Dicas e Relatos de viagens ao redor do mundo

011 – Um Ano Juntos

0

              Finalmente chega o mês de Setembro, um ano juntos, ao mesmo tempo que parecia que foi ontem que conheci o Mau indo na casa dele, atualmente nossa casa, também por tudo o que já vivemos juntos ao mesmo tempo parece que já fazem mais de 10 anos que nos nos conhecemos. Para comemorar esta data especial abrimos o espumante Evidence da Salton que havíamos comprado em nossa viagem a serra gaúcha.

Logo no segundo final de semana do mês tenho que tirar as fotos para o convite de formatura, num final de semana as fotos em estúdio e no outro as fotos nas escadarias da UFPR na praça Santos Andrade, ainda em Setembro temos uma onde de frio, em que o Mau pode utilizar bastante o presente que ganhara de Aniversario.

            Chega Outubro e consequentemente o meu aniversario, nos vamos almoçar na churrascaria KF para comemorar meu 24 aniversario, como não poderia ser diferente tomamos um espumante para comemorar a data.

            No Dia 10 de Outubro, eu Raul e o Mau, vamos para Holambra em São Paulo, através da minha disciplina de Plantas Ornamentais, apesar de a viagem ter sido meio desconfortável, uma vez que fomos com um onibus da Federal, isso já diz tudo, a viagem foi muito muito legal. Bom mesmo estava os chocolates com amarula que eu tinha ganho de aniversario e levei na viagem.

            Chegamos a Holambra logo cedo, paramos na cidade, tomamos um café e fomos em direcao ao Veiling. Principal centro de comercialização de flores e plantas do Brasil, estima-se ser o responsável por cerca de 40% do mercado nacional de flores e plantas ornamentais do Pais. Infelizmente assim que chegamos para ver o leilão, este acabara de terminar. Visitamos as instalacoes e partimos em direcao ao Sitio Kolibri, o maior produtor brasileiro de anturius  e orquídeas do genero phalenopsis.

            Visitamos todo o processo produtivos desde quando as mudas produzidas via micropropagacao vegetal chegam da Europa, passam pela quarentena fitossanitaria, são desembaladas, lavadas e colocadas em substrato para crescer, o setor de indução da floração por meio de temperatura e fotoperiodo, ate o setor de embalagem e expedição, e como se estivéssemos em uma fabrica, mas la se tratava de uma fabrica verde.

            Fomos almoçar no centro de Holambra, a maior parte das casas são construídas em estilo holandês, estivemos em uma lojinha onde compramos uns imas de geladeiras “casinhas” em estilo holandês.

            No período da tarde fomos visitar o produtor Terraviva, o maior produtor de bulbos do Brasil, entre seus principais produtos estão os bulbos de palma de Santa Rita ou Gladiolos, Lirios e Amarilis, eles também produzem flores de corte como Crisantemos, Gerberas, Tango, entre outras.

            Um dos pontos altos da visita ao Terraviva foi a visita ao setor de produção de cedro limão, este destinado exclusivamente para pinheiros de natal, super legal ver milhares de árvores de natal que estarão decorando as casas ao redor do Brasil daqui a 2 – 3 meses.

            Encerramos nossa visita a Holambra indo ao maior Garden Centre da cidade, la posso dizer que me acabei… Comprei 4 dúzias de gerberas de corte, uma muda de dama da noite, 2 vasos de flor de maio, dois vasos de flor de Outubro, algumas fucsias, diversas roseiras, lágrima de Cristo, duas aphelandras, um maço de girassol de corte, trevo de quatro folhas e uma pimenteira, e tudo isso deu menos de 100 reais, só para ter uma ideia a caixa com 4 dúzias de gerberas saiu por menos de 20 reais, em Curitiba cada haste custa em media 2 reais 2,50.

            Depois de uma tarde e noite inteira de viagem chegamos em curitiba, de madrugada  as flores de corte sofreram um pouco com a viagem, mas logo que colocadas na agua deram uma boa revigorada, nossa casa nunca ficou tão florida como desta vez.

            O Raul ainda voltou para Holambra algumas semanas depois através de uma outra viagem técnica da UFPR, mas do departamento de botânica, e comprou mais algumas coisas. Ver Album Holambra

            Chegamos de volta no dia 12 e no dia 13 descemos eu o mau e o Raul para Joinville, para visitar minha mãe, mas com o objetivo de ir ao Desfile da Oktoberfest no domingo dia 14, para finalmente usar meu traje típico bávaro, que comprara na Alemanha.

            No dia 14 de Outubro saímos cedo de Joinville com destino Blumenau, mas pelo caminho passamos em Jaragua do Sul e Pomerode. Em Jaragua do Sul paramos no Parque da Malwee para passear e também para almoçar no restaurante típico alemão do parque, onde sem duvida tem o melhor sagu do mundo, a comida também e excelente sem duvida o restaurante mais alemão que já fomos no Brasil.

            Pegamos a estrada em direcao a Pomerode; Pomerode fica a uns 45 Km de Jaragua do Sul e e considerada a cidade mais alemã do Brasil, mas a cidade em si não tem muito o que se ver a não ser o zoológico, mas seguimos viagem ate Blumenau, no caminho ainda passamos em frente a fabrica da Kyli, onde ia frequentemente com meu pai, quando eles compraram uma maquina que o meu pai vendeu.

            Assim que chegamos em Blumenau fomos em direcao aos pavilhões da Proeb, descobrimos então que o desfile começaria as 16:30 então fomos em direcao a rua XV de Novembro no centro de Blumenau, estacionamos nosso carro próximo a prefeitura, próximo dali em uma confeitaria troquei minha roupa pelo traje, e caminhamos em direcao ao inicio do desfile, ao chegar la tinha pouco movimento, mas pouco tempo depois vejo um pessoal com traje típico também e comecei a conversar e logo depois fui convidado a desfilar com eles. Meu bloco foi um dos últimos a desfilar, enquanto isso na concentração ficamos bebendo cerveja Eisenbahn de graça, uma vez que eles eram um dos patrocinadores do nosso bloco.

            Inicia o desfile do nosso bloco logo passo pela minha, mãe, Raul e o mau, ainda deixo um copo de cerveja com eles e continuo o desfile, no final depois de alguns copos já não aguentava de vontade de ir ao banheiro não via a hora de acabar, finalmente termina o desfile, leva quase uns 20 minutos ate eles me encontrarem, logo que estamos saindo de Blumenau em direcao a Joinville começa a chover, o mau estava dirigindo e como ele não gosta de dirigir na estrada, já era de noite e estava chovendo,e já estava sem beber a mais de 2 horas e meia peguei a direcao perto fomos tranquilos ate joinville, deixamos a minha mãe em casa e seguimos ate curitiba onde chegamos pelas 23:30. Ver Album Oktoberfest – Blumenau

            Chega o mês de Novembro completamos 1 ano e 1 mês juntos,  na indicio da segunda semana o mau foi ate São Paulo e providenciou o visto para ia para o México, depois de ficar mais de 4 horas na fila finalmente conseguiu, mas ficaria pronto só no outro dia, o visto foi emitido dia 09/11

Dia 18 e o aniversario do Raul, compramos uma mochila da Nike de presente, ele adorou. No dia 20 o mau embarca para o Rio de Janeiro a noite, para umas reuniões na Losango, com ele vai o waldeir da IT do banco. Estava meio apreensivo pois eles tinhas que atravessar a faixa de Gaza, ou linha vermelha que vai ao aeroporto internacional tom jobim no rio, mas tudo deu certo graças a Deus.

No outro dia eles ainda conseguiram subir no pão de acucar antes de retornar a Curitiba. Ver Album Rio de Janeiro

Logo no final de Novembro compramos nossa arvore de Natal e enfeitamos nossa casa para o natal.

Dia 03 de Dezembro o mau embarca de Curitiba para Ciudad do México para realizar a ultima etapa do processo seletivo do programa IM, levo ele ao aeroporto, ao me despedir dele desejo muita sorte e ainda falamos que seja a vontade de Deus.

A viagem foi muito bacana. Deu para o Mau conhecer bastante da cidade. A feira de miúdos perto do aeroporto (que tal um pedacinho de bucho servido no chão de terra?), museu de arqueologia, alguns parques, passear pela cidade e principalmente, o mais legal de tudo, as piramedes de Teotihuacan. Incrível. Vejam as fotos para ter uma ideia.

O Mau ficou no México por 4 dias apenas, e o processo seletivo em si era de apenas um dia. Contando também com um jantar no dia anterior. O processo seletivo em si, foi bastante árduo. Começou exatamente as 8h30 da manha e terminou as 6 horas da tarde, com menos de 45 minutos apenas para o almoço, sendo que em todos os segundos os candidatos estavam sendo testados. O processo constituiu da avaliação de alguns estudos de caso, dinâmicas de grupo e muitas e muitas entrevistas em diferentes circunstancias. Segundo o Mau, foi o mais dificil, mas mais interessante processo seletivo que ele já fez.

Também valeu por todos os chocolates Lindt que ele trouxe, algumas lembranças também. Nesta hora o Mau pensava que se não passasse no processo, já teria valido por toda a experiência.

A volta foi bastante turbulenta, num avião cacareco que mais tremia que o brinquedo Samba de Parque de Diversões. Era pior e mais velho que o antigo sucatao do governo brasileiro. E ainda por cima, teve que aguentar diversas enrolacoes no aeroporto de São Paulo para conseguir emitir o bilhete de volta para Curitiba. Ver Album Viagem Mexico by Mauricio

Continua com o resultado e os preparativos para o final do ano!!!

Índice com todos os Posts do MauOscar

Clique na Logo =>

Siga o MauOscar.com também no:

Leave A Reply

Your email address will not be published.