Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

Garmisch Partenkirchen

0

           Saímos de Oberammergau por volta das 10 horas da manha com destino a Garmisch Partenkirche, cidade aos pés dos Alpes bávaros onde se realizaram os Jogos Olímpicos de Inverno em 1936. Infelizmente estava chovendo em todo percurso, um trecho da estrada era extremamente sinuoso e íngreme, fico imaginando aquela estrada com neve, como tem que se ter atenção mais que redobrada.

Logo assim que chegamos em Garmisch, na entrada da cidade tinha um supermercado Aldi Sued, entramos e compramos diversas guloseimas, como Hanuta, Rafaello, Kinder Duplo, e alguns yogurts, sem duvida os melhores yogurts do mundo estão na Alemanha.

Na saída do mercado os produtores de leite estavam fazendo uma manifestação pelo baixo preço pago pela rede de supermercados, uma das maiores do Sul da Alemanha aos produtores, eles chegaram a levar uma vaca ate a frente do supermercado e a ela estava com cartazes, “Ordenhe sua vaca você mesmo, com esse preço não tem jeito” , essa manifestação com apenas 10 pessoas debaixo de chuva, estava ocorrendo simultaneamente em diversos lugares da Alemanha.

Seguimos em direcao a Áustria, para irmos a Fussen, onde fica o Castelo de Neuschwannstein, o castelo mais famoso da Alemanha, no qual Walt Disney se inspirou para criar o castelo da Cinderela, infelizmente durante todo caminho choveu, e mal conseguíamos visualizar os Alpes.

Pegamos a Bundestrasse 187 em direcao Ehrwald na Áustria, aproveitamos e abastecemos na Áustria, uma vez que o preço do Diesel era cerca de 15 centavos de Euro mais barato que na Alemanha, a Estrada era linda, pena que por causa da chuva e nevoeiro não conseguíamos ver os picos, mas víamos bastante floresta e quanto mais subíamos mais neve tinha.

Ao contrario que estamos acostumados no Brasil, na Europa você mesmo que abastece o seu carro, ainda bem que já tinha certa experiência. Na Alemanha não existe pedagio, mas na Áustria para se usar as auto-estradas tem que se comprar um selo e colar no parabrisa, mas com o GPS conseguimos usar somente as estradas secundarias para atingir nosso objetivo de volta na Alemanha.

O Carro se apresentou super economico fez uma media de 14-15 Km por litro, o carro tinha um torque incrível, qualquer ultrapassagem era só pisar que o carro ia na hora, bem diferente do nosso bom e velho palinho.

 

Índice com todos os Posts do MauOscar

 

Clique na Logo =>

 

Siga o MauOscar.com também no:

 

 

 

No Comments
  1. Helenice Figueiredo says

    Olá MauOscar,

    Sou sua seguidora aqui e no Instagram. Hoje quero um favor. Vi que fizeram Garmisch-Füssen, passando pela Austria. Pretendo fazer o inverso agora em outubro. Gostaria que me dissessem se a estrada que passaram é a que resulta no Google Maps (são em torno de 60 km). Como são as condições dela? Com chuva então é tranquilo de passar? Agradeço sua atenção. Sucesso para vocês sempre. Abraços.

    1. Oscar Risch - MauOscar Blog de Viagens says

      Helenice

      Essa mesmo.. Saímos de Garmisch pela Rt 23 que vira 187 na Austria até encontrarmos a 179 que leva até Füssen
      Espero que você peguem tempo melhor do que nos pegamos nessa viagem

      Abs

Leave A Reply

Your email address will not be published.