Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

Visitando o Jardim Botânico de Cingapura pela primeira vez

0

 Ontem compramos nossa camera nova SONY H-9, compramos ela no shopping dos eletronicos daqui de Singapura, alem da camera, ganhamos de brinde uma impressora de fotos, um tripé, protetor do visor de LCD e mais um quite para limpar as lentes.

Dia 02 de Maio, aproveitei a tarde para passear um pouco pela cidade e usar nossa nova camera digital,  Peguei o onibus e desci próximo ao shopping Suntec City ali perto fica o Esplanade Theatre, o teatro de Singapura que possivelmente foi inspirado na Durian, a fruta fedida que já comentei anteriormente.

Mais uma vez fico impressionado com os jardins de Singapura, tudo aqui e muito verde e florido, muito bonito, na Marina Bay estão construindo um super casino, na obra contei ter mais de 80 guindastes trabalhando, este casino, junto com o que esta sendo construído, serão os primeiros do pais e deverão ficar prontos em 2009, e voltados principalmente para turistas estrangeiros.

Do Merlion da Marina Bay se tem uma das melhores vistas das cidade,de la pode se ver o Esplanade Theatre, Clark Quay o distrito financeiro, onde se localizam os arranha-céus de Singapura e também não podemos esquecer de mencionar a Singapore Flyer.

A Singapore Flyer e considerada a maior roda gigante do mundo, a Singapore Flyer, realizou sua primeira volta no dia 11 de Fevereiro deste ano, oferecendo a passageiros uma ampla visão panorâmica da cidade-Estado, assim como de partes das vizinhas Malásia e Indonésia.

Atingindo a altura de um prédio de 42 andares a 165 metros de altura, a Singapore Flyer, foi aberta a público em Março, tem 30 metros a mais do que a London Eye. Entretanto, ambas serão deixadas para trás com a “Grande Roda da China”, em Pequim, que terá 208 metros.  A Singapore Flyer custou 170 milhões de dólares, tem 28 cápsulas de transporte unidas a um círculo de 150 metros de diâmetro. Cada cápsula pode levar até 28 pessoas. Cada volta leva em media meia hora.

Logo atrás do Merlion se localiza o Hotel Fullerton, considerado um dos 100 melhores hotéis do mundo e sem duvida junto com o Raffles Hotel um dos mais antigos e charmosos hotéis do pais.

Logo depois encontrei o Mau, que teve um encontro com o CEO Guy Harvey e a Head de RH, fomos caminhando ate o Carrefour no Suntec City, para variar o supermercado estava impregnado pelo fedor do Durian, umas das coisas legais de morar em outro pais e ir ao Supermercado, como Singapura e um pais muito pequeno quase tudo e importado.

Voltamos para casa e decidimos voltar para o centro desta vez com o tripé para tirar algumas fotos noturnas da cidade, fomos mais uma vez ao Merlion, neste momento estava começando a anoitecer, tiramos varias fotos muito legais la, e na Volta passamos pelos restaurantes da Clark Quay as margens do Singapore River, o tamanho dos caranguejos aqui e impressionante,  eles ficam na entrada do restaurante com as garras amarradas, ai você pode escolher qual você quer comer. Assim como outros frutos do mar. Para voltar para casa tomamos o metro na Estacao de Clark Quay e depois fomos de onibus ate em casa.

Chega o final de semana, aproveitamos a piscina do nosso prédio,  aproveitamos também para passear um pouco pela cidade e conhecer alguns pontos turísticos, Fomos caminhando da Orchad Road ate o Jardim Botânico.

O Jardim Botânico de Singapura foi fundado pelo Sir Thomas Raffles o fundador de Singapura Moderna em 1822, originalmente no Fort Canning, mas em trinta anos mudou para sua atual localização entre a Holland Rd e Napier Rd, tem a metade da área do Kew Gardens da Inglaterra e cerca de um quinto do tamanho do Central Park de Nova York, mas e o único jardim Botânico do Mundo aberto das 5 horas da Manha ate Meia Noite, e sem taxas de entrada.

O Jardim Botânico já impressiona na entrada com seu suntuoso portão, logo na entrada um lago com diversas carpas e um painel de cimento com imagens de plantas tropicais e animais, super bonito. Caminhamos em Direcao ao centro de visitantes, onde haviam diversas orquídeas, uma mais linda que a outra para ser vendida. Passamos pelo laboratório de Micro-Propagação Vegetal, o que me fez lembrar bastante meu primeiro estagio na UFPR.

Caminhamos bastante, estávamos super suados, pois o calor e a humidade em Singapura não dão trégua um só momento, vimos alguns esquilos, e de repente pela primeira vez em nove dias desde que estávamos em Singapura escutamos alguém falar português. Um casal de Brasileiros que também esta morando em Singapura, ele esta a trabalho pela Petrobras aqui.

Fomos ate a entrada no National Orchid Garden, mas como para visitar esta parte do parque se paga uma taxa de admissão achamos melhor deixar para outra oportunidade. Ali perto havia algumas árvores que estavam florindo no tronco, nunca tinha visto nada igual antes.

Passamos ainda pelo Jardins das Gengiberaceas, vimos uma grande variedade de heliconeas e outras plantas tropicais, chegamos ao lago próximo a entrada, onde fica uma super escultura de uns cisnes, muito bonita, tiramos algumas fotos e decidimos ir para casa.

Índice com todos os Posts do MauOscar

Clique na Logo =>

Siga o MauOscar.com também no:

Leave A Reply

Your email address will not be published.