Jurong Bird Park

Resolvemos ir finalmente conhecer o Jurong Bird Park, e assim utilizar a ultima parte do nosso ingresso que compramos quando fomos visitar o Zoológico de Cingapura. Saímos de casa por volta das 11e 30 da manhã e fomos de metro até Boon Lay MRT Station. A viagem da região da Orchard Road até lá levou quase 1 hora. Pelo caminho passamos pelo Chinese Garden de Cingapura, um local que deve ser muito interessante de se visitar.

Da estação de metro até o parque ainda tivemos que pegar o ônibus número 194 até o nosso destino final, numa viagem de cerca de mais de 10 minutos, até que finalmente chegamos ao famoso parque das aves de Cingapura.

O Jurong Bird Park é uma atração turística bem famosa de Cingapura, e que assim como o Zoológico e o Night Safari, é gerida pelo Wildlife Reserves Singapore. O JBP é um parque, construído sobre a encosta ocidental do Jurong Hill e está localizado dentro do bairro de Jurong no Noroeste de Cingapura e tem uma área de 202.000 metros quadrados.

A idéia de uma exposição permanente de pássaros foi inicialmente concebida pelo Dr. Goh Keng Swee, o então ministro da Defesa de Cingapura, em 1968. Durante uma reunião do Banco Mundial, no Rio de Janeiro, Dr. Goh visitou o jardim botânico do Rio e ficou impressionado com o seu aviário com diversos pássaros que resolveu criar algo parecido.

Voltando para casa depois de algum tempo, criou o Jurong Bird Park. Localizado na zona industrial da cidade (onde os terrenos eram mais baratos), a idéia era construir um local em que os habitantes da ilha tivessem um lugar onde pudessem escapar do atribulado cotidiano da vida urbana, onde as pessoas pudessem relaxar com a natureza. E foi em 3 de Janeiro de 1971, que o Jurong Bird Park, construído a um custo de 3.5 milhões de dólares americanos, foi finalmente aberto ao público.

Jurong Bird Park4

 O Jurong Bird Park é hoje um dos zoológicos de pássaros mais famoso do mundo. E nele encontramos magníficos exemplares de aves vindos de vários lugares ao redor do mundo, incluindo um bando de mil e um flamingos, uma colônia com quase 200 pengüins, águias, araras, tucanos e afins.

Atualmente ele é o maior do mundo em termos número de aves, e o segunda maior em termos de área terrestre ficando após o Vogelpark Walsrode da Alemanha. Existem mais de 5000 aves de 380 espécies espalhadas pelos precintos do Jurong BirdPark. Destes, 29 são de espécies ameaçadas de extinção. E entre elas estão, a águia americana, o faisão dourado, o passáro bico de sapato entre outras grandes atrações do parque.

Em 2006, o Jurong BirdPark passou por uma extensa reforma ao custo de 10 milhões de dólares. Com a modernização, o parque ostenta agora uma nova entrada, agora e possível passear pelo parque através de um Mono Rail. Além disso, o parque também teve sua infra estrutura gastronômica melhorada com a instalação do Bongo Burgers e da sorveteria Ben & Jerry’s.

Assim que chegamos ao parque estávamos morrendo de fome, e decidimos ir ao Bongo Burgers. Cada um de nós pegou um sanduiche aberto, que por sinal estavam uma delicia, depois disso fomos explorar o parque.

Nossa primeira parada foi no Pinguim Expedition, um ambiente com temperatura controlada com mais de 200 pinguins e que apresenta uma paisagem semelhante ao encontrado em seu habitat natural. Com diferentes espécies de pinguins, entre elas o pinguim imperial que chega a medir quase meio metro de altura, além do pinguim de Humbolt (comum na costa da áfrica do Sul) e outras 3 espécies. Esta parte do parque também possui alguns puffins (primos distantes que voam e que são encontrados em altas latitudes no hemisfério norte).

Jurong Bird Park3

Nesta parte do parque é impossível não se sentir por um momento no filme Happy Feet, é muito legal! Principalmente ficar alí observando e ver eles nadando, ao todo são cinco espécies em exposição por alí. São elas: Humboldt, o Rockhopper, o Macarrão, a Fada o imponente Pinguim imperial.

Dalí pegamos o Monorail da estação principal até o Aviário da Cachoeira (Waterfall Aviary), ali próximo fica a Pelican Cove, local onde podemos ver todas as 7 espécies de pelicanos existentes no mundo, e que incluem o raro pelicano da dálmacia. Por alí existe um tipo de aquário , onde os visitantes podem e observar as aves nadando com uma diferente perspectiva. Coincidentemente, chegamos bem na hora em que eles estão sendo tratados.

Jurong Bird Park5

De lá fomos ao Aviário da Cachoeira, dentro deste gigantesco viveiro de tela existem mais de 1500 aves de 60 diferentes espécies. O que faz dele o maior viveiro de aves do mundo. Dentro do aviário encontramos uma cachoeira de 30 metros de altura, que eles dizem ser a mais alta cachoeira artificial já fabricada pelo homem.   Eu particularmente desconfio que a cachoeira do parque tanguá em Curitiba seja muito maior, mas não posso tirar o mérito deles, eles recriaram o ambiente como se a gente estivesse na floresta atlântica na serra do mar, algo realmente único.

Jurong Bird Park7

Dentro do Aviário esperamos dar a hora de eles alimentam os pássaros. Algumas aves já sabem disso, e perto do horário marcado elas já ficam lá no local esperando receber comida. Os visitantes interessados podem comprar  pequenas porções de comida (larvas) e podem tratar os pássaros que vem em nossa mão para comer.

Jurong Bird Park11

Algumas das espécies encontradas lá dentro se alimentam de abelhas, e quando o tratador soltam as abelhas,  os pássaros comem tudinho em questão de segundo, acho que não escapa uma.

Jurong Bird Park9

Continuando a visita, passamos então pela ala onde estão as aves sem asas com inúmeras aves como Emus, Rheas (Emas), e avestruzes. Só ficou faltando mesmo um Kiwi da Nova Zelândia.

Jurong Bird Park8

Depois disso visitamos o viveiro onde ficam as aves noturnas. Segundo eles esta é a primeira casa para exibição de aves noturna na Ásia e apresenta um sistema de iluminação reversa, convertendo dia para noite e vice-versa. Em exibição alí, estão 60 aves de 17 espécies, como a garças noturnas, corujas, etc…

Jurong Bird Park10

Na sequëncia fomos a parte do parque dedicada às aves do Sudeste Asiático. Esta é a maior coleção de aves do sudeste asiático em único local e possui mais de 200 espécies diferentes.

Jurong Bird Park12

Pegamos o Jurong BirdPark Panorama Mono Rail, famoso por ser o único sistema de mono trilho que atravessa um aviário no mundo. Ao longo do trajeto existem três estações, ou seja, estação principal, Lory Loft e a Estação do Aviário Cachoeira. O mono usa uma composição de três vagões e lembra o Mono Rail que liga o Harbour front à Ilha de Sentosa, mas em uma escala bem menor.

Jurong Bird Park6

Continuando o passeio descemos no Lory Loft. Este foi sem dúvida um dos pontos mais legais da visita ao parque. Trata-se de uma espécie de gaiola gigante com 3000 metros quadrados e cerca de 9 andares e que é considerado o maior aviário para periquitos do mundo, com mais de 1000 deles voando livremente.

Jurong Bird Park16

O ambiente foi construído para retratar uma selva tropical do Norte da Austrália. Os visitantes podem comprar e oferecer aos periquito um mix , como se fosse um néctar especial, o que atrai os pássaros ate você, muitas vezes são vários que pousam na sua mão ou sobre você, muito legal.

Depois disso ainda visitamos a parte do parque dedicada as aves de rapina. Por alí vimos diversos gaviões e águias, entre elas a águia americana, que impressiona pelo seu tamanho e imponência.

Encrerramos a visita passando pela lojinha de souvenirs e depois disso, pegamos o ônibus até a estacão de metro de Boon Lay e de lá o metro até a Orchard Road para voltamos para casa.

Endereço:     

Jurong Bird Park

2 Jurong Hill

Posts Relacionados:

Open Ocean no Aquário de Cingapura S.E.A Aquarium: O maior Aquário do mundo em Cingapura 

Universal Studios em Cingapura 53 Universal Studios Singapore: Diversão garantida em Cingapura

 O que ver e fazer em Cingapura

Índice com todos os Posts do MauOscar

Clique na Logo =>

Siga o MauOscar.com também no:

Instagram  – Google +

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

No comments yet.

Leave a Reply