Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

Ano Novo Chinês em Cingapura – Gong Xi Fa Cai 2009

0

Dia 25 de Janeiro, véspera do Ano Novo Chinês, este que será o Ano do Boi, fomos passear por ChinaTown e ver como que os Singapurianos celebram essa data tão especial para a vida dos chineses.

Pegamos o MRT ate a estacao de Chinatown, e na estacao do metro podemos perceber o movimento das pessoas descendo ali.

As ruas em Chinatown estavam todas enfeitadas com figuras de bois e tangerinas, essas ultimas são consideradas frutas da sorte, eu não sei dizer mas talvez exista alguma ligação do chinês com tangerina que em inglês tem o nome de Mandarin, o mesmo nome da lingua falada por maior parte dos chineses.

O Chinatown era um mar de pessoas andando, muita gente fazendo compras, uma verdadeira bagunca, que diversos comerciantes anunciavam seus produtos, coisas diferentes das que normalmente são vendidas, através de auto-falantes e em chinês.

Uma placa da policia de Singapura me chamou atenção dizendo, “ baixa criminalidade não quer dizer que ela não exista”.  Fomos ate o Templo que estava fechado, infelizmente não chegamos a ver a dança do Dragão, apenas vimos a “fantasia” de um deles em frente de uma fachada.

O Calendário Chinês e diferente do nosso, ele e um calendário lunar, é o mais antigo registro cronológico de que se tem registro na história. É um calendário que se utiliza tanto do Sol quanto da Lua. A partir dele surgiu o horóscopo chinês. Na Ásia diversos países adotam calendários parecidos com o chinês.

O calendário chinês é lunissolar. Cada ano possui doze lunações acarretando em um total de 354 dias. Para não se perder a sincronia com o ciclo solar(de 365,25 dias), são acrescentados a cada oito anos noventa dias ao calendário, ou, aproximadamente duas lunações. Desta forma não se perde a sincronia nem com o ciclo solar, nem com o lunar.

 Este calendário não tem um marco inicial, e se repete em um ciclo menores de 12 anos um ciclo maior, de 60 anos. Os anos começam sempre em uma lua nova, entre 21 de Janeiro e 20 de Fevereiro. Este ano começou em 26 de Janeiro.

No ciclo de doze anos cada ano recebe o nome de um animal: “zi (rato), “chou (boi), “yin (tigre), “mao (coelho), “chen (dragão), “si” (serpente), “wu (cavalo), “wei (carneiro), “shen (macaco), “you (galo), “xu (cão), “hai (porco).

Na véspera do Ano Novo as pessoas fazem limpezas gerais: limpam e arrumam a casa, cortam o cabelo, fecham as contas, colocam oferendas aos Deuses que cuidam da casa, preparam as roupas

A cor vermelha, por ser yang e vibrante é a cor predominante durante as comemorações do Ano Novo. As mulheres da família procuram usar um vestido novo nesta cor para assegurar a sorte e um bom ano. Além desta cor, outras cores da sorte são o amarelo e o roxo.

No último jantar do ano a família se reúne para a refeição do fechamento do ciclo anual. São feitos pratos especiais para trazer todo o tipo de sorte e felicidade. Não podem faltar os bolinhos em forma de lingotes de ouro; o peixe que representa o dinheiro; as tangerinas, também chamadas de laranjas da sorte; o prato feito com arroz representando a prosperidade e o talharim (macarrão) que representa vida longa, muito usado em aniversários.

Todas as frutas e doces são servidos em bandejas ou embalagens vermelhas.
A refeição é feita em uma mesa circular para favorecer o relacionamento e a união dos membros da família. As pessoas procuram perdoar as ofensas, esquecer as diferenças e evitar os maus pensamentos. Tudo é comemorado com muita alegria e fartura para trazer muita sorte e felicidade.

Durante a comemoração, lanternas vermelhas são acesas e penduradas diante da porta principal, e só serão retiradas após os 15 dias do Ano Novo. Fogos de artifício são estourados para espantar os maus espíritos.

No primeiro dia do ano é muito comum as crianças e os solteiros da casa ganharem um envelope vermelho contendo dinheiro. Este envelope é distribuído pela matriarca da casa (avó ou bisavó) com propósitos auspiciosos. Infelizmente não ganhei nenhum desses, o Maurício ganhou um da chefe dele no banco com 20 dólares de Singapura.

Um outro costume é colocar desejos escritos com tinta preta em tiras de papel vermelho na porta de entrada. O preto representa a água e a sabedoria; e o vermelho, o fogo e o sucesso. Segundo o dito popular “Quando um pingo de água cai sobre o fogo, acontece uma ebulição; e é por ebulição que todas as coisas acontecem”. Os desejos devem ser escritos por criativos e competentes calígrafos, de forma poética e metafórica para poder trazer sorte e realização.

Uma forma variada deste costume é o Espalhar da Primavera onde as pessoas escrevem em um papel vermelho com uma letra bem bonita o seu pedido sincero e de boas intenções. Este pedido deve sempre visar o bem, não pode ser egoísta e nunca visar prejudicar alguém. Depois de mentalizar o pedido realizado, o papel é pendurado na janela ou porta, com uma linha ou fita vermelha, para que os ventos possam levar e trazer o pedido.

Isso a gente podia fazer la em Sentosa, escrevendo um pedido e pendurando em uma árvore la. Como  a gente vê, os costumes podem ser diferentes, mas as intenções são sempre as mesmas. 

A gente no ocidente tem o costume de pular sete ondas, usar roupa intima nova, comer lentilhas, doze uvas, mas no final das contas os desejos para o ano novo que começa sempre são os mesmos no Brasil ou na China.

E por falar em resolucoes para o Ano Novo, em breve vou começar a trabalhar voluntariamente com o pessoal do Nparks, assim poderei melhorar meu inglês, dessa vez com ênfase na profissão.

Feliz Ano Novo Chinês que em chinês se fala Gong Xi Fa Cai!!!!

Índice com todos os Posts do MauOscar

Clique na Logo =>

Siga o MauOscar.com também no:

No Comments
  1. Jenny says

    Filhos!
    Esta muito legal o Blog e estava procurando o que é Mandarina e vi no Google… este é o site… de uma olhada… Beijos saudades

    http://frutas.consumer.es/documentos/frescas/mandarina/intro.php

  2. Ana Carolina says

    Muito legal a sua descricao do ano novo chines. Adorei!

Leave A Reply

Your email address will not be published.