh

Ao chegarmos no local aproveitamos para sacar dinheiro em uma ATM do HSBC, por sinal ficamos milionários, já que a moeda do Vietnam o Dong não tem muito valor, tivemos que esperar por nosso onibus por cerca de meia hora, o local estava cheio de turistas indo para o mesmo local que a gente e outros destinos, inclusive para o Camboja

ATM HSBC

Uma das coisas que chamou atenção naquele lugar era uma vendedora de guias de viagem com uma pilha de quase 1,80 de altura amarrada com uma fita e ela ficava para cima e para baixo com aquilo, nosso onibus finalmente chegou, como as poltronas eram numeradas não tivemos como escolher nossos assentos, por um lado melhor, que evita confusão no embarque.

Livros

Saímos, mas como havíamos dormido pouco e bebido na noite anterior dormimos quase que o caminho todo, quase 2 horas de viagem ate o local, algumas vezes ate acordava, mas logo voltava a dormir, a única coisa que lembro na ida que me chamou atenção eram os plantios de Hevea brasiliensis, nossa famosa seringueira, e muitos campos para cultivo de arroz, ate que finalmente chegamos ao nosso destino.

Seringal

Assim que desembarcamos aproveitamos para ir ao banheiro, um horror diga-se de passagem, mas ali perto havia um pé de Jaca, nunca vi nenhum na vida tão carregado como esse, tinha ate jaca no chão, próximo as raízes, ficava só pensando a minha mãe ali, quando os frutos estivessem maduros, ganhamos umas etiquetinhas para identificar nosso grupo e começamos nossa visita, infelizmente havia gente de mais.

Jaqueira

Os túneis de Cu Chi são uma imensa rede de túneis subterrâneos ligando  o distrito de Cu Chi localizado nos arredores de Ho Chi Minh City, e fazem parte de uma muito maior rede de túneis que se espalhavam em grande parte do país. Os túneis de Cu Chi foram palco de várias campanhas militares durante a Guerra do Vietnam, e era a base de operações dos Viet Congs na ofensiva Tet, em 1968.

Os túneis foram utilizadas pela guerrilha Viet Cong para se esconder durante o combate, bem como servindo de comunicação e as vias de aprovisionamento, hospitais, alimentação,  deposito de armas e alojamentos para numerosos guerrilheiros.  E o papel dos sistemas túneis foi de fundamental importância para os Viet Cong para resistir as operações americanas e vencer a guerra, que tendo em vista que não conseguiriam vencer acabaram optando pela retirada.

Acampamento

Começamos a visita e no local havia um cheiro de fruta fermentada no ar, na verdade eram alguns pés de caju com algumas frutas caídas ao chão que exalavam um cheiro bem forte, fomos assistir a um pequeno vídeo sobre a guerra, cerca de 15-20 minutos em uma espécie de cabana coberta com palha parcialmente enterrada no terreno, ali havia uma maquete mostrando como funcionava o sistema de túneis, ao final do filme o guia deu uma explicação geral rápida de como aquilo fora construído sem o uso de maquinas apenas uma enxadinha e um cesto de palha, bem interessante.

Caju

Os túneis geralmente eram feitos em três diferentes níveis o primeiro a cerca de 1-2 metros de profundidade o segundo a 4-5 metros de profundidade e os mais profundo podendo estar a quase 8 metros, o mais incrível era como eles faziam o sistema de ventilação e renovação do ar, tudo com bambu oco, e também usavam outros artifícios para se desfazer da fumaça quando cozinhavam, como as águas superficiais em sua grande parte estavam contaminadas por agentes químicos como o agente laranja a agua provinha de poços perfurados dentro desses túneis, estes ainda contavam com canais ligando ao Saigon River, em que era possível se sair nadando, realmente muito impressionante.

Maquete Tuneis

Seguimos então em nossa visita, por sinal acho que nunca havia visto tanto piolho de cobra num lugar só como ali, paramos em um determinado ponto onde havia ligação dos túneis com o exterior por meio de um alcapao de madeira, que na época era camuflado com folhas de árvore ou mesmo capim, o tamanho do buraco era minúsculo, creio que eu nao conseguiria entrar, um dos guias aproveitou para fazer uma demostracao e de fato colocando algumas folhas secas em cima fica quase impossível adivinhar que ali possa ter uma passagem secreta para os túneis.Depois da demonstração o guia disse que quem quisesse experimentar que ficasse a vontade, na grande maioria mulheres por os homens são maiores, engraçado ver que a maioria delas não tem forca nos braços para voltar e acabam pedindo socorro e tendo que ser rebocada pelo guia.

Tuneis

Tuneis

Soldados americanos utilizaram o termo “Black echo” para descrever as condições dentro dos túneis. Para os Viet Congs, a vida nos túneis foi difícil. Ar, alimentos e água eram escassos e os túneis eram infestados com formigas, centipedes venenosas, aranhas e mosquitos. Às vezes, durante períodos de fortes bombardeio ou circulação tropas americanas, eles seriam obrigados a permanecer no subsolo para muitos dias de uma só vez. Doença era galopante entre as pessoas que vivem nos túneis, especialmente a malária, que representou a segunda maior causa de morte ao lado de batalha feridas. Um relatório do exercito americano sugere que os Viet Cong capturados,metade da unidade tinha malária e que quase cem por cento tinham parasitas intestinais.” Apesar destas dificuldades, os Viet Congs conseguiram algo quase improvável contra um exército que era tecnologicamente muito superior que os seus inimigos.

Piolho de Cobra

Continuamos nossa visita, agora passando a ver as armadilhas que os Vietnamitas faziam para os americanos, na realidade uma pior que a outra, eles usavam armadilhas que eram usadas anteriormente para capturar animais, mas todas elas só de ver, já podia-se sentir a dor de ter o corpo perfurado por bambu ou mesmo as pernas com pregos enormes.

Armadilha

Armadilha I

Armadilha II

Armadilha III

Os Vietnamitas também recolhiam as bombas que acabavam não explodindo quando caiam para fazer seus próprios artefatos, como muitas dessas bombas continham elementos químicos fortíssimos muitos morriam contaminados, isso quando ao manusear elas não explodiam, mas ainda sim eles conseguiram causar dor de cabeça aos norte-americanos, ali vimos um tanque de guerra destruído por uma mina terrestres, muito provavelmente fabricada com explosivos de uma bomba americana.

 

Bombas

Desmanchando as bombas

Serrando a bomba

Artefatos

Tanque Destruido

Fomos então a um stand de tiro onde você pode comprar munição e atirar de metralhadora, de todos os tipos possíveis usadas na guerra, inclusive fuzis tipo AK-47, por exemplo, mas não ficamos ali por perto pois o barulho era ensurdecedor. Ali também havia uma loja de souvenir, que vendia o Viagra Vietnamita, feito com cachaça de arroz em que dentro e colocado cobra e / ou escorpiões, fala serio.

Oscar com Fuzil

Mauricio Metralhadora

Viagra do Vietnam

Fomos então para parte final da visita, entrando dentro de um dos túneis, nossa como aquilo era apertado, o mau quase não conseguia andar, tinha que ir andando de gatinho mesmo, era super escuro e bem abafado, o mau já saiu na primeira saída a cerca de 20 metros da entrada eu segui ate a próxima mais 20 metros adiante, fico imaginando como era viver ali dentro durante uma guerra.

Para finalizar fomos a uma cabana onde era servido comida que os soldados comiam durante a guerra para nossa surpresa era mandioca, todo mundo com receio de comer aquilo e nos atacamos, estava uma delicia para dizer a verdade, no caminho para voltarmos ao onibus vimos varias crateras formadas pelas bombas lançadas pelos americanos, na lojinha de souvenir tirei uma foto com chapéu Vietnamita, que ficou bem legal, por sorte o onibus já estava ligado com o ar-condicionado, estava muito quente. No caminho de volta para Ho Chi Minh dormimos quase todo o trajeto novamente.

Oscar Vietnamita

Pelo caminho de volta tirei algumas fotos das motocicletas e do transito do Vietnam, que e algo completamente maluco, bem para ter uma ideia você pode cruzar o cruzamento mais movimentado da cidade sem olhar para os lados, apenas mantendo uma velocidade constante e olhando para os carros que estejam vindo, pois este não tem como desviar e talvez não parem, mas e bem engraçado, para não falar que e um horror.

Motos

Transito

Pegamos um Táxi para casa do Cesário e Scott, la aproveitamos para tomar um banho rápido antes de sairmos para ir almoçar, decidimos ir ao Zoológico e almoçar ali por perto mesmo em um café.

Visitamos um museu com varias pecas históricas, inclusive uma múmia do século XIV, depois no zoológico vimos diversos animais, o mais divertido foi dar um pedaço de cana para os elefantes e brincar com uma Orangotango, que dava as bananas dela para gente, e depois ate brincou de se esconder com o Cesário.

Budas

Zoo

Dando Comida ao Elefante

Orangotango

Saímos de la e fomos novamente ao mercado, tentar achar a peca em Laca que procurávamos, mas não achamos novamente, desta vez o mercado estava mais cheio e haviam mais tipos de alimentos sendo vendidos, como já falei anteriormente acho super legal visitar esses lugares. Tentamos achar ainda em uma espécie de shopping, mas também não encontramos, o Cesário parou na rua e comprou um waffeln de uma mulher, no começo eu jamais pararia e compraria algo assim na rua, mas tenho que confessar que esse foi talvez um dos melhores waffelns que já comi na vida.

Mercado

Mercado

Camarao

Waffeln

Pegamos um Táxi e fomos a um happy hour tomar um drink próximo a casa deles, antes passamos onde o Cesário da umas aulas de pilates para pegar o material dele e deixamos ele em casa, depois ele foi nos encontrar de moto, o restaurante fica as margens do Rio Saigon, o visual era incrível, com um lindo por do sol, os drinks estavam uma delicia, o que eu pedi era com abacaxi, dragon fruit, gengibre e tequila, realmente muito gostoso.

Por do Sol Saigon River

Mauricio e Cesario

Scott e Oscar

Fomos a outro restaurante para jantar  eu e o Cesário fomos de moto,  o Mau e o Scott foram de táxi ate o restaurante que tem um show de bonecos na agua, uma tradição que remonta ao século 11, se origina nas aldeias do Delta do Rio Vermelho no norte do Vietnam.

Restaurante

Comida Servida no mamao verde

 As marionetas são feitas de madeira e, em seguida são pintadas com laca. Os shows são realizados em uma piscina até a cintura. Um grande haste apoia o fantoche sob a água e é utilizado pela fantoches, que são normalmente escondidos atrás de uma tela, para controlá-los. Assim, os bonecos parecem estar a avançar sobre a água.  Era utilizado quando os campos de arroz estavam inundados,assim os aldeões podiam distrair-se mutuamente utilizando essa forma de jogar fantoche. Infelizmente haviam umas crianças que não paravam quietas e ficavam na frente da nossa mesa atrapalhando nossa visão. A comida estava bem gostosa também, principalmente os rolinhos primavera.

Bonecos

Bonecos

Depois Eu e o Cesário voltamos de táxi para casa e o Mau e o Scott de moto, tomamos um bom banho e nos arrumamos para sair, fomos a uma festa de DJ’s, depois ao bar dos amigos deles e no final da noite acabamos comendo pão do linguiça, por sinal estava uma delicia, chegamos em casa quase 3:30, tomamos um banho rápido e fomos dormir, estávamos podres.

Oscar e Mauricio

No dia seguinte dormimos ate as 10 horas da manha, arrumamos todas nossas coisas e fomos a um Brunch perto da casa deles também, eu e o Scott fomos de Bicicleta e o Mau e o Cesário de moto, depois ainda antes de irmos para o aeroporto fomos ao mercado comprar alguns “DVD’s”, muito baratos por sinal e de melhor qualidade que os que compramos na Malásia.

Nos despedimos deles, agradecemos pela hospitalidade e fomos de táxi para o Aeroporto, fizemos nosso check-inn, compramos ainda algumas lembrancinhas e pelas 17:00 estávamos de volta em Singapura. Decidimos voltar de táxi mesmo para casa, já que chegamos no Budget terminal, ai não estávamos afim de pegar shuttle bus ate o terminal 2 e depois ir de metro e ter que trocar mais 2 vezes.

Nesta quarta feira fui ao supermercado, como estávamos precisando de uma impressora, vi uma feira da Harvey Norman e decidi dar uma conferida, achei uma impressora com Scanner mais Norton Antivírus por 99SGD, ai vi que o Juice Maker da Phillips estava com um super desconto, acabei comprando os dois.

Bem agora para os próximos finais de semana deveremos ficar por Singapura, nossa próxima viagem programada será para Yogjakarta na Indonésia, onde pretendemos visitar o templo de Borodudur e o Monte Merapi, o vulcão mais ativo da Indonésia no penultimo final de semana de Maio.

 

 

Índice com todos os Posts do MauOscar

 

Clique na Logo =>

 

Siga o MauOscar.com também no:

 

 

 

About these ads

Tags:, , , , ,

Categorias Asia, Ho Chi Mihn City, Vietnã

Autor:MauOscar BlogdeViagens

Blog de Viagens de dois expatriados brasileiros que adoram viajar, fotografar e compartilhar experiências pelo mundo Já moramos no Brasil, Alemanha, Cingapura, Estados Unidos e agora estamos morando em Auckland na Nova Zelândia

4 Comentários em “Cu Chi Tunnels – Campos de Batalha da Guerra do Vietnã”

  1. Jenny
    23/04/2009 às 20:39 #

    Hummmmmmmmm… jacaaaaaaaa que loucura… Ah! Eu lá… beijossss

    • leonel
      19/01/2013 às 16:05 #

      parabens pela viagem..sou militar de carreira e sonho um dia em conhece esse teatro de operações assim como local do dezembaque do dia D na normandia. abraço.

      • MauOscar
        20/01/2013 às 01:08 #

        Leonel

        Certamente um programa interessantíssimo para quem curte história..
        Abraço

Trackbacks/Pingbacks

  1. USS Midway em San Diego: O maior porta aviões museu do mundo | MauOscar - 04/11/2011

    [...]   Túneis de Cu Chi e a Guerra do Vietnam [...]

De vida a este blog, deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 7.507 outros seguidores