Viagem ao Brasil

Aeroporto Cingapura Terminal 3

Conforme foi combinado a Ana passou para nos pegar as 19:30, antes disso ainda arrumamos as ultimas coisas e tomamos um bom banho uma vez que nossa viagem pela frente será de pelo menos mais de 36 horas.

Pegamos nossa carona e fomos para o Aeroporto, esquecemos de checar qual dos terminais embarcaríamos, pensávamos que seria no terminal 2 mas de fato estávamos errados.

Assim que chegamos ao terminal I, nos despedimos da Ana e do Gustavo e fomos fazer o nosso Check-Inn no Balcão da KLM/Air France, na hora de sermos chamados fomos mandados ao Check-Inn da Business Class, nossas bagagem estavam criteriosamente dentro do peso, apesar de estarmos levando apenas um volume cada.

Pegamos nosso cartão de Embarque, inclusive o de nossa conexão em Amsterdan, e fomos para o embarque, a fila na Imigração era enorme, creio que cerca da metade dos estrangeiros que vive em Singapura deve viajar durante esse período, mas quando chegou nossa vez foi muito rápido, afinal temos cartão, ao contrario das pessoas que entram como turista no Pais.

Nosso voo infelizmente só sairia as 22:50, então decidimos ir  passear pelo Duty Free, afinal a Marianne, uma prima do Maurício havia encomendado um perfume para ela, mas surpreendentemente o preço do perfume feminino e maior que o masculino, e os modelos que ela gosta estavam com preço superior ao que ela estava pensando em comprar.

Tentamos entrar no Lounge que entramos quando estivemos em Hong Kong, mas dessa vez infelizmente fomos barrados na entrada, decidimos então ir comer alguma coisa no Burger King.

Depois disso ainda faltava cerca de 1 hora e meia para nosso embarque, voltamos a dar uma volta pelo Duty Free, compramos um chocolate da Hershey’s com amêndoas, depois ainda demos uma passada na Guardian, uma farmácia de Singapura, onde compramos um gel de cabelo, que e muito mais barato que no Brasil, e um remedindo para tentar dormir no Voo.

Finalmente fomos para o embarque, era incrível o voo estava absolutamente lotado, e com mais de 30 crianças, nossa aeronave era um Boeing 777-200ER com capacidade de 347 passageiros, nossas poltronas eram a 22 B e C.

Decolamos de Singapura praticamente na Hora, a duração estimada do voo era de 13 horas, saímos de Singapura, viajando ao longo da península malaia, ate a altura da Thailandia, de onde rumamos então ao Golfo de Bengala na Índia, entramos então em solo Indiano, passamos por cima de Nova Deli, depois ao Sul do Nepal, depois disso passamos sobre Cabul no Afeganistão, passamos pelo mar Cáspio, em direcao a Rússia, por onde passamos ao Sul de Moscou antes de passar sobre a Bielo – Rússia. Depois ainda passamos próximos as republicas Bálticas e sobre a Polónia, e o Mar Báltico, ate chegarmos ao Norte da Alemanha e Sul da Dinamarca, sobrevoamos cidades como Lubeck, Stralsund e Bremen, ate chegarmos na Holanda, onde aterrisamos no Aeroporto Schipol de  Amsterda.

O serviço de Bordo da KLM e muito bom, o jantar estava uma delicia, o café da manha não era muito do meu gosto com omelete e salsichas, mas o voo foi um terror, viajar enlatado na Classe económica e muito desconfortável, dormimos muito pouco, o mau então conseguiu dormir menos de uma hora e meia, a nossa sorte era que esse avião era equipado com TVs individuais, assim podemos assistir diferentes filmes, assisti Mamma Mia, Wall-E  e a Múmia III.

Chegamos em Amsterda as 05:00 da manha no horário local, o aeroporto estava começando a funcionar, mas nosso voo para o Brasil só sairia as 09:30, estávamos podres de cansaço, vimos o anuncio de um local para tomar banho e dormir, mas 35EUR por pessoa era muito caro, encontramos umas espriguicadeiras, onde tentamos descansar um pouco, mas não consegui relaxar nada pois tinha medo de adormecer e ter surpresas coma bagagem de mão.

Por volta das 08:00 com o Aeroporto todo em funcionamento decidimos ir tomar café da Manha, em uma delicatesse, achamos presunto da floresta negra, compramos ainda alguns queijos holandeses e uns pães e fizemos uns sanduiches, estava uma delicia, principalmente o presunto defumado, compramos ainda um achocolatado que estava uma delicia.

A hora do nosso embarque se aproximava cada vez mais e mais, e nos ficávamos perambulando pelo aeroporto, mas tudo era muito caro, e ainda em Euros, uma tristeza será quando deixarmos Singapura, uma vez que tudo nesse pais e muito barato.

Chegou a hora do nosso embarque, o aeroporto de Amsterdan já e ruim comparado a Singapura, ainda comentávamos, estamos baixando de Nível, próximo será Cumbica. Na fila podíamos ver que realmente estávamos indo para o Brasil, um povo mal educado. Que formou fila antes de o embarque começar, como estávamos com bagagem de mão grande também tive que ficar na fila, se não fica muito difícil conseguir acomodar as bagagens depois.

Desta vez também viajamos em um dos 15 Boeing 777-200ER, esse com o nome de Galapagos Island, a comida era boa, mas a do trecho entre Singapura e Amsterda foi melhor, decolamos com Sol de Amsterda, voamos pelo mar do Norte ate o Sul da Inglaterra, onde então voamos sobre o atlântico ate entramos no Brasil em Fortaleza.

Chegamos em São Paulo as 18:50, pode imaginar a diferença entre o aeroporto de Singapura e São Paulo, vou inclusive Me abster de comentários, que sinceramente da uma vergonha de ser Brasileiro essas horas. Mas só para citar superficialmente em Singapura o processo de desembarque, passar pela imigração e pegar as bagagem leva menos de 20 minutos, no Brasil você fica pelo menos esse tempo na fila da Policia Federal, que atende você como se eles estivessem fazendo um verdadeiro favor.

Nossas bagagens como já esperado demoraram muito tempo o que nos deixava apreensivos com a possibilidade dela ter se perdido na conexão, mas felizmente tudo deu certo no final, na Alfandega, não havia controle algum, por um lado felizmente.

Pegamos e fomos para a fila da PIOR companhia aérea do Mundo a GOL linhas aéreas Inteligentes, que ate hoje me pergunto onde??? Ficamos la cerca de 35 minutos ate ser atendido, despachamos as bagagens e la já nos foi informado que o voo estava atrasado em pelo menos 20 minutos, trocamos nossos assentos por assentos no Exit e fomos comprar um cartão telefónico.

Infelizmente não tínhamos nada de Real, procuramos um ATM do HSBC, mas só tinha em um dos terminais, fomos ate la e ele não estava  funcionando, sem comentários. Ai lembrei que estava com meu cartão do Banco do Brasil, mas infelizmente o ATM ficava no outro terminal, o mesmo que estávamos antes.

Tudo bem tentamos então trocar 5 EUR, mas no Brasil existe uma taxa de 10 reais para fazer o cambio, fomos então na Telefónica e eles não aceitam cartão, só dinheiro, então nossa ultima alternativa era ir ate o outro terminal, com o aeroporto abarrotado de gente e depois ter que voltar tudo para o embarque domestico.

No caminho encontramos uma livraria que vendia cartão, e aceitava debito, mas com o custo absurdo de 12 reais por 50 unidades, estávamos muito cansados e acabamos comprando ali mesmo, mesmo ele ser a valor de ouro.

Ligamos para a Ana em Curitiba 8 vezes e ela não atendia, liguei para minha mãe em joinville e o mau para o irmão dele em prudente, ja que ele não sabia o celular novo da mãe dele, mas ainda sim ele não conseguiu falar com ela.

Fizemos nosso embarque e ficamos aguardando ele iniciar, para variar uma confusão só, anunciam no Monitor uma coisa e pelo microfone outra, isso sem falar que apenas em português, ficamos imaginando como e difícil para um estrangeiro entender e principalmente gostar de um pais tao desorganizado como o nosso.

No momento do embarque um horror, sem falar que para chegar na aeronave tivemos que pegar um ónibus que parecia o Inter 2 super lotado. E o atraso do voo já era de meia hora.

Finalmente decolamos de Guarulhos as 23:20 quando o original seria sair as 22:50 e chegar 10 para meia noite.

Mas como a GOL não pode deixar de fazer uma cagada uma única vez, o assento que a infeliz nos deu não era o exit e pior era um assento na frente e o assento não reclinava um único milímetro, então pegamos e sentamos no exit mesmo e caso algum tivesse que sentar la iríamos fazer um “barraco”.

Felizmente o voo estava tranquilo, com diversos assentos disponiveis, eles deram os assentos no Exit para um casal de mais de 60 anos de idade, que possuem todas as condicoes físicas necessárias para operar uma saída de emergência, na outra saída de emergência duas gordas com mais de 140 quilos cada uma que sinceramente dificilmente conseguiriam sair pela porta de emergência e opera-la, ainda bem que nos estávamos em uma e não foi necessário usa-la, pior de tudo e ainda ter mais 3 voos com eles aqui no Brasil.

O piloto conseguiu tirar o atraso da viagem, nunca viajei tao rápido entre São Paulo e Curitiba, a meia noite estávamos pegando nossas bagagens, isso ainda que nosso desembarque não foi realizado pelas pontes e sim como nosso embarque em Guarulhos de Onibus, depois de mais de 40 horas em transito, finalmente chegamos ao nosso destino final em Curitiba.

Para atrasar ainda mais um pouco o avião acabou não parando nas pontes de embarque e desembarque, tivemos então de descer de escada e pegar um onibus ate o terminal de passageiros, pegamos nossas bagagens e logo ao sair encontramos a Ana Pauli, que foi nos buscar no aeroporto.

Acomodar nossa bagagem no C3 foi uma tarefa não muito fácil, fomos então em direcao a cidade, acabamos decidindo ligar para o Raul que estava trabalhando temporariamente na loja da C&A do Shopping Barigui e fomos la encontrar ele após o expediente dele.

Neste meio tempo a bateria do celular da Ana acabou, e ao chegarmos no shopping não encontrávamos o Raul, fui ligar para ele de dentro do shopping, mas ele infelizmente não escutava minha voz, quando já estava desistindo, encontrei ele na saída do shopping.

Foi uma sensação muito boa rever meu irmão depois desse tempo fora, nos abraçamos por um tempinho, pude ate notar como ele emagreceu nesse tempo que estamos fora. Acabamos levando ele ate em casa já que ele havia perdido a Van que o levaria ate la.

Depois de deixarmos ele em casa fomos comer um X picanha com guarana antartica no Waldo na Avenida Batel, que estava bem gostoso, já estava super tarde e como a Ana tinha que trabalhar fomos para a casa dela.

Reencontramos o teddy e a luna, que fizeram a maior festa ao nos ver, latiam sem parar, como não conseguimos nos segurar demos o presente dela e mostramos os outros presentes que compramos, ela adorou o presente.

Tomamos um bom banho e fomos dormir,após tantas horas de viagem tomar um banho era tudo o que a gente queria, mas não conseguimos dormir muito bem na primeira noite no Brasil.

De manha cedinho ao acordar a Ana havia saído para comprar pães e leite, depois de algum tempo ela voltou e tomamos um café da manha gostoso, e acabamos por decidir em ir para Joinville só no dia 24 cedo, acabamos indo com a Ana ate o trabalho dela no Palácio Avenida no Centro, onde aproveitamos para sacar dinheiro.

Depois disso ligamos para a Mãe do Mau, e pegamos um táxi para irmos pegar e trocar a passagem na Rodoviária, depois disso pegamos outro táxi para o HSBC na Vila Hauer onde o Mau foi rever os amigos dele do Banco e eu fui enquanto isso ao cartório ver uns documentos.

Fomos almoçar na Churrascaria do lado do banco, apesar de não ser a melhor delas nos acabamos na carne, especialmente na picanha. A tarde voltamos para casa e acabamos dormindo a tarde toda.

A noite fomos jantar, o Gustavo foi com a gente, a Carol Giongo era para ir também, mas acabou nem aparecendo, fomos a Baggio e pegamos 2 pizzas que estava bem gostoso.

Voltamos para casa e fomos dormir, acordamos cedo e a Ana nos levou as 07:00 para a rodoviária, o transito estava infernal, tanto que tivemos que descer antes do carro para nao perder nosso onibus.

 

Índice com todos os Posts do MauOscar

 

Clique na Logo =>

 

Siga o MauOscar.com também no:

 

 

 

About these ads

Tags:, , , , , ,

Categorias Asia, Cingapura

Autor:MauOscar BlogdeViagens

Blog de Viagens de dois expatriados brasileiros que adoram viajar, fotografar e compartilhar experiências pelo mundo Já moramos no Brasil, Alemanha, Cingapura, Estados Unidos e agora estamos morando em Auckland na Nova Zelândia

Um Comentário em “Viagem ao Brasil”

  1. Jenny
    05/01/2009 às 22:33 #

    Aiiiiiiiiii… vc mal saiu e já estou sentindo sua falta…. Te amo Filho… beijossss. O Blog esta muito legal, quero ver as fotos do Brasil…

De vida a este blog, deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 7.507 outros seguidores